Rádio Najuá

Obras do chafariz da Praça Etelvina Andrade Gomes são retomadas

02/02/19 - 11h23 - Atualizado em 02/02/19 - 11h23

Reportagem e fotos de Paulo Henrique Sava 


As obras de reforma do chafariz da Praça Etelvina Andrade Gomes, em frente à Igreja Matriz Nossa Senhora da Luz, foram retomadas nesta semana. Na última terça-feira, 29, a empresa responsável pela obra construiu uma nova casa de máquinas, e segundo o secretário de Planejamento de Irati, João Almeida Júnior, a nova tubulação do chafariz deverá ser colocada até a próxima sexta-feira. Ele acredita que a obra será concluída em um prazo menor que o planejado.

“Conversei com o encarregado da obra e, se nenhuma intempérie ocorrer, como muitos dias de chuva, até o final de fevereiro e o carnaval deveremos ter a obra concluída e este chafariz embelezando a nossa cidade”, comentou.

PUBLICIDADE

De acordo com Almeida, apesar de empresas iratienses terem participado do certame, a empresa vencedora é a Electro Fontes, com sede em SC e filial no sudoeste do Paraná. Ela trabalha especificamente com fontes e chafarizes. “Eles ganharam a concorrência e, como têm a expertise para fazer este tipo de obra, acreditamos que rapidamente esta obra será terminada”, frisou.

O custo da obra será de R$ 61 mil em recursos próprios, isto porque toda a infraestrutura do local estava comprometida e precisou ser refeita. “Toda a infraestrutura de casa de máquinas, tubulação e do lago da fonte não teve impermeabilização. Como ficou mais de 15 anos sem água dentro, ficou com rachadura, infiltração e vazamentos. Tivemos que iniciar do zero toda a estrutura”, afirmou Almeida.

PUBLICIDADE

Antes desta licitação, houve uma outra parceria com a empresa Cathio Ltda. Porém, esta empresa venceu uma licitação para executar reparos em diversos locais, entre eles a Praça Etelvina Andrade Gomes. Houve uma tentativa de se fazer reparos naquele local; porém, quando o chafariz foi ligado, constatou-se uma grande quantidade de vazamentos e infiltrações na obra.

“Nós vimos que apenas com os equipamentos e mão-de-obra que tínhamos, não conseguiríamos atingir todo o objetivo que queríamos, que é de trazer para a população novamente um local de turismo, de diversão para toda a família e, principalmente, aquele resgate histórico que todos nós tínhamos, quando passávamos na praça víamos o chafariz funcionando. Praticamente todos nós que nascemos aqui temos alguma fotografia neste chafariz”, finalizou.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá