Futebol / Esportes

05/12/17 - 21h03 - atualizada em 06/12/17 às 11h28

Iraty confirma participação na segundona em 2018

Novo presidente do clube participou do arbitral da segundona que foi realizado nesta terça-feira, 5, em Curitiba. Competição terá início no dia 10 de fevereiro

Rodrigo Zub

Novo presidente do Iraty, Cícero Moreira Gomes, o Xirú, representou o clube no arbitral
A Federação Paranaense de Futebol (FPF) definiu a fórmula de disputa e as datas de início e término da divisão de acesso 2018 durante arbitral realizado na sede da entidade na tarde desta terça-feira, 5. O Iraty Sport Club será um dos dez times que participarão da competição. O Azulão foi representado na reunião pelo presidente recém-eleito, Cícero Moreira Gomes, o Xirú.  

As outras nove equipes que vão brigar pelas duas vagas na primeira divisão em 2019 são: Portuguesa Londrinense, Andraus, Cascavel Clube Recreativo, Paranavaí, Operário, PSTC, Independente São-Joseense, Rolândia e Batel (terceiro colocado da terceirona neste ano), que foi convidado para participar do certame na vaga aberta pelo J. Malucelli, que encerrou as atividades do futebol após o rebaixamento para a segunda divisão (mais informações no box abaixo). A informação foi confirmada pelo presidente de honra do clube, Joel Malucelli, à reportagem do jornal Gazeta do Povo. “É verdade que estamos fechando. Não participamos nem do arbitral da Série Prata. Cansamos, desanimamos”, afirmou o empresário.  

Encerramento das atividades do Jotinha

A queda do J.Malucelli para a divisão de acesso ocorreu depois que o clube foi punido com a perda de 16 pontos em razão da escalação irregular do atacante Getterson. O time da Capital recorreu em todas as instâncias, mas a punição foi mantida. Com isso, o Jotinha teria que disputar a segunda divisão em 2018. Entretanto, a diretoria optou em fechar as portas e encerrar as atividades no futebol profissional e nas categorias de base. Os funcionários do clube que completou 19 anos neste ano já formam dispensados. Criado em 1998 com o nome de Malutrom, o time do “Barigui” chegou a se chamar Corinthians Paranaense entre os anos de 2009 e 2012 durante uma parceria com a diretoria do atual campeão Brasileiro.  

Regulamento

Conforme o regulamento da competição, os dez clubes se enfrentam em turno único na primeira fase, que terá nove datas. Após o encerramento da fase de classificação, os oito melhores passam para a fase de quartas de final. Os clubes serão divididos em dois grupos com quatro integrantes e se enfrentam em turno e returno (seis datas). Classificam-se para a final os campeões de cada grupo, que terão vaga garantida na primeira divisão em 2019. A final será disputada em melhor de dois jogos, sendo que o time com melhor campanha decidirá a competição em casa. Já os dois clubes que somarem o menor número de pontos ao final da primeira fase serão rebaixados para a terceirona. A fórmula de disputa da segundona é a mesma deste ano.

Foi definido durante o arbitral que o prazo final para inscrição de atletas será o último dia útil que anteceder a 7ª rodada da primeira fase. Em virtude da participação do Operário na Série C do Campeonato Brasileiro e da disputa da Copa do Mundo em 2018, o início da segundona foi antecipado para o mês de fevereiro. A competição começará no dia 10 de fevereiro, com previsão de término para 20 de maio. A tabela de jogos da primeira fase ainda não foi divulgada.  

Participaram do arbitral, o presidente da FPF, Hélio Pereira Cury, o vice-presidente Amilton Stival, o assessor da presidência Robson Roberto Seerig, o gerente de competições Marcius Koehler, o supervisor do departamento de registros Éverton Amaro, o representante jurídico da FPF, Willian Osaka, o presidente da Comissão de Arbitragem, Afonso Vitor de Oliveira, o representante do Sindicato dos Atletas, Rodrigo Fernando Pacheco de Oliveira e os representantes dos dez times que disputarão a segundona.  

PUBLICIDADE

Arbitral definiu a fórmula de disputa da segunda divisão do Campeonato Paranaense de 2018


Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados