Geral / Esportes

18/04/17 - 17h53 - atualizada em 18/04/17 às 18h23

Competição de futsal feminino homenageia professora da região

Em plena atividade há 35 anos, a professora Beatriz Loss foi homenageada com o nome da Copa Wisa de Futsal Feminino, que será decidida no sábado (22)

Edilson Kernicki

PUBLICIDADE
Em plena atividade há 35 anos, a professora de educação física Beatriz Loss empresta seu nome, a partir de agora, à Copa Wisa de Futsal Feminino. Uma justa homenagem: há 20 anos, a professora introduziu a modalidade na região e, desde então, obteve títulos regionais e estaduais com as equipes que coordenou. 

União da Vitória e Assifusa/Wisa decidem o título da Copa Wisa de Futsal Feminino no próximo sábado (22), às 20h, no Ginásio Agostinho Zarpellon Junior (Batatão). As equipes finalistas foram definidas na semifinal disputada em partida única no dia 8 de abril.

União e América empataram em 6 a 6 no tempo normal. União da Vitória assegurou a classificação para a final nos pênaltis, por 3 a 2.

A invicta Assifusa/Wisa confirmou o favoritismo ao derrotar o Rio Azul/Independente com uma goleada de 8 a 1. Com o resultado, a Assifusa/Wisa manteve os 100% de aproveitamento: quatro vitórias consecutivas em quatro jogos.

Homenageada

Beatriz Loss trabalha há 35 anos na área de educação física
Beatriz Loss nasceu em Ponta Grossa, em 18 de outubro de 1954, e se graduou em Educação Física pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Em 1982, decidiu viver em Fernandes Pinheiro – à época, um distrito nos domínios de Teixeira Soares – lugar que adotou como moradia.

Desde então, a professora iniciou sua atuação em colégios de Irati, Teixeira Soares e Fernandes Pinheiro. Em Irati, permaneceu durante 13 anos no Colégio São Vicente. Atuou também nos colégios Nossa Senhora das Graças, São Pedro Canísio, Antonio Xavier da Silveira e João XXIII. Em Teixeira Soares, trabalhou no Colégio João Negrão e, em Fernandes Pinheiro, lecionou por 22 anos no Getúlio Vargas, instituição que dirigiu durante seis anos.

Ao longo de sua carreira, fez questão de enfatizar que é professora e não técnica, de modo que trabalhou com diversas modalidades: vôlei, basquete, handebol e futsal. A trajetória profissional da professora Beatriz traz como lema e ideal educar e transmitir valores pertinentes à conduta social das crianças, adolescentes e jovens que estão em suas mãos.

Na vida pública, exerceu o cargo de secretária municipal de Esportes de Fernandes Pinheiro, entre os anos de 2001 a 2004.

Como técnica de modalidades esportivas, Beatriz busca ocupar o tempo livre de crianças e adolescentes, a fim de afastá-las das ruas e do trabalho infantil. No futsal feminino em específico, o que estimulou a homenagem, sua história teve início em 1997. Nos últimos 20 anos, inscreveu equipes nos Jogos Escolares do Paraná (JEPs). Nessas duas décadas, acumula participações no JEPs, em que foi vice-campeã em 1998, na fase final, em Itaipulândia; nos Jogos da Primavera; nos Jogos da Juventude e na Copa Amcespar – campeonato em que permaneceu, durante 11 anos, entre os quatro primeiros colocados – além de outras competições e torneios regionais.

Beatriz se orgulha de proporcionar aos seus alunos, através das competições esportivas, a oportunidade de tirá-los de suas comunidades para que conheçam novas realidades, outras cidades e outras pessoas.


Comentários

Enquete

Qual sua avaliação sobre a administração do prefeito Jorge Derbli?

  • Ruim
  • Razoável
  • Boa
  • Ótima
Resultados