Política e Eleição / Notícias

10/08/17 - 16h36 - atualizada em 10/08/17 às 16h54

Comissão Processante ouve testemunhas do caso Karas

Comissão retoma os trabalhos agora, depois que efeito da liminar que impediu seu prosseguimento em junho foi suspenso

Da Redação, com Rafaella Maier/Ascom Câmara Municipal de Irati


Após decisão do Tribunal de Justiça, em julho, que suspendeu os efeitos da liminar que impedia a continuidade da tramitação da Comissão Processante (CP) instaurada na Câmara de Irati contra o vereador Wilson Karas (PSD), os trabalhos foram retomados. José Bodnar (PV), Presidente; Edson Elias (PSDB), Relator e Valdenei Cabral (PDT), Membro, se reuniram na tarde desta quinta-feira (10) para ouvir as cinco testemunhas arroladas pela defesa do Vereador denunciado.

Uma liminar obtida no final de maio determinava a suspensão da CP, que apurava denúncia de eventual incompatibilidade do vereador acusado de integrar a diretoria de cooperativa que mantém contrato com o Poder Público Municipal.

O próximo passo, conforme disposto na Resolução nº 001/2015, é ouvir o Vereador denunciado. Ao final dos trabalhos, a Comissão emitirá seu parecer, concluindo pela procedência ou improcedência da Denúncia e solicitará ao Presidente da Câmara a convocação de Sessão de Julgamento. 

Segundo o Presidente da CP, os trabalhos estão sendo realizados de forma ética e transparente, com o objetivo de esclarecer os fatos perante a população, assegurando ao Vereador investigado a garantia constitucional da ampla defesa e do contraditório.  

PUBLICIDADE


Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados