Futebol / Esportes

13/02/17 - 19h35 - atualizada em 14/02/17 às 12h46

Prude derrota Atlético e assume vice-liderança do Paranaense

Tigre venceu o time reserva do Furacão, por 2 a 1, na tarde de domingo, 12, no estádio Newton Agibert, em Prudentópolis

Rodrigo Zub

Jogadores do Prude comemoram gol marcado por Jean Lucas que decretou a vitória por 2 a 1
Desacreditado no início do Campeonato Paranaense, o Prudentópolis é a principal surpresa da competição. Após quatro rodadas, o time comandado por Milton do Ó segue invicto e ocupa a vice-liderança. A boa campanha foi coroada com a vitória sobre o Atlético/PR, por 2 a 1, na tarde de domingo, 12, no estádio municipal Newton Agibert, em Prudentópolis.

Priorizando a disputa da Copa Libertadores da América, o treinador atleticano, Paulo Autuori, escalou uma equipe reserva. A grande novidade na escalação rubro-negra foi à entrada do atacante Douglas Coutinho, que fez sua reestreia pelo clube que o revelou. No Prude, a principal ausência no time titular foi do atacante Edu Raposa, destaque nas primeiras rodadas, que perdeu a posição para Kairo.

Atlético cria a melhor chance no 1º tempo

As duas equipes decepcionaram o torcedor no primeiro tempo. Bem postado no sistema defensivo, o “Tigre” dificultou as jogadas ofensivas do Atlético. Mesmo com mais posse de bola, o time rubro-negro criou poucas chances de gol. A melhor oportunidade foi aos 24 minutos. Edvaldo fez boa defesa em arremate de Douglas Coutinho. No rebote, João Pedro chutou próximo da trave defendida por Edvaldo.

Prude vence com gol no fim do jogo

Crysan cobrando pênalti chegou a empatar a partida para o Furacão
No segundo tempo, os dois times mudaram a postura dentro de campo e passaram a ter mais movimentação no setor ofensivo. Aos 6 minutos, Jean Lucas fez boa jogada pela direita e cruzou para Baiano, que chutou em cima do goleiro Santos. No rebote, o próprio Baiano desviou para as redes do “Furacão”.  A torcida prudentopolitana não teve nem tempo de comemorar a vantagem no marcador. Aos 10 minutos da segunda etapa, Luis Henrique foi derrubado na área por Lito. O árbitro Rodolpho Toski Marques assinalou o pênalti. De perna direita, Crysan chutou rasteiro e empatou para os visitantes.

O gol da vitória do Prude só saiu no fim da partida. Aos 40 minutos, Jean Lucas arriscou de fora da área e contou com a colaboração de Santos, que foi enganado pelo quique da bola.

A partida teve um público pagante de 1.681. No total, 1.915 torcedores acompanharam o duelo entre Prudentópolis e Atlético. A renda foi de R$ 47.450.

Classificação

PUBLICIDADE
Com a vitória, o Prude assumiu a segunda posição do Campeonato Paranaense, com oito pontos, um a menos que o líder Paraná Clube. O Atlético ainda não venceu na competição e soma apenas dois pontos. Em 10º lugar, o Furacão está próximo da zona do rebaixamento.

Próximos jogos

O Prudentópolis terá uma semana livre para treinar. O próximo jogo será no sábado, 18, contra o J.Malucelli, no Ecoestádio Janguito Malucelli, em Curitiba, às 17 h. O Atlético recebe o Coritiba, no domingo, 19, às 17 h, na Arena da Baixada. No mesmo local, o Furacão joga na quarta-feira, 15, às 21h45, diante do Deportivo Capiatá/Paraguai, pela última fase eliminatória da Copa Libertadores da América.

Ficha Técnica

Campeonato Paranaense- 4ª rodada

Prudentópolis 2x1 Atlético/PR

Local: Estádio Newton Agibert, em Prudentópolis

Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Cartões amarelos: César Gaúcho (Prude) Nicolas, Matheus Rossetto, Léo e Gustavo Cascardo (Atlético)
Público pagante: 1.681;
Público total: 1.915;
Renda: R$ 47.450;
Gols: Baiano, aos 6, e Jean Lucas, aos 40 do 2º tempo. Crysan, aos 11 do 2º tempo.

Prudentópolis: Edvaldo; Lito, César Gaúcho, Diego Alemão e Fabinho; Jean Lucas, Fernando Gomes, Cícero e Kairo (Matheus Oliveira); Baiano (Rai) e Wagner Líbano. Técnico: Milton do Ó.

Atlético: Santos; Léo (Gustavo Cascardo), José Ivaldo, Jacy e Nicolas; Luiz Otávio, Matheus Rossetto (Renan Paulino); Douglas Coutinho (Yago), João Pedro e Crysan; Luis Henrique. Técnico: Paulo Autuori.

Confira as fotos da partida na lente de Wesley Silva



Comentários

Enquete

Financiamento de campanha eleitoral deve ser:

  • Privado
  • Público
Resultados