Policial / Notícias

11/01/18 - 22h26 - atualizada em 11/01/18 às 22h30

Após princípio de rebelião, celas da Cadeia Pública de São Mateus do Sul ficam destruídas

Motim pode ter sido provocado como forma de retaliação dos detentos à suspensão das visitas íntimas, que seriam realizadas nesta quinta-feira, 11

Da redação

Um princípio de rebelião, registrado na madrugada desta quinta-feira, 11, deixou as celas da Cadeia Pública de São Mateus do Sul completamente destruídas. 

Policiais civis da 3ª Subdivisão Policial acreditam que o motim pode ter sido uma forma de retaliação dos detentos à suspensão das visitas íntimas, que seriam realizadas nesta quinta-feira. As visitas foram suspensas porque uma vistoria seria realizada neste dia.

O delegado Sadi Jorge confirmou as informações à Rádio Cultura Sul. Ele lembrou ainda que foi pedido reforço da ROTAM de União da Vitória e da Polícia Militar de São Mateus do Sul, de Antônio Olinto e São João do Triunfo. Além disso, o Corpo de Bombeiros também prestou apoio durante a ocorrência.

Segundo o relato do delegado, os detentos derrubaram as grades de uma cela, mas acabaram contidos por agentes, que localizaram dois celulares na carceragem. Depois disso, as grades de outras dez celas também foram derrubadas. Os presos conseguiram chegar até o solário, mas foram contidos novamente quando chegaram ao solário.

Os detentos foram colocados em celas femininas. As mulheres foram levadas para outro espaço, ainda menor. Em uma nova revista, os policiais encontraram outros dois celulares. Segundo o delegado, os reparos foram realizados ainda nesta quinta-feira e os detentos já retornaram para as celas.

Fotos: Polícia Civil/Portal Cultura Sul


PUBLICIDADE


Comentários

Enquete

Considerando o ponto de vista da segurança pública, você concorda ou discorda da liberação da maconha?

  • Discordo
  • Concordo
Resultados