Futebol / Esportes

04/12/16 - 21h58 - atualizada em 04/12/16 às 23h53

Iraty sofre dois gols nos acréscimos e perde título da terceirona

Azulão marcou três gols no 1º tempo, mas cedeu o empate para o União, que comemorou o título inédito

Rodrigo Zub

Ficha Técnica
2º jogo da final da 3ª divisão do Campeonato Paranaense
C.E.União 3x3 Iraty
Data: 4/12/2016
Horário: 16h30
Local: Estádio Municipal Anilado, em Francisco Beltrão
Árbitro: Selmo Pedro dos Anjos Neto
Assistente 1: Giovani Marcos Matielo
Assistente 2: Everson de Souza
Quarto Árbitro: Amauri Carvalho Pahins
Assessor: Antônio Marcos Camargo de Andrade
Delegado: Maurício José de Souza
Cartões amarelos: Sorbara e Thiaguinho (União); Jardiel, Joãozinho, Willian e Yayá (Iraty).

Gols: Tiago Maringá aos 26, 46 e 50 minutos do 2º tempo (União); Giso aos 8 e 44 minutos do 1º tempo (Iraty) e Rodolfo 42 minutos do 1º tempo (Iraty)

Público pagante: 1.777
Público total: 2.021
Renda: R$ 26.880.

União: Marcos Paulo, Felipe, Casimiro, Gean (Peixe) e Thiaguinho; Wellington Monteiro, Sato, Sorbara e Tiago Maringá; Agostinho (Elitinho) e Eduardinho (Wallace). Técnico: Ivair Cenci.

Iraty: Doni, Telo (Luciano), Dan, Gustavo Alves e Jardiel; Willian, Paulo Henrique, Giso (Joãozinho) e Rodolfo. Grafite (Lucas Rover) e Yayá. Técnico: Play de Freitas.

Com um primeiro tempo praticamente perfeito, o Iraty marcou três gols e colocou a mão na taça da terceira divisão do Campeonato Paranaense. Porém, o time comandado por Play de Freitas não conseguiu segurar a pressão na segunda etapa e cedeu o empate para o Clube Esportivo União. A equipe beltronense balançou as redes duas vezes nos acréscimos da partida para conseguir a igualdade.

Clique aqui e confira as fotos da partida

OBS: O álbum só pode ser visualizado pelo computador pessoal

O empate por 3 a 3, foi o suficiente para a equipe do Sudoeste do Estado comemorar o título inédito. No jogo de ida da final disputado no domingo passado, 27, o União venceu o Iraty por 1 a 0. Curiosamente, o rival do Azulão também havia marcado um gol nos instantes finais da partida. Naquela ocasião, Casimiro decidiu o duelo aos 44 minutos do segundo tempo.

Pouco mais de dois mil torcedores acompanharam a segunda partida da final da terceirona no estádio Anilado, em Francisco Beltrão, na tarde de domingo, 4. O herói da conquista beltronense foi o atacante Tiago Maringá. Ele fez os três gols do União na partida, sendo um deles de voleio.

União e Iraty garantiram o acesso para a segunda divisão do Campeonato Paranaense em 2017.

Iraty abre o placar antes dos dez minutos

Precisando vencer após perder o jogo de ida em casa, o Iraty teve postura de campeão no primeiro tempo. O Azulão não se intimidou com o apoio da torcida adversária e buscou o ataque desde os primeiros minutos.

A primeira chance do jogo foi desperdiçada pelo União. Aos 4 minutos, Eduardinho chutou para a defesa de Doni. Os visitantes responderam com Giso, que finalizou para fora e perdeu boa oportunidade aos 7 minutos. O meio-campista preferiu chutar ao invés de tocar a bola para o companheiro melhor colocado. Pouco depois, Giso tabelou com Grafite e bateu com força de fora da área. A bola desviou na defesa e foi pela linha de fundo. No lance seguinte, o abafa do Azulão deu resultado. Após cobrança de escanteio, Giso tocou para o gol e abriu o placar da partida.

