Futebol / Esportes

25/09/17 - 11h18 - atualizada em 25/09/17 às 19h20

Barreiro é campeão da Copa Fernandes Pinheiro de Futebol

Na decisão, Barreiro venceu o time dos Amigos do Bar do Batata “A”, por 1 a 0, com gol de Belo, aos 35 minutos do 2º tempo

Rodrigo Zub e Paulo Henrique Sava

Barreiro foi campeão pela primeira vez em Fernandes Pinheiro
O Barreiro conquistou o título da Copa Fernandes Pinheiro de Futebol ao vencer o time dos Amigos do Bar do Batata “A”, por 1 a 0, na final da competição, que foi disputada na tarde de domingo, 24, no Campo do Parque da Prainha.

Confira mais fotos da decisão e as entrevistas dos atletas após a final no fim do texto

O primeiro tempo foi equilibrado e terminou sem gols. A partida foi definida aos 35 minutos do segundo tempo. Após cobrança de escanteio de Mauricio, Belo chutou para o fundo das redes de Tisão, definindo a vitória do Barreiro.

Depois do encerramento da final, foi realizada a cerimônia de premiação que contou com a participação do secretário municipal de Educação, Turismo e Esporte, Sérgio Gomes (Serginho), do coordenador da competição, Geovane Gonçalves dos Santos, além de vereadores e atletas.

O Atlético de Bituva dos Lopes não precisou nem entrar em campo para conquistar o terceiro lugar, já que a equipe dos Amigos do Bar do Batata “B” não compareceu e perdeu por WO.

Três primeiros colocados receberam premiação

PUBLICIDADE
Terceiro colocado, o Atlético de Bituva dos Lopes recebeu a premiação de R$ 500. Vice-campeão, o time dos Amigos do Bar do Batata “A” ganhou R$ 1 mil. Já o prêmio do campeão, Barreiro, foi de R$ 1.500. O goleiro menos vazado da competição foi Neguinho, do Barreiro, que sofreu apenas quatro gols. Já o artilheiro foi Valdinei Eurich, do Nacional de Bituva dos Lopes, com nove gols.

Treze equipes participaram da Copa Fernandes Pinheiro de Futebol, que teve duração de seis meses entre março e setembro de 2017.

Segundo Geovane, a prefeitura de Fernandes Pinheiro custeou a taxa de arbitragem e destinou ônibus gratuitamente para os times do interior pudessem se deslocar até a sede do município participar dos jogos.

Geovane ressaltou também que a final, a exemplo dos outros jogos, foi bastante disputada pelas duas equipes. Ele destacou que o campeonato foi bem satisfatório. “As equipes estavam com medo de tomar gol, e o jogo só abriu um pouco depois que o Barreiro abriu o placar, mas acho que foi um jogo digno de uma final”, pontuou.

Geovane comenta ainda que, disciplinarmente, não houve nenhum registro de violência durante a competição. “Tem as discussões, um entrevero, uma coisa ou outra, mas coisa normal do jogo. Não tem nada para relatar de fatos violentos”, frisou.

Atletas analisam desempenho na final e durante campeonato

Amigos do Bar do Batata "A" ficou com o vice-campeonato
O jogador Belo, autor do gol da vitória do Barreiro, falou sobre o jogo e a conquista do título depois de três vice-campeonatos consecutivos. “Eu estava jogando no meio campo, mas daí o meu técnico [Júlio César Vieira] falou para eu ir para o ataque, e aconteceu de fazer o gol da vitória, graças a Deus”, comentou.

Belo diz que o campeonato foi muito difícil, mas ele enalteceu o trabalho de todos os atletas da equipe durante a competição. “Foi duro jogar contra os amigos, são todos gente boa. Mas chegamos, graças a Deus, à nossa primeira vitória, e eu agradeço a todos”, afirmou.

O goleiro Neguinho, do Barreiro, ajudou a equipe a garantir a vitória fazendo boas defesas no fim do jogo. Ele relembrou que, no primeiro tempo, o time dos Amigos do Bar do Batata “A” teve a oportunidade de abrir o placar em uma cobrança de falta, mas a bola acabou batendo na trave. “Se a gente toma o gol, ia ser difícil de correr atrás, porque o time deles é muito qualificado, com jogadores rápidos, mas graças a Deus a ‘piazada’ do nosso time jogou com raça, com vontade, e foi merecido levar este título invicto. Conseguimos nos fechar, fazer o gol e sair com a vitória”, comentou.

PUBLICIDADE
O vereador Oziel, conhecido como Ozielzinho, atuou pela equipe dos Amigos do Bar do Batata “A”, que acabou ficando com o vice-campeonato. Ele falou sobre a participação da equipe na competição. Oziel exaltou a preparação da equipe desde o início do campeonato. “Hoje, como o Elton teve um problema, eu acabei entrando em campo mas, já mais veterano, o tempo passa e infelizmente a gente não consegue atuar, a cabeça pensa mas o corpo não corresponde mais. Parabenizo a equipe do Barreiro, que pela primeira vez conseguiu o título. Infelizmente, ficamos em segundo lugar, mas já estamos preparando a equipe para a disputa do Campeonato Varzeano, que vem aí no próximo mês”, pontuou.

O técnico do Barreiro, Júlio César Vieira, avalia que a vitória foi conquistada através da superação dos atletas da equipe, que lutaram por três anos para a conquista do título. “Neste ano, montamos um time melhor para competir, e fomos felizes, pois saímos campeões. Agradeço muito a todos que vieram para assistir os jogos e os meninos que jogaram para nós, que não moram na cidade, mas são do interior, o meu muito obrigado”, comentou.

Ficha Técnica:
Bar do Batata “A” 0x1 Barreiro
Local:
Campo da Prainha, em Fernandes Pinheiro
Arbitragem: Romildo Kanarski
Auxiliares: Tiago Olexinka e Marcos Aurélio dos Santos
Representante: Carmelita dos Santos
Cartões amarelos: João Paulo, Giso e Elton (Bar do Batata “A”). Neguinho, Felipe, Quati, Mauricio e Belo (Barreiro)
Gol: Belo 35/2º tempo

Bar do Batata “A”: Tisão, Nick (Jé), Ariel, Fabinho e João Paulo (Juninho); Elisson, Dorsinho, Giso e Diego. Elton (Osiel) e Nenê (Quirerinha). Técnico: Fernando.

Barreiro: Neguinho, Felipe, Oséas (Elimar), Roberto e Michel; Quati, Mauricio, Belo e Vagner. Murilo (Cleiton) e Véio. Técnico: Júlio César.

Confira as entrevistas realizadas após a partida na reportagem de Paulo Henrique Sava


Fotos: Paulo Henrique Sava





Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados