Rádio Najuá

Coleta do Lixo Reciclável sofrerá alterações a partir da próxima semana em Irati

02/02/19 - 11h34 - Atualizado em 02/02/19 - 11h34

Paulo Henrique Sava, com informações da Prefeitura de Irati 

A coleta do lixo reciclável sofrerá algumas alterações a partir da próxima segunda-feira, 04. Os itinerários serão percorridos pelos caminhões do município duas vezes por semana em cada bairro de Irati. Antes, a coleta seletiva era feita apenas uma vez por semana.

A população reclamava que precisava armazenar o lixo em casa e aguardar pelo menos sete dias pela passagem do caminhão da coleta seletiva. Por conta disso, houve a necessidade da alteração no roteiro, conforme explica a secretária de Ecologia e Meio Ambiente, Magda Lozinski.

“Uma das mudanças que estamos fazendo é a duplicação deste itinerário. Os caminhões do município passarão duas vezes por semana. A coleta seletiva passa a duas vezes por semana; a [coleta] do orgânico continua três vezes por semana, e no centro todos os dias”, comentou. De acordo com Magda, o roteiro existente previamente foi mantido, havendo apenas o acréscimo de mais um dia de coleta para cada bairro.

PUBLICIDADE

Também a partir da próxima semana, nem a empresa HMS (responsável pela coleta do lixo orgânico) e nem os agentes da coleta seletiva irão coletar as sacolas que contenham material reciclável misturado com orgânico. Se houver lixo misturado, os catadores deixarão as sacolas ou embalagens em frente à residência da pessoa, que terá de fazer a separação corretamente, inclusive higienizando os recicláveis.

“Aquele saquinho que tem reciclado misturado com resíduo orgânico não será coletado nem pela HMS e nem pela cooperativa ou associação. O morador vai ter que deixar em frente à sua casa o material separado”, comentou. Magda justifica que a medida foi tomada por conta da possibilidade de contaminação dos catadores ao entrarem em contato com materiais como fraldas, papel higiênico e restos de comida, além de cacos de vidro, o que pode causar ferimentos nas pessoas. Além disso, desta forma, evita-se que materiais que têm algum valor econômico sejam levados para o aterro sanitário.

PUBLICIDADE

Luciane Malinoski, presidente da Associação dos Catadores de Irati, ressalta que os catadores já foram informados sobre a nova ordem e receberam autorização para não apanharem material nas condições citadas. Ela também reclama que muitas vezes, além de papel higiênico, fraldas e cacos de vidro, as pessoas colocam junto com o lixo reciclável materiais contaminados, como sondas de uso pessoal, seringas e agulhas sujas de sangue. Estes materiais podem contaminar os catadores e até mesmo causar doenças.

Luciane Malinoski, presidente da Associação dos Catadores de Irati, Rosângela Souza Soares, presidente da COCCAIR, e Magda Lozinski, secretária de Ecologia e Meio Ambiente

Magda ressalta que este tipo de material é classificado como resíduo de serviços de saúde e deve ter sua destinação separada da coleta seletiva, devendo ser encaminhado para a Secretaria de Saúde, que vai destinar estes resíduos para o lixo hospitalar.

Realmente a pessoa acaba se perfurando com uma agulha ou outra coisa e a gente nunca sabe qual a procedência daquele resíduo, então é bem complicado mesmo para elas  

Magda Lozinski 
Secretária de Ecologia e Meio Ambiente de Irati 

Até mesmo animais mortos chegam às mãos dos catadores, conforme a representante da Cooperativa dos Catadores e Agentes Ambientais de Irati (COCCAIR), Rosângela Souza Soares.

Vem bicho morto, vem fralda, vem de tudo. As pessoas não separam, e nós pedimos a colaboração de todo mundo que pudesse separar certo nas suas casas, separando litros, latas, estas coisas separadas do orgânico. Seria uma ajuda para todos que trabalham na cooperativa.

Rosângela Souza Soares 
Representande da COCCAIR 

PUBLICIDADE

De acordo com Magda, cerca de 45 famílias sobrevivem da renda do material reciclável, tanto ligadas à cooperativa Coccair quanto à Associação Malinoski. Por isso há a necessidade de separação do lixo por parte da população.

Um ouvinte chegou até mesmo a sugerir a colocação de caixas coletoras de lixo reciclável nas ruas da cidade. No entanto, a secretária destacou que hoje não é possível a instalação de ecopontos. Ela diz também que é difícil fazer o esvaziamento de embalagens para devolução.

Luciane Malinoski, presidente da Associação dos Catadores de Irati, Rosângela Souza Soares, presidente da COCCAIR, e Magda Lozinski, secretária de Ecologia e Meio Ambiente

Disposição dos materiais

A secretária sugere que os moradores das áreas urbanas e rurais coloquem o material reciclável em sacos de rações de animal, uma vez que é difícil para os coletores tirarem o lixo da embalagem para devolução. “Como este itinerário tem que acontecer de forma ágil, os coletores pegam as sacolinhas e sacos plásticos com o reciclável e jogam no caminhão, que está andando e eles coletando. Fica muito difícil para a gente esvaziar embalagens de reciclável. Eu peço que os moradores coloquem o material em sacos que não irão mais utilizar no interior, como sacos de ração ou sacolinhas de supermercado, que coloque o reciclável ali que o pessoal coleta e leva”, finalizou.

PUBLICIDADE

Novo roteiro

No centro da cidade, a exemplo do que já ocorre com o lixo orgânico, a coleta passará a ser feita após as 18 horas. Esta é a única região onde o trabalho será feito diariamente. Nos demais bairros o roteiro será o seguinte:

ALTO DA GLÓRIA - segundas e quintas

ALTO DA LAGOA - sextas

CAMACUÃ – quartas e sextas

CANISIANAS - segundas e quintas

COLINA NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS - terças

CONJUNTO SANTA MONICA - segundas e quintas

CRUZEIRO DO SUL – segundas

DER – terças e quintas

ENGENHEIRO GUTIERREZ - terças e sextas

FERNANDO GOMES – terças e quintas

FLORESTA - terças e quintas

FÓSFORO - segundas e quintas

FRAGATAS – segundas e quartas

JARDIM AEROPORTO - terças e quintas

JARDIM CALIFÓRNIA – segundas e quartas

JARDIM DAS AMÉRICAS - sextas

JARDIM VIRGÍNIA - terças e quintas

JOAQUIM ZARPELLON – terças e sextas

LAGOA DE BAIXO - segundas

LAMIL - terças

MARCELO - terças e quintas

NHAPINDAZAL – segundas e quartas

NOSSA SENHORA DE LUZ – terças e sextas

OURO VERDE – segundas e quartas

PABIS – segundas e quartas

PEDREIRA – terças e quintas

PICHIBILSKI – segundas e quartas

PLANALTO – terças e quintas

PROMORAR 1 – terças e quintas

PROMORAR 2 – terças e quintas

RIO BONITO – quartas e sextas

RIOZINHO – terças e sextas

SANTO ANTÔNIO – quartas e sextas

SÃO FRANCISCO - segundas, quartas e quintas

SESI - terças

STROPARO – segundas e quintas

TUCHOLKA - segundas e quartas

VICENTE MACHADO - terças

VILA MATILDE – segundas e quintas

VILA NOVA - segundas e quartas

VILA RURAL - sextas

VILA SÃO JOÃO – segundas e quintas.

Para mais informações entre em contato com a Secretaria Municipal de Ecologia e Meio Ambiente pelo telefone 3907 3045.

PUBLICIDADE

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá