Futebol / Esportes

27/01/18 - 12h39 - atualizada em 27/01/18 às 12h43

Prude estreia em casa em busca da 1ª vitória no Campeonato Paranaense

Com um ponto e na última posição do grupo B, Prude recebe o Foz do Iguaçu, neste domingo, 28, às 17 h, no estádio Newton Agibert

Rodrigo Zub, com reportagem de Elio Kohut

Último colocado do grupo B no primeiro turno do Campeonato Paranaense, o Prudentópolis estreia em casa neste domingo, 28, contra o Foz do Iguaçu. As duas equipes ainda não venceram e buscam a primeira vitória na competição. O jogo acontece às 17 h, no estádio Newton Agibert.  

A principal novidade do “Tigre” será o retorno do lateral-direito Nei, que foi expulso na primeira rodada diante do Coritiba e cumpriu suspensão automática no confronto contra o Cascavel. Um dos mais experientes do elenco com passagens pelo Internacional/RS, Atlético/PR, Paraná e Vasco, Nei é o capitão do Prude. Segundo ele, a equipe precisa vencer após somar apenas um ponto nas duas primeiras partidas realizadas fora de casa. Na primeira rodada, o Prudentópolis conseguiu arrancar um empate contra o Coxa, mas no meio de semana foi derrotado pelo Cascavel. “É importante começar a ganhar. A gente fez um bom jogo contra o Coxa, um bom primeiro tempo, tivemos muitas oportunidades contra o Cascavel e também criamos várias oportunidades, mas saímos com a derrota. Com nós somamos um ponto fora agora são três jogos em casa que vamos buscar a vitória para somar nove pontos para buscar alguma coisa no campeonato. Espero que a torcida venha junto com a gente e dá para perceber que nos jogos não falta empenho em ninguém. Foram bons jogos apesar do empate e da derrota foram dois jogos fora contra um time que é candidato a título sempre, o Coritiba, e outro na casa do Cascavel, mas a equipe está jogando bem”, salienta Nei.  

PUBLICIDADE

Maratona de jogos

Questionado sobre a maratona de jogos no início da temporada, já que o clube realizará o terceiro compromisso em sete dias, o lateral ressalta que está acostumado com o calendário do futebol brasileiro, que dificulta a recuperação física dos atletas. “Aqui infelizmente o calendário é assim você não tem tempo de recuperação. Quem foi para Cascavel, uma viagem de seis horas, em 48 horas tem que treinar e já concentrar para jogar. É o que a gente gosta de fazer, a profissão que a gente escolheu então tem que ser inteligente se preocupando com recuperação e alimentação. É complicado bate o cansaço normal pode ter certeza no final dos jogos campo pesado vai sentir um pouco. Aí que a gente tem que se inteligente ficar mais com a bola, procurar os espaços, o primeiro tempo que você está mais inteiro tentar fazer o resultado porque daí a outra equipe vai ter que correr atrás buscar se tiver atrás do placar. Aí você consegue recuperar tomar conta do jogo, tem que se inteligente para fazer essa parte”.

O treinador Júlio Sérgio também reclama do período curto de descanso que os jogadores possuem entre as partidas. “Não entendo a tabela. Tem três jogos em sequência no início da temporada onde expõe o jogador a uma série de riscos vindo de um período de inatividade, mas foi assim que ela [tabela] foi feita e nós temos que cumprir. A gente procurou medir a carga [de treinamentos] entre os jogos para que os jogadores cheguem recuperados para o jogo. A gente espera fazer uma boa estreia em casa”.

O técnico destaca que o time terá dificuldades para superar o Foz do Iguaçu, que ainda não perdeu na competição. O Azulão da Fronteira empatou contra Londrina e Toledo atuando em casa no estádio do ABC, em Foz do Iguaçu. “Todo jogo é difícil. Vamos enfrentar uma equipe bem organizada com conceitos atuais e, com certeza, vai nos criar dificuldades, a gente procurou passar não só tranquilidade, mas aquilo que a gente vai procurar fazer para ganhar a partida. Vamos esperar que a execução seja bem-feita para ganhar o jogo. É aproveitar melhor as oportunidades que nós criarmos, estamos criando bastante e não tivemos êxito nas finalizações que nos dariam uma condição mais tranquila”, analisa Júlio Sérgio.

Jogadores do Prudentópolis treinaram no estádio Newton Agibert (local da partida de domingo) na tarde de sexta-feira, 26

Escalação

Nas duas primeiras apresentações no Campeonato Paranaense, o treinador do Prude manteve a base do time titular. Para o jogo deste domingo, 28, Júlio Sérgio preferiu manter o mistério e não revelou se promoverá alterações na equipe titular. No treinamento de sexta-feira, 26, somente o volante Cícero não participou das atividades em função do desgaste muscular. Porém, ele deve ficar à disposição para a partida. O Prude deve começar o jogo com a seguinte equipe: Adilson Junior, Nei, João Paulo, Salazar e Edu Pina; Fernando Gomes, Cícero, Jefferson Paulista e Safira; Matheus Oliveira e Robinho.

Apoio da torcida

Nei e Júlio Sérgio convocam o torcedor para comparecer no estádio Newton Agibert apoiar a equipe. “A gente está andando pela cidade e fui bem recebido. Todos os lugares que tive contato com o torcedor do Prude fui bem recebido, fui apadrinhado pela cidade, estou muito feliz, então peço que todos compareçam que vamos fazer um bom campeonato e um bom jogo”, afirma Nei.

“O apoio da torcida é fundamental esperamos que ela possa jogar junto com a gente”, solicita o treinador do Prude”.

Ingressos

Os ingressos estão sendo vendidos antecipadamente no valor de R$ 30. No dia do jogo, o preço será de R$ 50. A meia-entrada destinada para estudantes e aposentados custa R$ 25.


Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados