Futebol / Esportes

10/03/13 - 21h32 - atualizada em 11/03/13 às 11h52

Prudentópolis define treinador para disputa da 2ª divisão

Joel Preisner foi anunciado como novo técnico do Prudentópolis. Treinador foi campeão da 3ª divisão com o Francisco Beltrão em 2012
Rodrigo Zub


Joel Preisner durante sua passagem pelo Vilhena/MT em 2012
Time novo e um treinador jovem que busca afirmação no futebol brasileiro. Com essa combinação, o Prudentópolis Futebol Clube irá buscar uma vaga na divisão de elite do Campeonato Paranaense 2013. No sábado, 9, a diretoria do clube confirmou o nome do novo treinador. Natural de Chopinzinho/PR, Joel Preisner, de 40 anos, terá a missão de comandar a equipe na disputa da segunda divisão, que começa em maio.

O treinador busca seu segundo acesso consecutivo no futebol estadual. Em 2012, ele comandou o Francisco Beltrão, campeão da terceira divisão. Seu último clube foi o Vila Aurora/MT. No Tigre de Rondonópolis, Preisner, dirigiu a equipe em sete jogos. Neste período ele não somou nenhum resultado positivo (quatro empates e três derrotas).

Em entrevista ao repórter Elio Kohut, Preisner, reiterou seu carinho com a torcida de Prudentópolis, cidade que já teve oportunidade de trabalhar na época de jogador. O técnico disse que estava sobrecarregado no Vila Aurora, onde desempenhava várias funções, inclusive fora do campo. Segundo ele, esse fator atrapalhou o trabalho dentro das quatro linhas. Após sua saída do time mato-grossense, Preisner destaca que recebeu convites de outras equipes paranaenses, mas afirmou que optou pelo Prudentópolis, devido sua amizade com o presidente Valdir Canini.

O treinador conta que pretende iniciar os treinamentos visando à divisão de acesso até o dia 23 de março. Até lá, Preisner espera contar com o elenco praticamente formado. O técnico diz que apresentou uma lista de contratações que estão sendo avaliadas pela diretoria do Prudentópolis. Entre os nomes cogitados, alguns deles já trabalharam com Preisner.

“Queremos montar uma espinha dorsal. Pretendemos contar com alguns jogadores que já trabalharam com a gente e estão acostumados com acesso”, afirma.

Preisner comenta que sua intenção não é formar um grupo grande. Na avaliação do treinador de 22 a 25 jogadores são suficientes para disputar a divisão de acesso. “O objetivo é formar um grupo pequeno, mas de qualidade. Vamos completar com alguns jogadores da base e atletas da região”, complementa.

Comissão técnica

Segundo Preisner até o momento não houve nenhuma conversa para definir os nomes dos outros membros da comissão técnica (massagista, roupeiro, preparador físico e auxiliar técnico).

Mudança positiva

O técnico disse que a mudança de nome da equipe, que passou de Serrano para Prudentópolis, será positiva para trazer de volta o torcedor para o estádio. Porém, Preisner lembra que a melhor forma de atrair os torcedores é montando uma equipe competitiva, que possa brigar pelo acesso à primeira divisão.

“A mudança de nome é ótima nesse momento. Utilizar o nome da cidade sempre atrai a torcida. Temos um campo pequeno e o torcedor sempre empurra. Mesmo assim, devemos lembrar que independente do nome é necessário montar um time forte”, avalia.


Comentários

Enquete

Considerando o ponto de vista da segurança pública, você concorda ou discorda da liberação da maconha?

  • Discordo
  • Concordo
Resultados