Irati e Região / Notícias

06/12/17 - 17h30 - atualizada em 06/12/17 às 17h48

Ex-vice-prefeito, padre e psicóloga recebem títulos de Cidadão Honorário de São Mateus do Sul

Solenidade de outorga dos títulos foi realizada no Plenário da Câmara de Vereadores no dia 30 de novembro

Da Redação, com informações da Assessoria da Câmara 

Três ilustres representantes da comunidade são-mateuense foram contemplados com títulos de cidadania honorária durante solenidade realizada no Plenário da Câmara de Vereadores de São Mateus do Sul no dia 30 de novembro. O ex-vereador e ex-vice-prefeito Belmiro Silva Lemes; o padre Silvano Surmacz e a psicóloga Marly Terezinha Perreli.

Nascida em São João do Triunfo, a psicóloga atua na cidade de São Mateus do Sul há 27 anos. É casada com Mozart Tosin e mãe de dois filhos. Formada em Psicologia em 1990, especializou-se em Educação Especial e cursou mestrado e doutorado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Hoje, a profissional atende em seu consultório particular, é docente na Universidade do Contestado (UnC) e é representante setorial do Conselho de Psicologia na região sudoeste.

PUBLICIDADE
Marly também já desempenhou importante função em meio a duas grandes tragédias. Primeiro, na Missão de Paz no Haiti, quando ocorreu um terremoto que devastou o País que lidava com conflitos políticos. Depois, prestando assistência a familiares e amigos de vítimas e a jornalistas que trabalharam na cobertura do desastre aéreo do Voo LaMia 2933, em que morreram 71 pessoas, entre tripulantes, jornalistas, convidados e atletas, equipe técnica e diretoria da Chapecoense. A tragédia completou um ano no dia 29 de novembro.

Ex-vice-prefeito, padre e psicóloga receberam títulos de Cidadão Honorário de São Mateus do Sul

A psicóloga homenageada com a outorga do título crê na capacidade do ser humano em ser solidário e ajudar a si mesmo e a seu semelhante. Marly atribui à Psicologia a possibilidade de auxiliar as pessoas a compreenderem seu inconsciente e ajudá-las a seguirem em frente para serem felizes. A indicação para o título de cidadã honorária foi sugerida pela vereadora Fernanda Sardanha.

Ex-vice-prefeito Belmiro da Silva Lemes foi um dos homenageados com o Título de Cidadão Honorário
O agricultor Belmiro da Silva Lemes nasceu em 26 de novembro de 1924 na localidade de Água Amarela de Cima – completou 93 anos. Teve uma infância humilde, ao lado de outros 11 irmãos, e cresceu na roça, onde trabalhou no cultivo de feijão e milho.

Em 1996, candidatou-se a vice-prefeito, na chapa composta em parceria com o atual prefeito Luiz Adyr. A chapa foi eleita com 9.640 votos do total de 19 mil votantes na época. Ao longo de seu mandato, foi responsável pela manutenção das estradas do interior e é considerado como o único vice-prefeito com atuação direta ao lado do prefeito.

O padre Silvano Surmacz nasceu em Rio Azul e cresceu em uma família humilde, com grandes sacrifícios. No ano de 1984, acolheu a vocação sacerdotal, quando decidiu entrar no seminário. Seis anos mais tarde, em 8 de dezembro de 1990, foi ordenado padre. O sacerdote se formou em Filosofia e Teologia e, depois, fez mestrado em História da Filosofia, na Pontifícia Universidade São Tomás de Aquino, em Roma.

Pertencente à ordem religiosa dos padres diocesanos, o padre Silvano permaneceu nove anos e três meses à frente da Paróquia São Mateus, em São Mateus do Sul, como pároco. Em abril do ano passado, tomou posse como pároco na Catedral Sagrado Coração de Jesus, na Diocese de União da Vitória.

Figura querida da cidade de São Mateus do Sul, o padre é lembrado por toda a comunidade pelo grande trabalho desempenhado no comando da paróquia e, sobretudo, pelo trato afetuoso e sincero, que conquistou o respeito e a admiração dos fiéis da igreja católica e mesmo das igrejas evangélicas, onde teve livre trânsito, por consideração e estima que obteve junto à comunidade.

PUBLICIDADE

Padre Silvano Surmacz atuou durante nove anos e três meses à frente da Paróquia São Mateus

Marly Terezinha Perreli trabalhou na Missão de Paz no Haiti e também auxiliou familiares das vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense

Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados