Paraná / Notícias

05/07/17 - 10h33 - atualizada em 05/07/17 às 10h37

Sanepar é notificada pelo Procon para explicar reajustes de 124% na conta da água

Apuração é feita a pedido dos deputados de oposição a Richa, para quem ajustes feitos desde 2011 são “ilegais” e abusivos

Gazeta do Povo 

O Procon do Paraná notificou a Sanepar na segunda-feira (3) para que ela justifique os aumentos na conta de água e esgoto dos últimos anos. A empresa tem 10 dias para responder. O pedido de investigação foi protocolado pela bancada de oposição ao governador Beto Richa (PSDB), que considerou os reajustes “ilegais” e abusivos. 

De 2011 até agora, a tarifa teve alta de 124%, para uma inflação acumulada no período de 48%. Segundo o deputado estadual Tadeu Veneri (PT), líder da bancada de oposição, a intenção do governo é elevar o lucro da Sanepar e, como consequência, o repasse feito aos acionistas, entre os quais o próprio Executivo. Também assinaram o pedido de investigação os deputados Requião Filho, Ademir Bier, Anibelli Neto e Nereu Moura, do PMDB; os petistas Professor Lemos e Péricles de Mello; Nelson Luersen, do PDT; Márcio Pacheco, do PPL; e Tercílio Turini, do PPS. 

Continue lendo no Portal da Gazeta do Povo .


PUBLICIDADE


Comentários

Enquete

Em relação aos candidatos à presidência da república, você está?

  • Confuso (a)
  • Definido (a)
  • Indeciso (a)
Resultados