Irati e Região / Notícias

29/11/18 - 10h17 - atualizada em 02/12/18 às 10h03

"Teatro é algo de primeira necessidade”, afirma Denise Stoklos

Atriz retorna a Irati e celebra seus 50 anos de carreira com o Festival Internacional Denise Stoklos (FIDS) de Solo Performance

Da Redação, com reportagem de Paulo Henrique Sava 


“O mais importante é essa união com aqueles que estão estudando essa linha e estão também trazendo seus trabalhos e suas oficinas. Essa é uma das partes mais fortes do Festival, além do interesse enorme da população em ver teatro. Em qualquer lugar do mundo, teatro é algo de primeira necessidade”, define a atriz Denise Stoklos, ao avaliar sua trajetória artística e falar sobre o Festival Internacional que leva seu nome e que iniciou na terça (27), em Irati. O Festival reverencia e revisita cinco décadas de carreira da criadora do Teatro Essencial.

“Vamos fazer, nos primeiros dias, apresentações de atores profissionais com longa carreira. Mas vai ter também uma mostra paralela de estudantes dessa área do teatro, que chamo de Teatro Essencial – um teatro que é feito com o mínimo de recurso e o máximo de teatralidade”, diz.

Confira o áudio completo da entrevista concedida por Denise a nossa reportagem no fim do texto

PUBLICIDADE

No Festival Internacional Denise Stoklos (FIDS), os artistas interagem com o público de maneiras diversas, para além do teatro em si. “Também teremos palestras depois das apresentações, nos dias seguintes, oficinas, aulas daquilo que mostramos no palco. Teremos, ainda, mostra de vídeo, com vídeos inéditos da minha carreira e também da dramaturga e bailarina Pina Bausch, a alemã que modificou toda a história da cena do corpo. Achamos muito pertinente que estivesse a arte dela presente neste festival”, afirma.

Denise também justifica a razão de ministrar uma oficina de teatro para crianças em Irati, durante o Festival. “Como eu tenho a referência daqui, de criança, querer fazer teatro em Irati e não ter onde, por não ter teatro, não ter onde estudar teatro. Essa foi uma maneira de provermos às crianças de hoje de Irati, que ainda não tem teatro, para recolherem alguma informação deste Teatro Essencial, que é feito apenas com a presença do ator, da criança”, descreve. A oficina, voltada a crianças de sete a dez anos, foi realizada nesta quarta (28), no Clube do Comércio.

“Está havendo também transporte de Curitiba a Irati e de Irati a Curitiba para que as pessoas possam vir da capital também para presenciar esses espetáculos importantíssimos que vão ser apresentados no Auditório Denise Stoklos, na Unicentro, e no Clube do Comércio”, acrescenta.

PUBLICIDADE

O Festival Internacional Denise Stoklos também instalou um palco aberto da Rua da Cidadania. Segundo a atriz, a iniciativa serve para abranger aqueles artistas que não tiveram tempo para se preparar ou de incluir suas apresentações no Festival para que aproveitem o espaço público e mostrem sua arte, sua expressão. “É para fazerem o que quiserem. Se quiser ir lá para reclamar do governo ou do vizinho, pode ir lá, subir no palco e fazer sua contestação. Porque teatro é sempre político; então, está aí também uma oportunidade para o iratiense e para nossos visitantes”, diz.

Denise relata que a ideia foi inspirada no tempo em que ela estudou em Londres, na Inglaterra, onde fica o Hyde Park. O local é famoso por permitir a qualquer cidadão se expressar livremente sobre qualquer assunto – só não pode criticar a Família Real nem o governo inglês. Segundo a tradição, seus pés não podem tocar o solo inglês, por isso, os discursos são feitos sobre caixotes ou cadeiras. O Palco Aberto, em Irati, estará disponível para quem quiser, das 12 às 13h. No espaço, podem ser declamadas poesias ou serem feitas manifestações individuais.

“É um parque maravilhoso, que tem uma esquinazinha, a ‘Esquina da Fala Livre’ [Speakers’ Corner], onde cada um pode ir, subir num degrauzinho e falar o que quiser. Nenhum guarda ou polícia pode prender ou impedir. Espelhados nisso, trouxemos para cá a mesma ideia”, conta.

PUBLICIDADE

A artista agradece o apoio da Prefeitura de Irati, da Academia de Letras, Artes e Ciências do Centro-Sul (ALACS) e de outros parceiros que viabilizaram a realização do Festival. “Está revestido de muito amor, o evento todo”, conclui.

Mostra Oficial FIDS

Além de Denise Stoklos, a Mostra Oficial FIDS receberá convidados como Júlio Adrião, do Rio de Janeiro; Ederson Miranda, de São Paulo; Diego Starosta, de Buenos Aires, na Argentina e Daniela Biancardi, de São Paulo. Em comum, todos são artistas com formação sofisticada e vasto currículo, com experiências em palcos nacionais e internacionais e espetáculos consolidados por mais de dez anos de palco.

Os artistas escolhidos para integrarem a programação têm, em comum, a experiência profissional alinhada com formação e propostas conceitualmente inovadoras em suas áreas de atuação. Os espetáculos percorrem temas que vão desde a história, a comédia, a cultura e a sociedade, até o conhecimento, o metateatro e a mitologia, por exemplo. O ponto de intersecção entre esses temas é o desejo de despertar a consciência crítica que leva o espectador a se confrontar com suas próprias experiências.

PUBLICIDADE

Exposição

Em comemoração aos 50 anos de carreira da artista iratiense, Denise Stoklos apresenta ao público uma exposição com acervo, arquivos e documentos do Centro de Documentação da Unicentro, que narram sua trajetória nos palcos. A exposição reunirá fotos, vídeos, reportagens, manuscritos, cartazes de divulgação de peças e materiais diversos, como troféus e figurinos usados em cena.

A exposição vai acontecer na antiga sede da Prefeitura de Irati, na Rua Coronel Emílio Gomes, 13, em frente à atual sede da Prefeitura e ao lado do Corpo de Bombeiros.

A programação completa do Festival está disponível em www.fidsfestival.com.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá.

Ouça abaixo a entrevista completa com Denise

Comentários

Enquete

Considerando o ponto de vista da segurança pública, você concorda ou discorda da liberação da maconha?

  • Discordo
  • Concordo
Resultados