Cultural / Entretenimento

27/10/17 - 14h59 - atualizada em 27/10/17 às 15h07

Reforma do Ensino Médio é tema de palestra integrante da programação da Siepe

Divisão de Comunicação Social – Unicentro, campus Irati

Mesa foi composta por docentes da Unicentro que debateram quadro da educação brasileira

Uma das missões da Semana de Integração, Ensino, Pesquisa e Extensão (Siepe) é fomentar os debates sobre questões estruturais da sociedade e da educação. Prova disso foi a palestra “A educação e as reformas”, que trouxe para o corpo docente e acadêmico da Unicentro uma reflexão sobre a atual estrutura de ensino no país e as reformas previstas.

O organizador da palestra, professor Valdir Olivo Junior defende a importância de tratar o tema nos dias de hoje. “É tentar entender, de fato, o que está acontecendo. Porque são tantas coisas, ultimamente, que vem ocorrendo no nosso país e decisões políticas seríssimas que estão sendo tomadas sem consulta aos interessados, inclusive. Então, é um pouco essa tentativa da gente também tentar entender melhor tudo que está em jogo até para poder se posicionar diante dessas mudanças que vem ocorrendo”, explica.

O professor Valdir sugere que todos devem procurar se informar sobre o assunto, mas que essas informações são essenciais, sobretudo, para os alunos dos cursos de Licenciatura. Afinal, eles são os principais afetados com as mudanças educacionais no país. “Isso tudo vai afetar diretamente os alunos que estão cursando ou vão cursar ainda licenciatura. A ideia é ver até que ponto vão ocorrer essas reformas, de que forma os alunos vão ser afetados e de que forma as outras pessoas vão ser afetadas”.

Uma das palestrantes do evento, a professora Michelle Fernandes Lima concorda com a visão do professor Valdir e acrescenta que a maneira de se pensar a própria Universidade também vai se modificar, já que os alunos do chamado novo Ensino Médio terão outro perfil quando ingressarem no Ensino Superior.

“Até aqueles que vão fazer outros cursos – como engenharias, os das Ciências Sociais Aplicadas – também vão sofrer os impactos dessa mudança. Porque a reforma do Ensino Médio, por exemplo, altera todos esses jovens que vão vir para a Universidade, como vão vir. Afinal, quais são as possibilidades desse jovem filho da classe trabalhadora chegar na Universidade com tanto sucateamento da Educação como está acontecendo? Então, o impacto é geral, para a sociedade como um todo”, afirma.

O tema do debate chamou a atenção de estudantes dos diversos cursos da Unicentro, inclusive da pós-graduação, como é o caso da mestranda em Educação, Maria Leticia Neves. Ela participou da mesa-redonda em busca de mais informações sobre o que está em jogo com a reforma do Ensino Médio. “Busco sempre me atualizar sobre as novas conjunturas políticas para a Educação que estão entrando em vigor e repercute na prática do professor”.

As reverberações da reforma do Ensino Médio na Educação Superior também estiveram em discussão
Plateia acompanhou os debates realizados no Campus de Irati



Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados