Irati e Região / Notícias

15/02/17 - 17h35 - atualizada em 15/11/17 às 11h34

Conjunto de obras na Alexandre Pavelski terá nova licitação

Pavimentação da rua estava sob responsabilidade da Construtora Tangará; a situação é a mesma do asfalto no conjunto Santos Dumont

Edilson Kernicki, com reportagem de Paulo Sava e Rodrigo Zub

PUBLICIDADE
Cerca de um ano e meio depois da assinatura da ordem de serviço para o conjunto de benfeitorias de recuperação da manta asfáltica das ruas Dona Noca e Alexandre Pavelski, a conclusão ficou comprometida por um entrave jurídico. A vencedora da licitação para executar o asfalto da via é a Construtora Tangará, cujo proprietário é o prefeito de Irati, Jorge Derbli. A situação é a mesma enfrentada pelas obras no Santos Dumont.

OBS: Confira a entrevista completa sobre o assunto no fim deste texto

A ordem de serviço para a obra foi assinada em setembro de 2015, mais de um ano antes das eleições, pelo ex-prefeito Odilon Burgath. O projeto representava um investimento inicial de R$ 563.523,35 – repasse de R$ 493.100 do Ministério das Cidades e contrapartida de R$ 70.423,35. A reprojeção da galeria pluvial da Rua Alexandre Pavelski fez a contrapartida municipal subir para a ordem dos R$ 270 mil.

Pavimentação na rua Alexandre Pavelski depende de nova licitação
Os serviços de pavimentação, drenagem, recomposição de pavimento, sinalização, fresagem, urbanismo e passeio nas Ruas Dona Noca e Alexandre Pavelski visam a constituir uma ligação entre a Rodoviária e a BR-153, para melhorar o fluxo dos ônibus intermunicipais. O trecho da Rua Dona Noca, entre a Praça Edgard Andrade Gomes e a Rua Alexandre Pavelski, já está concluído.

Ao longo do ano de 2016, a Construtora Cathio Ltda., também de Irati, executou as galerias pluviais da Alexandre Pavelski, que precisaram ser reprojetadas para melhorar a vazão da água, a fim de prevenir futuros alagamentos e a própria degradação da manta asfáltica pela erosão. Ainda resta a etapa da pavimentação.

Vitório Sergio Menon- Um dos fiscais da obra na rua Alexandre Pavelski
Vitório Sergio Menon, que mora na Rua Alexandre Pavelski desde 1989, integra a comissão de fiscalização da obra. A constituição dessa comissão era um fato, até então, inédito na gestão pública iratiense e uma recomendação do Ministério das Cidades, como iniciativa de gestão transparente e participativa. Menon frisa que a fiscalização da comunidade numa obra desse tipo é importante até mesmo para orientar os empreiteiros sobre a localização de tubulações, por exemplo.

Menon foi quem indicou ao ex-prefeito a necessidade de, antes de aplicar uma nova capa asfáltica, refazer a galeria pluvial, que era composta de pneus. A galeria foi refeita, com tubos de concreto, com diâmetros que variam de 40 a 80 cm, ao longo da extensão da rua, entre a BR-153 e a Rua Conselheiro Zacarias.

O membro da Comissão de Fiscalização indica valores atualizados da obra a ser executada, repassados pela secretária de Planejamento, Rozenilda Romaniw Barbara: o total seria de R$ 431.020,29; com investimento de R$ 350 mil, do Ministério das Cidades e contrapartida municipal, da qual já foi realizado o aporte de R$ 43.352. Com o recálculo da contrapartida, restam mais R$ 33.881,00, perfazendo um total de R$ 77.274,07.

As obras paradas devem ser novamente licitadas ainda em fevereiro para que sejam retomadas a partir de março, conforme informado pela secretária Rozenilda ao membro da Comissão de Fiscalização das obras na Rua Alexandre Pavelski.

Mais fotos da rua Alexandre Pavelski



Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados