Irati e Região / Notícias

04/10/13 - 02h19 - atualizada em 05/10/13 às 12h22

Empresa de colchões pode se instalar em Irati em 2014

“Há uma chance muito forte de termos uma empresa de colchões já no início de 2014”, disse o prefeito Odilon Burgath durante participação no programa “Meio Dia em Notícias”
Rodrigo Zub


Em meio à “disputa” para receber o investimento de R$ 140 milhões previsto para a construção da nova fábrica da empresa de laticínios Tirol, o prefeito de Irati, Odilon Burgath (PT), relatou durante participação no Programa “Meio Dia em Notícias”, que uma empresa do ramo de colchões pode ser instalada no município em 2014.

Questionado sobre as formas de atrair indústrias e gerar empregos por meio do Programa “Poupatempo do Empreendedor”, proposta de campanha do Partido dos Trabalhadores (PT), Odilon disse que os primeiros passos para concretização do projeto já foram dados.

O prefeito relatou que uma das medidas foi transferir as instalações da secretaria de Indústria e Comércio para o prédio da Associação Comercial e Industrial de Irati (ACIAI). Desta forma, Odilon entende que o empreendedor terá facilidade para retirar a documentação e dar andamento ao seu próprio negócio. Ele também citou que o município fechou uma parceria com o Sebrae para capacitar os empreendedores e destacou que o Programa Iratiense de Desenvolvimento Econômico (Progride) já foi instituído. A ideia do Progride é auxiliar as indústrias que tenham interesse de montar um negócio em Irati. “Queremos auxiliar não só no regime de concessão de terreno, mas também na matéria-prima utilizada, que seja de preferência daqui”, comenta.

Para atrair novas indústrias, Odilon diz que o município deverá utilizar a capacidade de endividamento para aquisição de novas áreas e extensão do condomínio industrial. Ele afirma que o município já proporcionou a readequação do condomínio industrial da Vila São João, com a colocação de cascalho e reparos das vias de acesso.

Tirol

O prefeito também destacou que o executivo possui um projeto pronto e formatado para vinda de outras empresas do ramo de laticínios, caso a Tirol optar em instalar a unidade em outro município. Perguntando sobre a vinda da empresa com sede em Treze Tílias/SC, Odilon relatou que ficou sabendo através da imprensa que existe um encaminhamento para que o investimento seja confirmado em Ipiranga, mas reiterou que ainda não há nada oficial neste sentido. “Fomos à sede da empresa e reforçamos a proposta. A decisão é da empresa junto com a Secretaria de Indústria e Comércio do Paraná”, afirmou.

"Irati precisa receber um grande investimento"

Odilon encerrou sua explanação sobre industrialização, mencionando que a administração municipal precisa mostrar ao governo do Estado, que Irati precisa receber um grande investimento. “O Paraná Competitivo [programa do governo estadual] não pode ficar sem nenhuma indústria numa cidade polo como a nossa”, declarou.

Proposta de campanha

A criação de um “Conselho Municipal Desenvolvimento Econômico” foi outro item debatido por Odilon durante a campanha eleitoral. Nas explicações da proposta, ele defendia a oferta de assessoria técnica e jurídica para encurtar o tempo de abertura de um novo negócio e também mencionava a possibilidade da criação de um centro de formação profissional com um banco de dados que facilitaria as contratações. Através do Conselho seriam definidos os rumos para o setor.

Odilon levantou ainda a necessidade de atrair indústrias que aproveitem a mão de obra que está sendo gerada pelos cursos profissionalizantes já existentes. Ele citou ainda a necessidade de estruturar barracões para quem quer atuar na indústria de móveis. Falou também em gerar mais empregos com o funcionamento da estrada de ferro que passa na região e a criação de um porto seco na região de Engenheiro Gutierrez. A implantação de um mercado regional da Ceasa também foi citada na proposta.

Comentários

Enquete

Qual sua avaliação sobre a administração do prefeito Jorge Derbli?

  • Ruim
  • Razoável
  • Boa
  • Ótima
Resultados