Cultural / Entretenimento

14/12/18 - 20h32 - atualizada em 16/12/18 às 11h02

Natal Polonês é celebrado em Irati

Comemoração do Natal por descendentes de poloneses foi promovida pela Braspol
Texto Jussara Harmuch, fotos Najuá e Caterina Gaioski, colaboração Genoveva Zavilinski


O Núcleo da Representação Central da Comunidade Brasileiro-Polonesa (Braspol) em Irati, promoveu, na noite de quarta-feira, dia 12, a celebração do Natal. Um jantar de confraternização foi realizado no buffet Nely Pabis.

A abertura da solenidade foi conduzida pela presidente da Braspol, Nelsi Pabis, que explicou o significado dos costumes dos polacos na noite natalina. O coral polonês de Irati, sob regência do maestro Wellington Costa, se apresentou com músicas natalinas interpretada no idioma polonês.

A mesa é posta sobre uma camada de feno encoberta por uma toalha branca. É deixado um lugar vazio, para um viajante ou uma visita inesperada.

Qualquer pessoa que não tenha um lugar para a ceia é bem vinda,
conta Nelci.

Antes do jantar, servido com pratos típicos poloneses, como pierogi, bigos, repolho, entre outros, foi lido um trecho do evangelho em polonês pela professora Zuleika Onesko. Em seguida, o padre Luiz Mirkoski fez a bênção do oplatek e dos alimentos.

Ritual

O ritual de quebrar oplatek, hóstias, um pão branco fino assado especialmente para esta ocasião, de farinha de trigo e água, é feito antes do jantar, onde cada um oferece um pedaço a outro e saúdam-se mutuamente. O costume desta partilha é um sinal de fraternidade, reconciliação, amor, amizade e paz que iniciou no século XVIII.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá

Enquete

Você concorda com o uso do celular em sala de aula?

  • não
  • sim
Resultados