Rádio Najuá

Fernandes Pinheiro intensifica campanha de vacinação contra a febre amarela no sábado

11/04/19 - 01h23 - Atualizado em 11/04/19 - 01h23

Da Redação, com reportagem de Rodrigo Zub e Paulo Henrique Sava

Fernandes Pinheiro realizará mobilização para vacinação contra febre amarela no sábado

A Secretaria de Saúde de Fernandes Pinheiro realiza neste sábado (13) uma mobilização para que toda a população seja imunizada contra a febre amarela. No Dia D da campanha, todas as unidades de saúde da Sede e do Distrito de Angaí funcionarão das 8 às 17h. o público-alvo da campanha são as pessoas entre nove meses e 59 anos que nunca tomaram a vacina. Uma única dose protege contra a doença a vida toda. 

Antes, era recomendável tomar uma dose de reforço dez anos depois da primeira aplicação, quando a pessoa morava em regiões onde a febre amarela é endêmica ou se ela fosse viajar para essas áreas. Desde abril de 2017, o Ministério da Saúde segue a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), publicada em 2013, reconhecendo que uma dose é suficiente para toda a vida.

“Pedimos que as pessoas procurem as unidades de saúde e que levem a Carteirinha de Vacinação. Os que a perderam, por ventura, ou não lembram se tomaram, vão, da mesma forma, e levem seu documento e o Cartão de Saúde, para que possamos verificar no sistema e, caso não tenha mesmo, fazemos novamente”, avisa a secretária de Saúde, Emanuelle de Matos.

PUBLICIDADE

O município de Fernandes Pinheiro realizou uma campanha bastante intensa para imunizar a população em 2005. Entretanto, a secretária observa que, de lá para cá, muitos novos habitantes se mudaram para Fernandes Pinheiro, assim como muitas pessoas deixaram a área rural e se mudaram para a zona urbana e, naquela ocasião, não foram vacinadas. “A vacina é disponível o ano todo. Mas como agora está sendo intensificado o trabalho, teremos em alguns dias da semana. Cada frasco que abrimos rende cinco doses. Temos que ter um cronograma para que não se percam as vacinas”, aponta.

De porta em porta

Diferente de outras ações na área da Saúde, desta vez não serão disponibilizados ônibus para moradores do interior. A secretária explica que o transporte público se torna dispensável nesse caso porque, além das unidades de saúde estarem abertas, a Prefeitura e a 4ª Regional de Saúde orientaram que a Secretaria de Saúde passe de porta em porta a fim de totalizar a cobertura vacinal.

Quer receber notícias pelo WhatsApp?

Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua  

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Texto continua após a publicidade

PUBLICIDADE

“No sábado (13), faremos o trabalho de porta em porta com três equipes na comunidade de Bituva dos Machados. Orientamos que as famílias já deixem as carteirinhas fáceis [de acessar], já procurem, para que, na hora que a equipe chegar na casa, não precise procurar nem perder tempo. Quanto menos tempo gastarmos de casa em casa, vamos atingir um número maior”, explica a secretária.

A vacinação de porta em porta continua na semana que vem: na segunda (15) e na quarta (17), na comunidade do Assungui; na terça (16), em Bituva das Campinas; na quinta (18), Faxinais, Assentamento e Avencal.

No dia 22, Sábado de Aleluia, a vacinação de porta em porta passa pelas localidades de Florestal, Queimadinhas e Bituva dos Lúcios.

Nas unidades de saúde da Sede, as vacinas continuam disponíveis. Segundo a enfermeira Alice Colesel, o horário nas segundas, para vacinação, é estendido das 8 até as 20h, a fim de abranger os trabalhadores que não podem ir aos postos em horário comercial. Nas terças e quintas, das 8 às 16h30. Na unidade de saúde do Angaí, a vacinação é feita às segundas e quintas, das 8 às 16h30. “Se vier um grupo de moradores na unidade de saúde, no período de vacinação, e for viável, vamos abrir também”, acrescenta.

PUBLICIDADE

Alice frisa que é importante que os trabalhadores que fazem o corte de madeira, mas que moram na área urbana, procurem as unidades de saúde, munidos de suas Carteiras de Vacinação. Aqueles que moram no interior serão atendidos na vacinação de porta em porta.

Animais infectados

Especialmente nas áreas mais próximas de reservas ambientais, ou mesmo na área rural, se por acaso o morador observar o surgimento de carcaças de macacos ou animais vivos com andar cambaleante, como se estivessem embriagados, o que é um dos sintomas da febre amarela, deve comunicar imediatamente a 4ª Regional de Saúde ou a Secretaria Municipal de Saúde de Fernandes Pinheiro. Nesses casos, será feita a coleta de uma amostra de sangue do animal para exames, a fim de atestar se se trata de um caso de febre amarela ou não.

Conferência Municipal de Saúde

Na sexta (12), ocorre a 12ª Conferência Municipal de Saúde, na Câmara de Vereadores de Fernandes Pinheiro, das 8 às 17h, com o tema central “Democracia e Saúde”.Como subtemas, a Conferência discute “Saúde Como Direito” e “Consolidação e Financiamento do SUS”.

“Vão ser repassados todos os pontos enviados pelo Estado, para que elaboremos propostas para a Conferência Estadual e para que o município desenvolva ordenadamente, para que criemos formas que melhores o coletivo da Saúde no nosso município”, detalha a secretária.

Em participação no programa Meio Dia em Notícias, enfermeira Alice Colesel e a secretária de Saúde Emanuelle de Matos falaram sobre a mobilização para vacinação contra a Febre Amarela