Música / Entretenimento

24/01/18 - 23h48

Zeca Camargo é condenado por debochar comoção nacional por Cristiano Araújo

Zeca Camargo tem 15 dias úteis para recorrer e já avisou que fará isso.

Do site Conceito Sertanejo

A Justiça condenou o jornalista e apresentador Zeca Camargo a pagar indenização por danos morais de R$ 60 mil ao pai de Cristiano Araújo e à empresa que cuidava da carreira do cantor, morto num acidente de carro em 2015. A condenação ocorre por causa de um texto considerado ofensivo lido por Zeca Camargo no Jornal das Dez (Globonews), tratando a comoção nacional pelo falecimento do cantor como um ‘espetáculo’ e questionando o alcance da fama do sertanejo.

No processo, o pai e os sócios afirmam que a “morte de Cristiano causou comoção nacional pela disseminação do amor e que o dano moral se deu no momento em que o requerido ‘debochou’ desse sentimento em uma crônica cruel, infundada, insensível e preconceituosa”.

A decisão da juíza Rozana Fernandes Camapum, da 17ª Vara Cívil de Goiânia, foi publicada nesta terça (23) no “Diário de Justiça” de Goiás. Zeca Camargo tem 15 dias úteis para recorrer e já avisou que fará isso.

Comentários

Enquete

Você votaria em Lula para presidente em 2018?

  • Não
  • Sim
Resultados