Ouvinte Repórter / Notícias

29/01/18 - 15h47 - atualizada em 29/01/18 às 16h19

Moradora pede alargamento de rua na área central de Irati

Trecho de 54 metros da Rua Luiz Fernando Gomes não tem sequer espaço para tráfego de automóveis

Da Redação

A ouvinte Irene de Oliveira, moradora do centro de Irati, procurou a reportagem da Najuá para solicitar alargamento da Rua Luiz Fernando Gomes, que fica nas proximidades do Morro da Santa.

Segundo Irene, vários protocolos vêm sendo feitos desde 2009. Em um dos últimos requerimentos, feito em 2012, ela pediu o alargamento da rua em frente a três residências. O último protocolo foi feito no ano passado (confira as imagens dos protocolos no fim deste texto). Ainda conforme a ouvinte, a extensão de rua a ser alargada é de aproximadamente 54 metros. 

Segundo a moradora, os pedidos vêm sendo feitos desde o ano 2000. “Nós estamos pedindo, pedindo e fazendo cadastro, mas nunca ninguém fez nada. Então, estamos procurando mais, porque os três moradores de lá não conseguem sair de casa e os três são doentes. Além disso, tem um lote vago que a dona não consegue vender por não ter entrada”, frisou. 

Irene conta que os moradores, carteiros e entregadores precisam acessar as residências a pé, pois nenhum carro entra na via. Ela ressalta que foi feito um abaixo-assinado com mais de 100 pessoas. Mesmo assim, o Executivo ainda não tomou nenhuma providência.  

PUBLICIDADE

A moradora ressalta que o último protocolo foi entregue para a Prefeitura no final de 2017. Porém, até agora, nenhuma providencia havia sido tomada. “Eles pediram [o protocolo] e disseram que já iriam ver, mas até agora não chegaram”, comentou. 

Segundo Irene, funcionários da Prefeitura já estiveram no local e disseram que havia possibilidade de realizar a abertura da rua. No entanto, eles não retornaram para iniciar a obra. “Eu falei com o próprio prefeito, fomos até ao Fórum, mas não adiantou. Um vizinho de baixo disse que eles voltaram lá e disseram que era preciso tirar a rede de água das residências para eles fazerem a rua. Será que, depois de tantos anos pagando IPTU de quatro casas (num valor de R$500,00 por imóvel), varreção de rua, taxa de lixo, iluminação, e não temos nada?”, desabafou. 

O que existe no local, segundo Irene, é apenas um “carreiro”. Ela alega que, nas proximidades, residem muitas pessoas idosas e doentes, que necessitam de transporte de ambulância para fazer tratamento médico. Entretanto, estas pessoas precisam ser carregadas por outras a pé, uma vez que nenhum veículo tem acesso às residências. 

Segundo moradores, Rua Luiz Fernando Gomes, nas proximidades do Morro da Santa, não tem sequer espaço para passagem de automóveis. Rua fica próximo à área central de Irati

Pontos de ônibus

Irene também pede a colocação de coberturas e bancos em dois pontos de ônibus, localizados nas ruas Nereu Ramos, próximo à bifurcação com as ruas Trajano Gracia e 19 de Dezembro, e Nossa Senhora de Fátima, nas proximidades da Santa Casa. “Naquele ponto perto do Hospital, vem muitos idosos. Se chove, eles não têm como ficar, e nós, idosos, não podemos ficar no sol, mas não adianta. Passei por lá e ainda não está feito”, desabafou.

Confira o vídeo enviado por Antônio de Oliveira, mostrando a situação da Rua Luiz Fernando Gomes, nas proximidades do Morro da Santa, em Irati.



PUBLICIDADE

Confira as fotos dos protocolos feitos por Dona Irene pedindo o alargamento da rua Luiz Fernando Gomes

Protocolo feito em 2009 na gestão do ex-prefeito Sérgio Stoklos

Moradora da Colina Nossa Senhora das Graças também coletou assinaturas através de um abaixo-assinado solicitando alargamento da rua Luiz Fernando Gomes

Protocolo feito em 2013 na administração do ex-prefeito Odilon Burgath

Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados