Cultural / Entretenimento

30/06/16 - 09h12 - atualizada em 30/06/16 às 13h59

Exposição de fotos antigas retrata a história do campus Irati

Divisão de Comunicação Social – Unicentro, campus Irati

PUBLICIDADE
No mês de junho, a Unicentro completou 26 anos, e nada melhor para comemorar a data, do que relembrar os principais passos dados em direção a universidade que temos hoje. Por isso, a exposição de fotos antigas “Seminário Santa Maria/Fecli/Unicentro”, está sendo apresentada no campus Irati.

O professor Edson Santos Silva, chefe da Divisão de Promoção Cultural explica que o objetivo da mostra é fazer o passado reverberar no presente. “Nós pensamos essa exposição como uma linha histórica, para vermos como se deu a união da Fecli [Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Irati] com a Fafig [Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Guarapuava], e essa alteração da faculdade para universidade”, destaca.

A exposição retrata a trajetória do Ensino Superior em Irati, que iniciou em março de 1975, com a instalação da Fecli. Segundo o diretor do campus Irati, Afonso Figueiredo Filho, na mostra estão registrados momentos importantes da história do campus, e também, acadêmicos, professores e funcionários que ajudaram a escrevê-la. “Uma exposição de fotos como esta, além de dar a memória de 41 anos do início da Unicentro até os dias de hoje, nos oferece imagens que marcaram várias etapas do campus de Irati. É um registro histórico que certamente vai deixar muitas pessoas emocionadas”, complementa.

O reitor da Unicentro, Aldo Nelson Bona iniciou sua carreira universitária no campus Irati. Para ele, a exposição representa reviver momentos e uma alegria muito grande em fazer parte desta trajetória de grandes conquistas e de construção coletiva. Mas Aldo também destaca que ao percorrer o trajeto da mostra é possível relembrar da realidade desafiadora vivida há alguns anos.

“Cada vitória, cada crescimento, cada desgaste, cada tropeço, tudo isso precisa ser comemorado porque neste percurso nós vemos de onde saímos e onde estamos. Saímos de uma realidade muito mais desafiadora e tímida do que a realidade que vivemos hoje, e as conquistas todas que temos ao longo deste período são evidenciadas neste percurso da exposição. Sendo assim, é importante comemorarmos os 26 anos da universidade por conta de tudo disso”, observa o reitor.

O acadêmico do 2º ano de Ciências Contábeis, Leandro Iantas conta que conhecia a história da universidade através de leituras, mas que as imagens trouxeram a ele uma nova visão sobre a Unicentro e sua história. “Legal ver que a Unicentro é isso tudo e até um pouco mais do que vemos. É muito mais expressiva a universidade depois que vemos imagens do que foi e do que é agora, e acabamos fazendo uma expectativa do que pode vir a ser essa universidade tão acolhedora que é a Unicentro”, conclui.


Comentários

Enquete

Se não está bem de Saúde, aonde busca o primeiro atendimento:

  • Santa Casa de Irati
  • Pronto Atendimento Municipal - PA
Resultados