Rádio Najuá

Uniguaçu derrota Independente na prorrogação e conquista bicampeonato do Campeonato Amador

13/12/10 - 11h01


Rodrigo Zub

Time comandado por Edinho Guerreiro conquistou o bicampeonato da competição (Foto: Ricardo Silveira)
Em um jogo bastante disputado no Estádio Orestes Pallu, em Rio Azul, na tarde de ontem, 12, a Faculdade Uniguaçu de União da Vitória venceu o Independente de Rio Azul por 4 a 2 no tempo normal e 1 a 0 na prorrogação e conquistou o bicampeonato do Campeonato Amador.

Apesar de jogar pelo empate para se tornar campeão, o time da casa começou o jogo buscando o ataque. A equipe foi premiada com o gol de Binho aos 20 minutos que ampliou a vantagem do Independente.

Mesmo depois de sofrer o gol, o Uniguaçu não se intimidou e conseguiu o empate ainda no primeiro tempo. Decretando o placar de 1 a 1 nos primeiros 45 minutos.

Na segunda etapa, os visitantes liderados por Jacózinho tiveram grande atuação e saíram com a vitória por 4 a 2. O atacante ex-jogador profissional que atuou em equipes como Vasco da Gama e Flamengo marcou dois gols, um de pênalti e outro ganhando na velocidade do zagueiro, driblando o goleiro e mandando para o fundo das redes. Jacózinho foi o artilheiro da competição com 12 gols marcados.

Como o Independente havia vencido o jogo de ida em União da Vitória por 4 a 2, a decisão do título foi para a prorrogação, pois o regulamento da competição indica que não há vantagem do saldo de gols.

Lance de jogo (Foto: Ricardo Silveira)
Na prorrogação apesar do campo encharcado, a partida voltou a ter fortes emoções. Ainda no primeiro tempo, o Uniguaçu abriu o placar com o meio-campista Dudu que recebeu de Jacózinho e finalizou para o fundo das redes de Hamilton. No entanto, aos 8 minutos do segundo tempo da prorrogação, o Independente teve a chance do empate depois que Brack sofreu pênalti.

Denilson artilheiro do Independente na competição foi para a cobrança, mas o goleiro Baixinho fez a defesa e evitou o empate. Depois disso, os visitantes só administraram a vantagem até o final da partida, para comemorar seu segundo título consecutivo da competição, pois a equipe também havia vencido o torneio em 2009.