Irati e Região / Notícias

26/06/13 - 11h32 - atualizada em 26/06/13 às 23h11

Mobilidade urbana foi tema da segunda manifestação nas ruas de Irati

Manifestantes pediram melhorias no transporte público do município
Rodrigo Zub


A mobilidade urbana foi o tema da segunda manifestação realizada em Irati, em apoio aos protestos que estão ocorrendo nos últimos dias em todo o Brasil. Segundo dados da Polícia Militar, aproximadamente 350 participam da mobilização, que teve início na Praça da Bandeira e foi encerrada em frente à câmara municipal.

Durante o trajeto os manifestantes fizeram um minuto de silêncio e cantaram o hino nacional diversas vezes. O tempo ruim novamente não foi empecilho para que as pessoas pudessem expor seus pedidos e reivindicações. Dessa vez, as solicitações tiveram como foco o transporte público de Irati.

Organizador do protesto, o estudante, Leonardo Campos, disse que as principais reivindicações dos manifestantes são a melhoria na qualidade da frota de ônibus, meia passagem para estudantes e que o transporte seja disponibilizado em todos os bairros da cidade. Leornardo argumenta que alguns moradores de Irati não têm acesso ao transporte público, pois não disponibilizadas linhas de ônibus nos locais onde residem.

Em cada rosto dos iratienses, pode se observar um problema, um pedido, uma indignação da população. Do menino ao adulto, todo mundo aproveitou a oportunidade para expor suas reivindicações. O adolescente Guilherme Matias Harmuch, de 14 anos, disse a reportagem do Jornal Hoje Centro-Sul, que sua principal reivindicação é a estrutura pública. Já a manifestante, Sônia Maria Selberg, de 51 anos, comentou que a manifestação não tem objetivos políticos. “Não é uma luta de um partido político. É uma luta de um povo que não aguenta mais”, confirmou.

Leonardo relatou ao Hoje Centro-Sul, que o grupo de manifestantes pretende elaborar uma pauta de discussão para manter um diálogo constante com os órgãos públicos.

Essa foi o segundo protesto realizado nas ruas de Irati. Na quinta-feira, 20, nem mesmo a chuva tirou o ânimo dos manifestantes que promoveram a marcha dos guarda chuvas. De acordo com a PM, cerca de 500 pessoas participaram da manifestação.

Fotos: Jornal Hoje Centro-Sul

{album}

Comentários

Enquete

Considerando o ponto de vista da segurança pública, você concorda ou discorda da liberação da maconha?

  • Discordo
  • Concordo
Resultados