Policial / Notícias

21/02/18 - 01h55 - atualizada em 21/02/18 às 12h44

Dois dias após ser preso, detento é encontrado morto em cela de Delegacia

Fato ocorreu na Delegacia de Prudentópolis. Detento supostamente cometeu suicídio ao se enforcar com fio de luz

Da Redação

O homem encontrado morto na Delegacia de Prudentópolis na madrugada de segunda-feira, 19, havia sido detido dois dias antes de cometer suicídio na carceragem. André Pereira, conhecido popularmente por “Santa Cruz”, de 29 anos, utilizou um fio de luz para se enforcar, segundo informações obtidas pelo repórter Elio Kohut, do blog Intervalo da Notícia.  

O Delegado Osmar de Albuquerque Pontes Junior relatou que policiais civis foram avisados que um dos detentos havia cometido suicídio numa das celas da carceragem. Os presos que estavam no local foram retirados e levados para o solário até que o Instituto Médico-Legal (IML), Criminalística e Polícia Científica realizassem os procedimentos cabíveis.

A morte de Santa Cruz está sendo investigada pela Polícia Civil de Prudentópolis, que aguarda o laudo do IML e da Criminalística para apurar os fatos.

PUBLICIDADE

Homem foi preso dois dias antes de ter sido encontrado morto

Santa Cruz havia sido detido no fim da noite de sábado, 17. Na ocasião, policiais militares foram informados pelo Comandante da 4ª Cia, 1º Tenente Walla, que um homem conhecido no meio policial estava transitando com uma motocicleta em atitude suspeita. Ele estava acompanhado de uma adolescente. Durante o trajeto, o suspeito estava ameaçando comerciantes utilizando uma pistola calibre 380.

A equipe realizou patrulhamento e tentou abordar o motociclista, que se recusou a parar e fugiu. A polícia realizava acompanhamento tático, quando a menor lançou um celular na Avenida São João, que foi posteriormente localizado. Ao passarem pela rua Lamenha Lins, a adolescente arremessou um objeto não identificado no matagal. Neste caso, os policiais não encontraram o objeto.

Após várias tentativas de abordagem, o condutor da moto perdeu o controle da direção e caiu na rua Madre Tereza de Calcutá. Ao abordarem o suspeito, os policiais constataram que ele possuía dois mandados de prisão em aberto. Com isso, Santa Cruz foi detido e a adolescente apreendida. Ambos foram conduzidos até a sede da 4ª Cia. O Conselho Tutelar foi acionado para acompanhar a situação em função do envolvimento da menor.

No período que permaneceu na 4ª Cia, o suspeito realizou ameaças aos policiais e disse que daria um jeito de matar o Comandante da PM. Além disso, Santa Cruz tentou subornar os policiais oferecendo uma quantia de R$ 50 mil reais e uma pistola calibre 380 para ser liberado.

A motocicleta usada por Santa Cruz foi apreendida por apresentar irregularidades administrativas. Já o homem detido inicialmente recusou atendimento médico. Porém, ele solicitou atendimento depois de ser entregue na Delegacia. Sendo assim, Santa Cruz foi encaminhado ao Pronto Atendimento de Prudentópolis.

Na madrugada de segunda-feira, 19, menos de 48 horas depois de ter sido preso, Santa Cruz foi encontrado morto. A Polícia Civil vai instaurar inquérito para confirmar se o detento realmente cometeu suicídio.

Detento foi encontrado morto em uma das celas da Delegacia de Prudentópolis na madrugada de segunda-feira, 19

Comentários

Enquete

Considerando o ponto de vista da segurança pública, você concorda ou discorda da liberação da maconha?

  • Discordo
  • Concordo
Resultados