Política e Eleição / Notícias

10/04/18 - 23h29 - atualizada em 10/04/18 às 23h30

Legislativo apoia criação de um novo Grupamento

Proposta vem sendo discutida há cerca de um ano com todos os municípios da região e inclusive já foi protocolada junto ao Governo do Estado

Rafaela Maier/Câmara de Irati


Na tarde de segunda-feira (9), o vice-presidente da Casa Roni Surek (PROS) e o 1º Secretário Marcelo Rodrigues (PP) estiveram reunidos com o Comandante do Corpo de Bombeiros de Irati, Jorge Augusto Ramos, juntamente com o Cabo Valdeci Pedroso dos Santos, os quais buscam apoio para reestruturar o atendimento e serviços de emergência na região. A proposta apresentada sugere que o 3º Subgrupamento em Irati seja elevado à categoria de Grupamento, sendo desmembrado da área de abrangência do 2º Grupamento, que inclui 40 municípios.

PUBLICIDADE

De acordo com os representantes do Corpo de Bombeiros de Irati, essa proposta vem sendo discutida há cerca de um ano com todos os municípios da região e inclusive já foi protocolada junto ao Governo do Estado. O Comandante Jorge solicita apoio dos vereadores da casa, para que a inciativa seja reapresentada a atual Governadora do Estado, Cida Borghetti (PP). Na oportunidade, inclusive, o Capitão Ramos ligou para o Deputado Estadual José Carlos Schiavinato (PP), que também está articulando e apoiando a reestruturação em Irati.


Conforme Jorge, criando o Grupamento de Bombeiros em Irati, o mesmo abrangerá em torno de 20 municípios, que hoje são de responsabilidade do 2º Grupamento. “Haverá um grande ganho, pois aumentará o efetivo e o número de bombeiros militares nesses municípios. Atualmente, há um elevado número de ocorrências atendidas na região e existência de centenas de ocorrências subnotificadas ou não atendidas por falta de estrutura de bombeiros na área, acarretando insegurança a população, aumento de custo com seguro, grande risco à vida de acidentados e traumatizados, bem como, aumento da probabilidade de agravamento de lesões e sequelas permanentes com o atendimento não especializado de vítimas, normalmente, efetuado pelas Prefeituras ou por pessoas que passam pelo cenário de emergência”, lamentou Jorge. 


Ainda de acordo com Ramos, outra razão para se criar o novo Grupamento em Irati seria o fato de que a Região Sudeste é a única macrorregião geográfica do Paraná sem essa estrutura de comando, acarretando falta de autonomia administrativa que ocasiona falta de atendimento especializado de bombeiros na maioria dos municípios da região. “A sede em Irati formaria uma área de articulação compreendendo 20 municípios da região Sudeste. A fixação da Chefia Regional de Bombeiros em Irati ampliaria, por conseguinte, o status de comando das cidades de União da Vitória e São Mateus do Sul. Da mesma forma, permitirá a criação de Seções do Corpo de Bombeiros nas maiores cidades da região ou naquelas com interesse estratégico: Prudentópolis, Imbituva, Mallet, General Carneiro, Bituruna, Inácio Martins e Cruz Machado, com expressiva melhoria no atendimento à população”, justificou o Comandante.

PUBLICIDADE


Representando o Legislativo, os vereadores Marcelo e Roni, que estão envolvidos nesta luta desde o início se comprometeram a buscar apoio junto aos deputados e a governadora Cida, para que este sonho tão importante para a região se concretize e o atendimento aos munícipes seja ampliado. “Vamos buscar o engajamento das instituições públicas, poderes constituídos, forças políticas e sociedade para juntos possamos sensibilizar o Governo do Estado para tornar realidade essa importante demanda”, enfatizaram os parlamentares.


Comentários

Enquete

Em relação aos candidatos à presidência da república, você está?

  • Confuso (a)
  • Definido (a)
  • Indeciso (a)
Resultados