Álbuns

Após estouro de pneu, caminhão atinge carro na BR-277

criado em 30/01/19

Uma colisão frontal entre um Ford Fiesta Sedan e um caminhão carregado com toras de pinus foi registrada na tarde desta quarta-feira, 30, por volta das 14 h, na BR-277, em Fernandes Pinheiro. O acidente causou a morte instantânea do motorista do carro, com placas de Medianeira. A vítima tinha 34 anos.

A passageira do automóvel, de 32 anos, foi socorrida em estado grave. Ela foi transportada de helicóptero para o hospital Bom Jesus, em Ponta Grossa. Já o condutor do caminhão, de 42 anos, sofreu lesões leves e foi conduzido até a Santa Casa de Irati.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão, emplacado em Fernandes Pinheiro, seguia no km 226 da BR-277 com destino a Irati, quando o pneu dianteiro esquerdo estourou. Desgovernado, ele invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente com o carro, que transitava sentido Curitiba.

O motorista do caminhão foi submetido ao teste do bafômetro, que apontou resultado negativo para ingestão de álcool. Com o impacto, as toras caíram do caminhão, mas não atingiram os ocupantes do veículo. A carga de pinus ficou espalhada no acostamento e na faixa de domínio da rodovia. Os veículos ficaram fora da pista. Por isso, não houve necessidade de interditar a rodovia.

Conforme a PRF, o pneu que estourou estava no eixo dianteiro do caminhão e era "recapado", ou seja, já ultrapassado a sua "vida útil" e fora recondicionado. “Embora tenha recebido uma camada nova de borracha, sua estrutura já estava desgastada. O caminhão também não era próprio para o transporte de toras de madeira, pois não possuía todos os requisitos necessários para o transporte desse tipo de carga e não havia sido licenciado pelo Detran para esta finalidade”, ressalta a PRF.

Uma equipe da Polícia Científica do Paraná compareceu no local do acidente. O corpo do condutor do Sedan foi encaminhado ao Instituto Médico- Legal (IML) de Ponta Grossa.

Fotos: PRF/Divulgação e WhatsApp/Divulgação

Enquete

Você concorda com o uso do celular em sala de aula?

  • não
  • sim
Resultados