Policial / Notícias

21/01/19 - 00h59 - atualizada em 21/01/19 às 13h09

Seis ocorrências de perturbação de sossego são registradas em Irati

Maioria dos casos foram registrados em festas

Da Redação

A Polícia Militar de Irati atendeu seis ocorrências de perturbação de sossego entre a noite de sábado, 19, e a madrugada de domingo, 20. O primeiro caso foi registrado na Vila Matilde.

Conforme solicitações realizadas para a Polícia Militar, várias pessoas estavam brigando na rua Maria Pessoa Smolka. Os suspeitos não foram encontrados pelos policiais. Populares disseram que os envolvidos na briga na via pública estavam participando de uma festa numa residência nas proximidades. Eles relataram também que na festa havia muita gritaria e algazarra. Sendo assim, vários vizinhos tinham interesse em representar contra o responsável pelo fato. De acordo com a polícia, a situação está se repetindo há cerca de oito meses. Por isso, as vítimas e o autor da perturbação de sossego foram identificados e encaminhados até a sede da 8ª Cia para assinatura do Termo Circunstanciado. 

PUBLICIDADE

Já na madrugada de domingo, 20, ocorreram mais cinco situações semelhantes. Por volta da 1 h, a equipe foi acionada para comparecer num clube onde estava ocorrendo uma festa com volume excessivo e que perturbava alguns moradores do bairro. O responsável pelo evento foi advertido e se prontificou de baixar o volume do som. Meia hora depois, os policiais estiveram no bairro Joaquim Zarpellon. Segundo solicitações, as pessoas presentes num churrasco estavam ouvindo música em volume excessivamente alto e também havia gritos e algazarra. Um homem que acionou a polícia disse que o fato não ocorreu pela primeira vez. No entanto, ele não demonstrou interesse na representação. Os policiais identificaram o responsável pela residência, que concordou em encerrar a festa.

PUBLICIDADE

As outras ocorrências de perturbação de sossego foram registradas na rua Argentina, Júlio Silveira e BR-153. Nos dois últimos endereços estavam ocorrendo festas com som em volume alto e algazarra. Nos dois casos, os responsáveis se prontificaram de acabar com a festa e abaixar o som.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá


Comentários

Enquete

Você concorda com o uso do celular em sala de aula?

  • não
  • sim
Resultados