Política e Eleição / Notícias

07/07/18 - 13h56 - atualizada em 07/07/18 às 14h01

Sessões solenes marcam calendário festivo dos 100 anos de Rio Azul

Na terça-feira (10), haverá outorga de Honra ao Mérito Legislativo a todos os ex-vereadores; na quarta-feira (11), serão homenageados os cidadãos honorários e beneméritos

Edilson Kernicki, com reportagem de Rodrigo Zub 

Sessões solenes na Câmara marcam calendário festivo do Centenário de Rio Azul

Ao avaliar a atividade legislativa no 1º semestre de 2018, o presidente da Câmara de Rio Azul, Edson Paulo Klemba (PDT), destaca que este é um ano atípico e de clima festivo. O município de Rio Azul completa 100 anos de emancipação política no próximo sábado (14). Duas sessões solenes, na terça (10) e na quarta (11), marcam as comemorações oficiais do Legislativo no Centenário.

As duas sessões solenes ocorrem às 19h, no Plenário da Câmara de Rio Azul. Na terça (10), serão entregues os títulos de Honra ao Mérito Legislativo. A honraria será dedicada a todos os ex-vereadores e ex-vereadoras de Rio Azul, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados por eles no Poder Legislativo Municipal. Nesta mesma sessão, será concedida a Menção Honrosa à família Circo Zanchettini e será inaugurado o painel comemorativo ao Centenário de Rio Azul. O painel narra, através de desenhos pintados por artistas plásticos locais, a história de Rio Azul, desde a formação de seu povoado até os dias atuais.

PUBLICIDADE

Na quarta-feira (11), serão entregues os títulos de cidadania honorária e benemérita de Rio Azul. Os títulos de Cidadão Honorário serão entregues ao radialista Pedrinho Martins, indicado pelo vereador César Martins dos Santos (PROS), a Regina Maria Pegoraro, indicada pela vereadora Maria da Conceição Burko (PSDB), a Antonio Maroski, indicado pelo vereador Sérgio Mazur (PSD), ao radialista André Malojo, indicado pelo vereador Valdir Siqueira (PR), e Ceslau Wzorek, indicado por André Dusanoski (PTB). Já o título de Cidadão Benemérito será entregue para a professora Sueli Gapinski, indicada pelo vereador Leandro Jasinski (PV), ao agricultor João Cararo Neto, indicado pelo vereador Jair Boni (PSB), ao pastor João Alving, indicado pelo vereador Zerico José Nepomuceno (PP), e o ex-vereador Quirino Bucco, indicado pelo presidente da Câmara, Edson Paulo Klemba.

Segundo o presidente da Câmara, os títulos são propostos àqueles cidadãos que, por sua atividade dentro do município, se destacam e contribuem para elevar o nome de Rio Azul.

PUBLICIDADE

Também na quarta (11), será lançado o selo comemorativo ao Centenário de Instalação da Câmara de Rio Azul. Nessa ocasião, ainda, ocorre o lançamento do livro “Rio Azul: 100 Anos – Olhares Sobre a História”, que conta a história da Câmara e do Município de Rio Azul. Oito voluntários participaram da confecção do livro, organizando o material.

Conforme o presidente da Câmara, a opção em realizar duas sessões solenes em dias consecutivos, em vez de um só, se deve ao fato de que ambas serão cerimônias extensas. A Câmara Mirim realiza, na quarta (11), às 9h, uma sessão extraordinária solene, na quadra da Escola Municipal Vanda Hessel.

A Câmara participa também do Desfile Cívico que ocorrerá no próximo sábado (14), no feriado de aniversário de Rio Azul. Atuais e ex-vereadores estarão presentes no desfile para ilustrar um pouco dos 100 anos de história do Poder Legislativo na cidade de Rio Azul. “Vai ser um desfile muito bonito e dividido em blocos. As escolas também vão se apresentar. No primeiro bloco, estarão prefeitos e ex-prefeitos. Serão convidados todos os ex-prefeitos e o prefeito atual vai abrir o desfile. Aí vem o Legislativo, com os vereadores atuais e os ex-vereadores vivos que prestaram serviços na Casa”, detalha o presidente da Câmara.

PUBLICIDADE

O Desfile Cívico será no próximo sábado (14), às 9h, na Avenida Manoel Ribas, e terá participação da Fanfarra Municipal coordenada pelo professor Adão Amorim. “O professor está como colaborador do projeto dessa fanfarra e está demonstrando um excelente trabalho, que eu já acompanhei. Tenho visto que o Adão está surpreendendo muita gente”, elogia Klemba.

“Fica o convite a todos, que contribuíram ao menos com uma vírgula na história de Rio Azul. Muita gente participou dessa história dos 100 anos de Rio Azul. Todo o povo rio-azulense participa dessa história. Então, venham e prestigiem. Esse não é um evento político, mas para o próprio rio-azulense. Em nome do prefeito Rodrigo [Solda], faço esse convite aos rio-azulenses, aos não-rio-azulenses, aos moradores das cidades vizinhas. Estão todos convidados a presenciar esse momento brilhante que teremos em Rio Azul”, reitera o vereador.

Após o desfile cívico, durante a tarde haverá ainda uma série de atividades e, à noite, shows nacionais com as duplas Teodoro e Sampaio e Jeann & Julio e Edy Lemmond, a partir das 20 h, no Pátio da Rodoviária. No domingo (15), as festividades prosseguem, no Pátio da Rodoviária.

Revisão da Lei Orgânica Municipal

A Câmara Municipal está elaborando a revisão da Lei Orgânica. De acordo com Klemba, desde a legislatura passada já se observava que alguns dispositivos dessa legislação atrapalhavam o Executivo no desenvolvimento de alguns programas e projetos municipais, devido à defasagem da Lei Orgânica.

“Aí surgiu a ideia de revisarmos a Lei Orgânica. Até dezembro, antes do término do ano legislativo de 2018, entregaremos ao prefeito uma revisão com todas as regras novas e com todas as leis atualizadas”, informa Klemba.

Um profissional foi contratado exclusivamente para esse trabalho de revisão. “Tem um profissional fazendo um trabalho específico, só ele, em cima dessa revisão da Lei Orgânica. Já fomos criticados porque eu contratei uma pessoa sendo que já há funcionários dentro da Câmara. Tem funcionários, mas que prestam outro serviço. É um trabalho específico que as pessoas que estão lá dentro não tinham bagagem para executar. Esse funcionário foi contratado até dezembro, para fazer essa revisão e deixar essa lei redondinha, para que nosso município não fique atrasado nem perca projetos, que, às vezes, podem ser aplicados a Rio Azul em que às vezes, por causa de uma lei que engessa o prefeito, se deixa de fazer esse trabalho”, justifica.

Recesso Legislativo

Durante todo o mês de julho, os vereadores estão em recesso legislativo, conforme previsto na Constituição Federal e no Regimento Interno da Câmara. As sessões ordinárias retornam no dia 7 de agosto, no horário regimental.


Comentários

Enquete

Em relação aos candidatos à presidência da república, você está?

  • Confuso (a)
  • Definido (a)
  • Indeciso (a)
Resultados