Rádio Najuá

Parece piada, mas é verdade; ''Caveirão'' socorre ônibus que levava delegação de basquete para Toledo

15/11/11 - 09h52 - Atualizado em 15/11/11 - 09h52

Da Redação


Temido caveirão teve o seu dia de herói
O famoso “Caveirão” teve seu dia de príncipe encantado e virou herói. Isso mesmo. Parece piada de 1º de abril, mas é verdade. O ônibus responsável pelo transporte de atletas iratienses para outras cidades do Paraná, quem diria, socorreu um veículo terceirizado que seguia viagem para Toledo, na última sexta-feira.

Contratado para fazer o transporte do time de basquete feminino, para a fase final dos Jogos Abertos do Paraná, este ônibus apresentou um problema na correia do motor. O incidente ocorreu nas proximidades da praça de pedágio na Serra da Esperança, em Guarapuava.

Foi nesse momento que o medo e a apreensão tomou conta dos atletas iratienses. Estaria a participação nos Jogos Abertos encerrada precocemente? A tensão era grande, os minutos se passavam, telefones tocavam, jogadores desesperados esperavam para que a situação fosse resolvida. Retornar para casa ou esperar ajuda. A dúvida seguia, semanas e semanas de treinamento em xeque, mas eis que surge inesperadamente ele, o polêmico, mais comentado e mais falado ônibus da região. Ele não é um pássaro, nem um avião, mas simplesmente o Caveirão.

Odiado por muitos, ele teve seu momento que, certamente, será lembrado com carinho pelos atletas do basquete feminino. Uma data para marcar na história, o dia do ressurgimento do Caveirão. Um dia em que a tecnologia de um ônibus teoricamente mais moderno deixou os passageiros "na mão". Um dia para mostrar que, panela velha também faz comida boa. Apesar da falta de conforto e de sistemas de maior segurança do Caveirão.

Por falar em comida, após o almoço, a viagem transcorreu normalmente para Toledo, onde as meninas terão mais um desafio que será superar as melhores equipes do Paraná, em busca de um lugar no pódio. Sempre na companhia do Caveirão, que é assunto discutido na rua, na roda de bate papo entre amigos, na internet, nas redes sociais e em toda a cidade de Irati.

A nós, só nos resta nos render mediante ao socorro prestado e aguardar o desfecho da novela “Caveirão”. Fique ligado e aguarde os próximos capítulos dessa história que se mostra imprevisível.