Rádio Najuá

Cicloturismo Irati – Rota Flona tem recorde de inscritos

25/08/14 - 16h47 - Atualizado em 25/08/14 - 16h47
Informe publicitário da Prefeitura de Irati 


Estar em contato com a natureza, explorar as belezas naturais do município, incentivar o comércio local, visitar patrimônios históricos, fazer exercício físico, esses são alguns dos objetivos do Cicloturismo Irati – Rota Flona. Ao todo foram 145 inscritos que percorreram os caminhos da Floresta Nacional de Irati, com as mais diversas metas, como concluir o caminho, ou ir até o seu limite.

Os ciclistas percorreram um total de 32km, dos 145 inscritos, apenas oito bicicletas não completaram o trajeto seguindo pela Flona no caminhão de apoio. Os atletas puderam conhecer as belezas naturais da região, aproveitando o clima agradável de domingo em Irati. O Prefeito Municipal, Odilon Burgath, esteve presente com a família durante toda a rota. “Muito feliz em poder participar, agora pedalando com nossos ciclistas, visitando prédios antigos e podendo ver de perto o sucesso do evento. Na terceira edição, com vários participantes, não só de Irati, mas de toda a região como Ponta Grossa, Guarapuava, Imbituva, Guamiranga, dentre outros municípios que vieram acompanhar a nossa cidade e ver o sucesso que é o Cicloturismo. Em relação a primeira edição tivemos o triplo de inscrições, isso demonstra o potencial que temos para desenvolver atividades esportivas e turísticas, e queria agradecer a todos que nos ajudaram a fazer esse projeto”, avalia Odilon.

Essa é a terceira edição realizada desde 2013, e bateu todos os recordes de inscritos. Em novembro do ano passado, os ciclistas percorreram os caminhos do Itapará, conhecendo um pouco mais sobre os patrimônios daquela área. Já em 2014, os participantes do Cicloturismo estiveram presentes no Pinho de Baixo. O diretor de Turismo e Eventos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, José Basílio Salomão, avalia a terceira edição. “A rota superou todas as expectativas, com um total de 145 inscritos, a etapa foi perfeita em todos os sentidos, não tivemos nenhum atendimento da ambulância e estamos muito satisfeitos com o evento que seguiu na normalidade sem nenhum imprevisto,” explica Salomão. 

Em novembro, há um projeto para que os ciclistas possam voltar ao Itapará, realizando a quarta rota do Cicloturismo. A Secretária de Cultura, Patrimônio Histórico e Legado Étnico, Claudete Basen, conta sobre o sucesso do evento. “Essa rota foi um sucesso, graças a todos que nos ajudaram e a todos os nossos parceiros. Os ciclistas saíram satisfeitos daqui, fizemos a visitação da trilha da Imbuia, visitamos a Casa do Iapar, conhecido como Palácio do Pinho, e já estamos nos preparando para a Rota Itapará onde predomina a etnia ucraniana e a presença de belas cachoeiras,” relata Claudete.

Marcio Razera é ciclista de Irati e esteve presente em todas as edições do Cicloturismo. “Mais uma vez o circuito ficou espetacular, e eu quero dar parabéns a toda organização do evento que ficou muito bom. Foi show de bola, agora já estamos esperando a outra rota em novembro. Então com certeza, Itapará terá ainda mais inscrições, portanto dou avaliação dez total para essa rota”, conclui Marcio.