Em vantagem, o Iraty recuou e passou a ser incomodado pelo ataque do União. Jogador mais perigoso do ataque beltronense, Eduardinho teve duas chances seguidas aos 16 e 18 minutos. Na primeira jogada, o atacante desviou um cruzamento de cabeça, mas Doni fez defesa segura. Na sequência, Doni defendeu uma cobrança de falta de Eduardinho.

Em outro lance de bola parada, Eduardinho quase empatou a partida aos 29 minutos. A cobrança de falta passou perto do gol defendido por Doni.

Azulão marca mais duas vezes e fica perto do título

Apesar da pressão e maior volume de jogo, o União não conseguiu empatar a partida. Melhor para o Iraty que aproveitou um contra-ataque para chegar ao segundo gol. Aos 42 minutos, Rodolfo recebeu lançamento e tocou na saída de Marcos Paulo para fazer o segundo do Azulão.

Antes do intervalo, Giso ainda coroou sua bela atuação com lindo gol de falta aos 44 minutos. Sendo assim, o Iraty encerrou o primeiro tempo vencendo por 3 a 0.

Iraty perde chances no começo do segundo tempo

Precisando marcar pelo menos dois gols para levar a disputa aos pênaltis, o treinador Ivair Cenci mudou o esquema tático no segundo tempo. Ele sacou o zagueiro Gean e colocou o atacante Peixe.

Com isso, a defesa dos beltronenses ficou vulnerável. O Azulão teve duas chances de liquidar o jogo, mas Yayá e Grafite desperdiçaram.

A pressão dos donos da casa aumentou com a entrada de Elitinho. Ele entrou na vaga do centroavante Agostinho e deu mais agilidade ao ataque do União. Aos 18 minutos, Elitinho recebeu de frente para o gol e tentou um toque por cobertura. A bola passou perto, mas foi para fora. Pouco depois, os donos da casa tiveram mais duas chances. Doni defendeu a cabeçada de Tiago Maringá. Já o lateral Thiaguinho arriscou de fora da área e quase acertou o ângulo do goleiro iratiense.

União diminui na base do abafa

Na base do abafa, o União descontou aos 26 minutos. Thiaguinho cruzou e Tiago Maringá desviou para as redes. O resultado de 3 a 1 ainda dava o título para o Iraty. Por esse motivo, o time de Ivair Cenci seguiu atacando e levando perigo ao gol do Azulão.

Para tentar segurar a bola e administrar a vitória, Play de Freitas colocou o volante Joãozinho no lugar de Giso. Posteriormente, Luciano entrou na vaga de Telo. Já o atacante Grafite foi substituído por Lucas Rover. Com as alterações, Paulo Henrique passou a atuar na lateral direita.

Gols nos acréscimos garantem título ao União

O Iraty conseguiu controlar a partida até os minutos finais. Já nos acréscimos, a jogada do primeiro gol do União se repetiu. Thiaguinho levantou a bola na medida para Tiago Maringá, que acertou um belo voleio e fez o segundo gol do União aos 46 minutos. Com o triunfo por 3 a 2 do Iraty, o campeão seria decidido nos pênaltis.

Contudo, o que parecia impossível aconteceu. Aos 50 minutos, Tiago Maringá aproveitou uma falha da defesa dos visitantes e marcou seu terceiro gol na partida. O empate por 3 a 3 impediu que o Azulão conquistasse o título.

Vice-campeão, o Iraty teve o artilheiro da competição. Grafite com 23 gols foi o principal goleador do certame. O time de Play de Freitas fechou a participação na terceirona com 14 vitórias, quatro empates e duas derrotas. O Azulão também teve o melhor ataque com 57 gols. A melhor defesa foi do União com apenas 12 gols sofridos.

Giso (camisa 10 do Iraty) fez dois gols e foi um dos destaques da partida
Treinador Play de Freitas, preparador físico Hiorann Cassol e atacante Grafite observam incrédulos o terceiro gol do União, que levantou a torcida presente no estádio Anilado

Jogadores do União e do Iraty entram com faixas em homenagem as vítimas do acidente aéreo com a equipe da Chapecoense
Tiago Maringá foi o herói do título ao marcar os três gols para o União




Comentários

Enquete

Existe no Brasil a cultura do encarceramento e isso aumenta a crise penitenciária

  • Errado
  • Certo
Resultados