Futebol / Esportes

09/02/18 - 19h05 - atualizada em 09/02/18 às 19h21

Gestor anuncia saída do Iraty Sport Club

Empresário disse que a saída foi motivada por algumas discordâncias de pensamento com o técnico do Azulão, Adriano Kanaã

Paulo Henrique Sava e Rodrigo Zub, com reportagem de Ademar Bettes e Tadeu Stefaniak

Eduardo Cappelari da Silva deixou o cargo de gestor do Iraty Sport Club. Em comunicado publicado nas redes sociais na quinta-feira, 7, dois dias antes da estreia do clube na divisão de acesso, o empresário disse que a saída foi motivada por algumas discordâncias de pensamento com o técnico do Azulão, Adriano Kanaã. 

O empresário alegou que estava encontrando dificuldades para exercer sua função no clube devido ao conflito de ideias com o treinador. “Eu tenho uma personalidade um pouco forte e para não criar nenhum atrito, pois estamos perto da estreia preferi me retirar, mas continuamos cada um com seus negócios”, disse Cappelari durante entrevista no programa Show de Bola da Super Najuá FM 92,5

O ex-gestor afirmou que mantém um bom relacionamento com a diretoria, atletas e comissão técnica do Iraty. O empresário também negou que o encerramento do vínculo com o Azulão foi motivado pela parceria que fechou com um clube gaúcho recentemente. “É verdade eu peguei outro time no Rio Grande do Sul, mas ele nem vai disputar nada no primeiro semestre. Esse clube eu peguei, eu vou organizar ele internamente e a logística do clube, questão de infraestrutura para disputar [campeonatos] só no segundo semestre”.

De acordo com Cappelari, não haverá mudanças no elenco do Iraty. Os jogadores que já foram contratos seguem treinando à disposição de Kanaã para a disputa da divisão de acesso. “Todos os jogadores vão ficar. A princípio todos vão ficar. Estão com contrato, quem está com contrato não tem porque sair não há mudança nesse planejamento. O colombiano Diego [Ambuila] continua e os outros jogadores também. O Adriano já conhecia boa parte dos jogadores e a gente foi trazendo”, relata o empresário.

Responsável pela empresa Boca Marketing Esportivo, empresário Eduardo Cappelari da Silva (foto) estava exercendo a função de gestor do Iraty

Cappelari também nega que sua saída vai afetar o pagamento de salários dos atletas. “A questão de salário, nós temos outros investidores e que continuam os investimentos. Os pagamentos continua a mesma coisa. Só muda a minha atuação diária no clube. A partir de hoje [quinta-feira, 8] não atuo mais no clube diariamente. Estava organizando o clube, tomando algumas decisões, mas para não criar atritos preferi sair”.

Apesar de ter saído alegando que não concordava com algumas atitudes de Kanaã, o empresário enfatizou que ele tem condições de exercer a função de gestor e continuar o trabalho no Iraty. Cappelari citou que o atual treinador do Azulão já teve passagens pelo futebol do interior de São Paulo e possui parceiros que podem lhe ajudar na gestão do futebol.

Kanaã afirma que a equipe segue a rotina de treinamentos e preparativos para a estreia na segundona. Fora de campo, o treinador diz que a parte financeira também segue normal com os demais parceiros.

PUBLICIDADE

Questionado por um dos integrantes da Torcida Jovem do Iraty sobre a contratação de alguns atletas que atuaram no Arapongas, Kanaã disse que trouxe apenas dois atletas que foram seus comandados no time da região Norte do Estado. O treinador também foi indagado sobre o seu desempenho no Arapongas. “Quando eu fui para o Arapongas eu comecei um projeto e recebi uma proposta melhor do Campo Mourão e fui para o Campo Mourão. No Campo Mourão eu fiz sete jogos levei dois gols no campeonato todo e no último jogo, última rodada, ainda estava brigando para subir. Mas como tinha uma proposta de fora do País, sai na última rodada para resolver negócio de passaporte, mas essa questão dos atletas que estavam no Arapongas dos que jogaram comigo só veio o Maguila que tá aqui e é um jogador que trabalha comigo desde 2009, que tava jogando mesmo só o Maguila e o Arthur. Os outros eu preferi trazer os meninos da base daqui do que trazer os profissionais que estavam lá [em Arapongas]”, afirmou.

Conforme Kanaã, Play de Freitas poderá ser o gestor de futebol do Iraty. Ele enalteceu o trabalho que o ex-treinador realizou no clube nos dois últimos anos, quando foi vice-campeão da terceirona em 2016 e quase conseguiu o acesso à primeira divisão em 2017. “O Play hoje é um cara que querendo ou não, o Iraty só está na segunda divisão pela dedicação dele. Ninguém tem que ver o passado, tem que viver o presente porque não se sabe o amanhã. Play é um cara gente boa e provou me ajudando com contrato, documentação e tudo”. 

O treinador do Azulão também disse que poderá conciliar funções com Play, que atualmente exerce o cargo de supervisor. “Como era com o Eduardo. Eduardo dava palpite no time e eu na gestão”, salientou.

Adriano Kanaã participou ao vivo do programa Show de Bola. Na ocasião, ele foi questionado por membros da Torcida Jovem sobre seu desempenho no Arapongas

Presidente do Iraty comenta saída do gestor

O presidente do Iraty, Cícero Moreira Gomes, o Xiru, diz que a rescisão com Cappelari aconteceu de forma bilateral e não houve desentendimento entre as partes. “Ouve interesses pessoais do Eduardo que o afastaram do projeto. Sem problema nenhum. Então ficou responsável pelo projeto o seu Adriano Kanaã, que é o treinador. Esse assunto de forma legal e técnica deverá ser resolvido a partir de segunda-feira, 12, uma vez que nós não queremos e não gostaríamos de tirar o foco do jogo de amanhã, 10, com o Rolândia. Tecnicamente o contrato continua valendo, o contrato anterior com a Boca Sports está valendo até segunda-feira, 12, até nós rescindirmos com o senhor Eduardo, que representa a Boca Sports. Claro faremos uma reunião com o Adriano e a diretoria para ver as bases desses contratos se serão as mesmas ou terão alterações, nós não queremos tirar o foco do jogo de amanhã, 10, com assuntos administrativos, burocráticos e jurídicos, que serão tratados a partir de segunda-feira, 12, até porque nós vamos convocar primeiro uma reunião da diretoria e do conselho deliberativo para daí sentarmos com o parceiro que não é ninguém novo, já estava dentro do pacote com o Eduardo, mas para definirmos com o Adriano as bases do novo contrato. Está tudo nos trilhos. Não vão haver grandes alterações”, minimizou Xiru.

Estreia do Azulão terá transmissão da Super Najuá FM 92,5

O Iraty estreia na divisão de acesso do Campeonato Paranaense contra o Rolândia Esporte Clube, neste sábado, 10, às 16h30, no estádio Coronel Emílio Gomes. O jogo terá transmissão da Super Najuá FM 92,5. Os ingressos para a partida estão sendo vendidos a R$ 20. A meia-entrada destinada para doadores de sangue com carteirinha, estudantes e aposentados custa R$ 10.


Comentários

Enquete

Você votaria em Lula para presidente em 2018?

  • Não
  • Sim
Resultados