Futebol / Esportes

20/04/17 - 21h11 - atualizada em 20/04/17 às 21h22

Jogo do Iraty na segundona é suspenso pelo TJD

Tribunal de Justiça Desportiva suspendeu jogos do grupo A na segunda fase até que a Portuguesa Londrinense seja julgada pela suposta escalação irregular de um atleta

Rodrigo Zub, com informações Redação em Campo

Iraty e União jogariam no domingo, 23, no estádio Coronel Emílio Gomes
O Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) suspendeu os jogos do grupo A, válidos pela primeira rodada da segunda fase da divisão de acesso do Campeonato Paranaense. Com essa decisão, a partida entre Iraty e União que seria realizada no domingo, 23, no estádio Coronel Emílio Gomes, às 15h30, foi adiada. No mesmo dia e horário, o Operário receberia a Portuguesa Londrinense, em Ponta Grossa.

O adiamento dos dois jogos leva em conta a possibilidade da Portuguesa Londrinense ser punida em virtude da escalação irregular do jogador Lucas Luiz Marcato na partida contra o Iraty, que foi realizada no dia 19 de março, no estádio do Café, em Londrina, pela 1ª rodada da fase de classificação. Na ocasião, o Azulão arrancou um empate, por 1 a 1, após um gol de falta marcado por Gabriel, aos 43 minutos do 2º tempo.

O zagueiro que não teria condições de jogo sequer entrou em campo. Ele permaneceu durante toda a partida no banco de reservas. Conforme denúncia protocolada pelo Grêmio Maringá, o atleta havia retornado de empréstimo, mas não estava com a situação regularizada na Federação Paranaense de Futebol (FPF). Por esse motivo, Lucas não estaria apto a fazer parte da lista de relacionados do treinador da “Lusinha”, Walbert Ramos Martins Junior. O caso será julgado na segunda-feira, 24, pelo Tribunal.

Se for condenada pela irregularidade, a Portuguesa Londrinense perderá quatro pontos na classificação, sendo um do empate contra o Iraty e três que seria o número máximo de pontos atribuídos a uma vitória.

PUBLICIDADE
A punição a “Lusinha” mudará a ordem de classificação da primeira fase da segundona. Sendo assim, o time londrinense perde o 8º lugar para o Grêmio Maringá, que terminou a fase de classificação na 9ª posição com sete pontos, um a menos que a própria Portuguesa. Além de perder a vaga na segunda fase, a Portuguesa ainda será rebaixada caso seja punida pelo TJD-PR. Os dois últimos colocados da primeira fase que caíram para a terceirona foram Grêmio Maringá e Apucarana Sports.

A “Lusinha” foi denunciada no artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva por “incluir na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente”. 

A FPF foi intimada da decisão do TJD-PR na noite desta quinta-feira, 20, através da Medida Inominada, Autos 085/2017, requerida pelo Grêmio Maringá. O Tribunal decidiu apenas cancelar a rodada do grupo A. Com isso, estão mantidos, os jogos do grupo B entre Paranavaí e Cascavel Clube Recreativo; Maringá e Andraus Brasil, no domingo, 23.

Na primeira fase, Carlinhos (foto) fez um dos gols da vitória do Iraty sobre o União, por 2 a 0


Comentários

Enquete

Se não está bem de Saúde, aonde busca o primeiro atendimento:

  • Santa Casa de Irati
  • Pronto Atendimento Municipal - PA
Resultados