Ouvinte Repórter / Notícias

25/01/18 - 00h35 - atualizada em 25/01/18 às 00h48

Morador de Itajaí (SC) viaja até Irati para tentar encontrar mãe biológica

Anderson Luís Alves da Silva Souza está em Irati em busca de informações sobre o paradeiro da mãe biológica, Ilaíde José Rodrigues, também conhecida como Cléia

Da Redação, com reportagem de Rodrigo Zub e Paulo Sava 

O morador da cidade de Itajaí, no litoral catarinense, Anderson Luís Alves da Silva Souza, está em Irati, de férias, em busca de informações sobre o paradeiro de sua mãe biológica, Ilaíde José Rodrigues, também conhecida como Cléia, que atualmente deve ter aproximadamente 50 anos.

Anderson tem 34 anos e foi adotado por Terezinha Alves da Silva Souza. Ele trabalha com reforma de contêineres em Itajaí e aproveitou as férias para viajar a Irati em busca de reencontrar sua mãe biológica e seus familiares.

Nesta quarta-feira (24), Anderson participou do quadro “Voz do Povão” do programa Meio Dia em Notícias, nos estúdios da Super Najuá FM 92,5, para reforçar o apelo a quem tiver informações que ajudem esse reencontro a acontecer. Anderson já havia entrado em contato com a emissora há alguns meses, através de mensagem no facebook. Uma matéria chegou a ser postada no site e nas redes sociais da Najuá. Porém, nenhuma informação sobre o paradeiro de Ilaíde foi repassada.

PUBLICIDADE

Segundo o relato de Anderson, ele já era cuidado pela mãe de criação, Terezinha, desde muito pequeno. Aos dois anos, sua mãe biológica, por alguma razão que ele não soube explicar, precisou ir embora e o deixou aos cuidados de Terezinha, que, por sua vez, mudou-se para Telêmaco Borba e, depois, para Itajaí, em Santa Catarina.

“Não tenho ideia de onde ela esteja; vim com a cara e a coragem, apenas com a nome dela, para encontrá-la. E, caso não a encontre, ao menos algum parente. Acredito que minha avó ainda more aqui, se estiver viva”, afirma.

Anderson vai passar alguns dias na região, entre Irati e Ponta Grossa, onde vai se hospedar na casa da avó de sua esposa, antes de retornar a Itajaí. “Um dos meus objetivos para 2018 é encontrar alguém da minha família”, deseja.

Quem tiver qualquer informação que ajude Anderson a reencontrar sua mãe biológica ou seus familiares, pode entrar em contato através do Whatsapp: (47) 9-8890-2356.

Depois de tentar localizar mãe através do Facebook, Anderson veio pessoalmente até Irati e visitou Rádio Najuá em busca de informações sobre Ilaíde José Rodrigues

Comentários

Enquete

Você votaria em Lula para presidente em 2018?

  • Não
  • Sim
Resultados