Futebol / Esportes

12/04/17 - 00h39 - atualizada em 12/04/17 às 18h31

Treinador do Iraty aponta deficiência estrutural no clube

Play de Freitas reclama da falta de material esportivo para treinamento e até da falta de água nos vestiários

Da Redação, com reportagem de Ademar Bettes, Neizinho Pepe e Tadeu Stefaniak 

Treinador Play de Freitas expôs problemas de estrutura no clube durante entrevista no programa "Show de Bola"
Mais uma vez o plantel do Iraty Sport Club está “cortando um dobrado” pelo amor à camisa, nesta temporada. O treinador Play de Freitas reclama que falta material esportivo para o treinamento dos jogadores, como os jalecos que separam as equipes nos treinos.

Em sua participação no programa “Show de Bola” de segunda-feira (10), Play afirmou que a situação foi ainda mais problemática no jogo de domingo (9), entre o Iraty e o União, disputado no Estádio Emílio Gomes: faltou até água para os jogadores beberem no vestiário durante o intervalo. Além disso, não há nenhuma suplementação, como frutas ou sucos, para os jogadores. “Os jogadores estavam tomando água da torneira, num copo com gelo”, disse.

Play aponta que a falta de suplementação durante os intervalos é sentida pelos atletas e reflete em seu desempenho no segundo tempo. “O adversário tem suplementação, tem suco, tem uma melancia, uma banana para hidratar o cara [o jogador] para voltar para o segundo tempo em condições de jogar de igual para igual”, expressa.

O treinador afirma estar chateado com a postura exercida pela diretoria do clube, que não estaria correspondendo ao empenho do setor de futebol. Play propõe que tanto a bilheteria quanto o bar do estádio fiquem a cargo do setor de futebol para que administre os recursos para pagar as despesas do esporte, como arbitragem, luz, água, entre outros.

Confira no fim de texto a entrevista do treinador Play de Freitas e a resposta do presidente Marcos Marques

Outro lado

PUBLICIDADE
O presidente do Iraty, Marcos Marques, foi o convidado do programa na terça-feira (11) e expôs seu contraponto. Segundo Marques, é feita uma programação quanto aos suprimentos para cada jogo disputado no Emílio Gomes. O presidente do clube defende que ligou para o treinador no dia anterior ao jogo para perguntar se tudo estava em ordem e Play teria confirmado. “Não tenho condição nem vou conseguir sair atrás de água, atrás de ingresso, atrás de alimentação. Ou eu faço uma coisa, ou faço outra”, diz.

Marques afirma que soube da falta de água para os jogadores no jogo de domingo (9) através das redes sociais e coloca na conta do treinador Play de Freitas a responsabilidade. “Se faltou, foi falta de planejamento de quem tem a obrigação de fazê-lo. Vejo que há uma coisa tendenciosa. [Dizer que] faltou água é uma coisa; [dizer que] não tinha água é muito forte, na minha opinião”, protesta.

Presidente do Iraty, Marcos Marques (à direita) ao lado do vice Hélio Salmon
Segundo o presidente do clube, em jogos anteriores ocorreu a situação de faltar água para os jogadores durante a partida e, mediante o aviso a ele, foi providenciado mais. Marques alega que, na partida em questão, a de domingo (9), esse tipo de aviso não chegou a ele. Já em relação à falta de repasse da arrecadação da bilheteria para o pagamento dos jogadores, Marques defende que é uma situação que está sendo resolvida internamente.

Ao ser instigado por um membro da Torcida Jovem do Iraty quanto à competência da diretoria do clube, Marques sugere que os membros da Torcida se tornem sócios efetivos do clube e, se assim o quiserem, que se candidatem à diretoria na próxima eleição.

Depois da repercussão sobre a falta de água nos vestiários no intervalo do jogo de domingo (9), Marcos Marques anunciou a proibição da entrada de terceiros nos vestiários. A entrada será restrita a jogadores, direção e comissão técnica. Entrevistas serão concedidas, “se for o caso”, do lado de fora do vestiário.

Entrevista com o presidente do Iraty- Marcos Marques

Entrevista com o treinador Play de Freitas


Comentários

Enquete

Existe no Brasil a cultura do encarceramento e isso aumenta a crise penitenciária

  • Errado
  • Certo
Resultados