Paraná / Notícias

09/01/17 - 16h44 - atualizada em 09/01/17 às 16h46

Paraná volta a ter crédito no BID após acusação de boicote do PT

Gazeta do Povo

Depois de cinco anos de espera, o governo Beto Richa (PSDB) vai enfim assinar o contrato de empréstimo do Programa Paraná Seguro com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Os representantes da instituição estarão em Curitiba na quinta-feira (12) para liberar US$ 67,2 milhões (R$ 215,4 milhões) ao governo estadual. Até o final do ano, o Executivo espera o aval definitivo a outras três operações de crédito – duas com o BID e uma com o Banco do Brasil −, que ainda dependem de autorização da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). No total, o valor envolvido passa de R$ 1,8 bilhão.

O último empréstimo a que o Paraná teve o acesso autorizado pela União data de julho de 2014, às vésperas da eleição para o Executivo estadual. Vencida por Richa no primeiro turno, a disputa teve a campanha marcada por acusações do tucano de que o governo federal – à época comandado pelo PT – boicotava e perseguia o Paraná. Segundo ele, a orientação partia da senadora petista Gleisi Hoffmann, que acabou derrotada na briga para assumir o Palácio Iguaçu – acusação sempre negada pela parlamentar. Um dos empréstimos, por exemplo, de R$ 817 milhões do Programa de Apoio ao Investimento de Estados e do Distrito Federal (Proinveste), só foi liberado por decisão liminar do Supremo Tribunal Federal (STF).  

Leia a matéria completa no Portal da Gazeta do Povo.

Paraná voltará a ter operações de crédito

PUBLICIDADE

Comentários

Enquete

Se não está bem de Saúde, aonde busca o primeiro atendimento:

  • Santa Casa de Irati
  • Pronto Atendimento Municipal - PA
Resultados