Irati e Região / Notícias

07/02/17 - 23h48

Gestão de Strassmann como provedor transforma a Santa Casa de Irati

Em dez anos, a provedoria do hospital trocou o caráter individual pelo senso de coletividade, humanizando a relação entre funcionários, pacientes e acompanhantes

Germano Strassmann comandou a Santa Casa entre os anos de 2006 e 2016
Há dez anos a empresa Óleos Irati sofria com um incêndio em suas dependências. Enquanto bombeiros, funcionários e alguns diretores resolviam este problema, um de seus proprietários tomava posse como provedor da Santa Casa. Germano Strassmann naquele dia assumia o compromisso voluntário de cuidar e gerir o hospital de Irati, com o objetivo principal de humanizar a relação entre funcionários, pacientes e acompanhantes.

Nessa proposta, a gerência do hospital trocou o caráter individual pelo senso de coletividade, ao substituir o “eu” pelo “nós”, na tomada de decisões e na responsabilidade pelos percalços e também pelas grandes vitórias ali conquistadas neste período. Essa transformação permitiu que o hospital atenda hoje 5 mil pacientes por mês, com uma circulação de 15 mil pessoas que adentram a Santa Casa recebendo atenção e carinho.

Em todos os acontecimentos, desde os problemas mais graves que pediam por solução, até os momentos de descontração promovidos pela equipe, como feiras e eventos, Germano Strassmann sempre se demonstrou presente e participativo. Assim, conquistou a confiança e a admiração de todos que fazem parte da instituição. Muitos desses passaram a fazer parte do seu dia a dia familiar e se tornaram amigos para toda a vida.

PUBLICIDADE
As mudanças promovidas nestes últimos dez anos são notadas pela sociedade local, regional e até mesmo em nível estadual. O crescimento significativo da estrutura física, a melhoria na aquisição de novos equipamentos, a qualidade e organização dos fluxos de atendimento. Estão são as marcas que resultam na satisfação dos usuários, que transformaram o hospital de Irati numa referência estadual, com o crescimento da demanda regional em função do fechamento de hospitais nas cidades do entorno de Irati.

Apoio social e político

Para isso, Strassmann sempre contou com o apoio da Irmandade do Hospital, Associação dos Amigos da Santa Casa de Irati, sociedade organizada como ONGs, associações, empresários, clubes de serviço, vereadores, prefeitos, secretários municipais de saúde, 4ª Regional de Saúde, Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS/Amcespar), prestadores de serviços terceirizados - como o Laboratório Vitalle e a Clínica Renal de Irati – e, finalmente, a comunidade em geral.

PUBLICIDADE
A imprensa também teve um papel de destaque em todas as ações realizadas, bem como a participação do presidente do Conselho Deliberativo, Luiz Antonio (Ico) Andreassa que foi muito importante em várias realizações.

Nas estratégias para reposicionar a Santa Casa como referência, Germano Strassmann ressaltou a função dos administradores Sidnei Barankievicz e Francine Ferreira, e toda a equipe unida, e investiu maciçamente na qualificação dos profissionais com centenas de treinamentos, cursos, protocolos, que valorizaram os colaboradores, desde o setor de higiene hospitalar até o setor administrativo. A qualificação profissional sempre contou com participação e apoio do corpo clínico e socorristas do Corpo de Bombeiros, Caminhos do Paraná, Secretarias Municipais e Polícia Civil e Militar.

O dom político de Strassmann foi outro componente essencial para as conquistas que a instituição acumulou ao longo da última década. Durante sua gestão, todos os deputados, senadores e governadores foram visitados, procurados e provocados a participar do dia a dia e colaborar com as necessidades.  Desta forma, a Santa Casa abriu as portas para todos os partidos, e conseguiu receber recursos de muitos políticos, para a ampliação e melhoria dos atendimentos.

Entre as forças políticas colaboradoras da gestão de Germano, se destacam em especial os secretários de Estado da Saúde: Claudio Xavier, Gilberto Martins e Michele Caputo Neto, bem como dos deputados que contribuíram através de emendas parlamentares: Artagão Junior, Nelson Justus, Dr. Felipe Lucas, Evandro Rogério Roman, Valdir Rossoni, Eduardo Sciarra, Dilceu Sperafico, Cida Borgheti, Zeca Dirceu, Hidekazu Takayama, Luciano Ducci, Leopoldo Meyer e Leandre Dal Ponte. A Santa Casa pôde contar, ainda, com emendas do senador Álvaro Dias.

Ambiente acolhedor

PUBLICIDADE
Uma peculiaridade de Strassmann foi a de sempre tentar tornar a Santa Casa mais bonita e aconchegante, para que os pacientes e familiares pudessem se sentir mais acolhidos, mesmo nos momentos de dor. Sempre prezou pelo capricho com os jardins, as flores, os móveis, a pintura das paredes, até que entregou para o próximo provedor, Dr. Ladislao Obrzut Neto, uma nova Santa Casa, que deverá em breve ser inaugurada. Muito mais ampla e confortável para todos.

Prezando sempre pelo compromisso assumido como provedor, conseguiu com a ajuda da equipe cumprir com todas as metas pactuadas com os Governos Estadual e Federal. O resultado se contabiliza principalmente nos últimos quatro anos: além de todo o atendimento de urgência e emergência, foram realizadas mais de 4.800 cirurgias eletivas e mais de 28 mil consultas eletivas.

Strassmann permanece no Conselho Administrativo, como vice-provedor. E com isso, segundo a equipe de colaboradores, existe a certeza de que Germano Strassmann ainda dedicará muito do seu tempo para a instituição que hoje faz parte da sua vida.

Realizações do período 2006 a 2016 da Santa Casa de Irati

- Criação e reestruturação das UTIs Adulto e Neonatal;

- Ampliação da Clínica de Hemodiálise;

- Reforma de toda a estrutura física;

- Construção da Capela;

- Melhoria de todos os leitos;

- Construção de novos apartamentos;

- Construção do novo Centro Cirúrgico;

- Construção da Central de Materiais;

- Construção do Ambulatório;

- Ampliação do Alojamento Conjunto (maternidade);

- Ampliação do Pronto Socorro;

- Ampliação da recepção;

- Implantação do Projeto de Incêndio (aprovado com recursos já disponíveis em conta corrente), incluindo a reforma da ala de internamentos do Posto Central (enfermarias) e ala de internamentos do Alojamento Conjunto;
- Construção do Centro Administrativo;

- Reestruturação de todos os equipamentos hospitalares como camas elétricas, Raio X, tomografia, Ecocardiograma, Mamografia, Endoscopia, Monitores Multiparâmetros, respiradores pulmonares, incubadoras, aparelhos de anestesia, camas e focos cirúrgicos, aparelhos para vídeo cirurgias e instrumentais cirúrgicos;

- Implantação do Laboratório de Análises Clínicas.


Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados