Geral / Esportes

25/09/17 - 23h46 - atualizada em 26/09/17 às 00h45

Rebouças recebeu amistoso internacional de Futebol de Salão Clássico

Paraguai derrotou Brasil, por 5 a 2, no Ginásio Camilão, em evento que fez parte das comemorações dos 87 anos de Rebouças

Rodrigo Zub e Edilson Kernicki

Seleção Brasileira de Futebol de Salão Clássico, que atuou em Rebouças, contou com apenas três atletas acima dos 20 anos
A Seleção Brasileira de Futebol de Salão Clássico perdeu para o Paraguai, por 5 a 2, em jogo amistoso realizado no ginásio Camilão, em Rebouças, na noite de sexta-feira, 22.

Confira mais fotos da partida e entrevistas com os jogadores no fim do texto

No primeiro tempo, o Brasil sofreu o primeiro gol, mas conseguiu o empate com Marin. Depois, o time paraguaio marcou mais um gol e foi para o intervalo com a vantagem de 2 a 1. No segundo tempo, os paraguaios ampliaram a vantagem para 4 a 1. Nos minutos finais, Gabriel Schneider descontou em uma cobrança de tiro livre, mas o Paraguai fez o quinto gol logo depois e definiu a vitória por 5 a 2. Os gols paraguaios foram marcados por Arana (2), Gil (2) e Rivas.

Preliminar de futsal feminino

Antes do confronto entre Brasil e Paraguai, Rebouças venceu a equipe de Ponta Grossa, por 5 a 4, em amistoso de futsal feminino. Os dois amistosos fizeram parte da programação alusiva aos 87 anos de Rebouças. O prefeito Luiz Everaldo Zak, o vice Fábio Chiqueto e o presidente da Câmara, Ricardo Carlos Hirt Junior, estiveram presentes no ginásio acompanhando o evento.

Boa presença de público

PUBLICIDADE
Após a partida entre Brasil e Paraguai, a reportagem da Najuá conversou com o diretor da Assessoria de Esportes de Rebouças, Edimar do Carmo. Ele fez uma avaliação positiva do evento, principalmente em função da boa presença de público.

“Estamos felizes por quantas pessoas pudemos trazer para dentro do ginásio, muitas famílias, muitas crianças. Nosso objetivo era esse: fazer algo diferente, em comemoração ao aniversário da nossa cidade, de 87 anos. O resultado não veio, mas estamos felizes por tudo o que nós passamos”, afirma.

Edimar enfatizou que todo o evento atendeu às expectativas da organização e saiu dentro do planejado. “Estamos felizes porque o público veio. O povo reboucense e da região gosta mesmo de futebol. Estou muito feliz mesmo, independente do resultado. O trabalho de um mês, foram dias sem dormir, mas acho que valeu a pena, por todo o povo que compareceu. Rebouças está de parabéns. Eu, que nasci aqui e vivi aqui até meus 12 anos, depois saí para jogar e voltar agora e poder fazer parte da Assessoria de Esportes e trabalhar por Rebouças é gratificante”, acrescenta.

Goleiro lamenta atuação ruim da defesa brasileira

Paraguai
O goleiro Danilo, que atuou o primeiro tempo pela Seleção Brasileira, destacou que o time teve um desempenho ruim defensivamente. Ele também falou sobre sua carreira e como está sendo desenvolvido o Futebol de Salão Clássico no País.

“Fizemos uma partida defensivamente muito ruim hoje e isso refletiu no placar. Ontem [quinta-feira, 21], embora tivéssemos tido também uma apresentação defensiva abaixo da média, mas ofensivamente fomos muito bem. E hoje, o diferencial para a derrota foi exatamente esse: nosso ataque não funcionou como vinha funcionando e a defesa não funcionou bem. Os goleiros, eu no 1º tempo trabalhei bastante, o Felipe, no 2º, também. Muita situação de contra-ataque e de conseguirem finalizar quase que sem goleiro. Esse é um problema que precisamos corrigir para o jogo de amanhã [sábado, 23], senão teremos dificuldades de novo”, analisa.

Sobre a experiência de jogar o Futebol de Salão Clássico em cidades pequenas, onde a modalidade é tratada como novidade a ser apresentada, o goleiro avalia que a receptividade tem sido muito boa. Danilo afirma que compreende as vaias da torcida ao final do jogo, diante do desempenho da seleção e da pouca familiaridade que as pessoas de cidades menores possuem com a modalidade esportiva.

Próximas competições da Seleção de Futebol de Salão Clássico

Antes do amistoso internacional, Rebouças venceu Ponta Grossa em jogo de futsal feminino
A seleção se prepara para disputar o Sul-Americano adulto. Boa parte do elenco que representou a seleção em Rebouças integra o Sub-20, que também deve participar de um Campeonato Sul-Americano em breve. Os próximos amistosos devem ser disputados pela equipe principal, de acordo com o goleiro.

“Até o final do ano devem ser confirmados outros amistosos. Tivemos uma sequência de amistosos contra a Argentina, na Argentina; existe uma possibilidade de que eles venham para cá. Ainda não temos um calendário definido até o fim do ano, mas seguimos na preparação. Sabemos que até o final do ano teremos alguns amistosos para chegarmos ao Sul-Americano, em janeiro”, comenta.

Danilo acredita que, ainda que a divulgação do esporte no Brasil seja tímida, a seleção possui boas chances de, no Sul-Americano, buscar uma vaga para o Mundial e brigar por uma boa colocação e até mesmo pelo título.

Natural de Cascavel, atleta do Brasil atua no futsal belga

O ala Gabriel Schneider disse que a derrota serve de lição para a equipe que havia vencido o mesmo adversário, por 9 a 8, no dia anterior em Telêmaco Borba.

“Ontem, obtivemos uma boa vitória, 9 a 8, sobre a equipe deles e acho que subiu um pouquinho à nossa cabeça. Entramos com ‘salto alto’, entramos desequilibrados no jogo. Tivemos erros bobos e acontece; acho que serve de aprendizado. Amanhã, acredito que estaremos mais concentrados para não acontecer isso aí”, diz o cascavelense, que atua pelo Selaklean Thulin, na Bélgica desde julho.

PUBLICIDADE
Gabriel Schneider ainda joga o Futsal regular e está em fase de adaptação ao Clássico – a convocação para a seleção de Futsal Clássico é sua primeira experiência com a modalidade. “Na Bélgica, tenho bastante dificuldade com a língua, a comunicação e aqui, na seleção, facilita muito isso, então estou aprendendo rápido e estava com muita saudade de sentir o calor da torcida do Brasil, que é diferente. Para mim, está sendo muito válido, um ótimo aprendizado”, compara.

O ala considera que a divulgação da modalidade tem tudo para crescer no Brasil, onde já foi, inclusive, formada uma liga do esporte. “Essa organização da CFSB (Confederação de Futebol de Salão do Brasil – Futebol de Salão Clássico) está indo para a frente. Eles estão cumprindo seu papel fora da quadra, mas acho que é uma junção de coisas. Dentro de quadra temos que ajudar também e hoje, infelizmente, não ajudamos. Acho que está sendo válido e tem tudo para crescer e se tornar uma modalidade bastante incentivada e praticada, como é o futsal brasileiro, que é o maior do mundo”, opina.

Brasil fecha série de amistosos com 4 vitórias e 1 derrota

A única derrota do Brasil para o Paraguai na série de amistosos no Paraná aconteceu em Rebouças. Na quinta-feira, 21, o Brasil derrotou o Paraguai, por 9 a 8, em Telêmaco Borba. No sábado, 23, o time comandado por Celso Versolato Marques voltou a derrotar o rival, por 3 a 2, em jogo disputado no ginásio Romeu Neves, em Teixeira Soares. Já no domingo, 24, a Seleção Brasileira ganhou pelo placar de 3 a 1, em Nova Santa Rosa. Nesta segunda-feira, 25, o resultado de 3 a 1 para o Brasil se repetiu no ginásio Lolo Cleve, em Pitanga.

Ficha Técnica: 

Brasil 2x5 Paraguai

Amistoso Internacional de Futebol Clássico

Data: 22/09/2017

Local: Ginásio Camilão em Rebouças

Gols do Brasil: Marin e Gabriel Schneider

Gols do Paraguai: Arana (2), Gil (2) e Rivas.

Árbitro 1: Leonardo Moura (Brasil)

Árbitro 2: Christian Lagaiete (Paraguai)

Brasil: Danilo, Neto Caraúbas, Gabriel Schneider, Marin e Kelwin. Entraram ao longo da partida: Luis Felipe (goleiro), Rafael Quintilliano, Ronison, Guilherme e Ruan. Técnico: Celso Versolato Marques.

Paraguai: Davatas, Arana, Rivas, Rotela e Gil. Entraram ao longo da partida: Chamada, Sato, Medina e Brittes. Técnico: Andréas Bogado

Fotos: Rodrigo Zub

Entrevista com o diretor da assessoria de Esportes de Rebouças, Edimar do Carmo

Entrevista com o goleiro Danilo

Entrevista com Gabriel Schneider 

Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados