Comemorações / Colunas

07/04/12 - 08h57 - atualizada em 08/04/12 às 07h15

Parabéns Rodrigo Zub!

Tamanho é o bom clima que prevalece nos estúdios da Najuá - com a graça de Deus - que até parece que todo dia é dia de festa.

E para engrossar a boa fase que vivemos chegou o jornalista Rodrigo Zub. Sempre receptivo e disposto a ajudar, foi logo se familiarizando com o rádio, do qual dizia não gostar muito quando iniciou. Mas perguntem agora...

Vamos aproveitar o dia em que o Rodrigo assopra velinhas para revelar ao público em geral um pouco de sua intimidade.

A historinha começou logo que ele chegou à Najuá. Percebendo que o rapaz correspondia à expectativa para o cargo e agia de maneira solicita (sofre a falta, cruza a bola para a área, sai para cabecear e ainda corre para o abraço) carinhosamente, a gerente Rose Harmuch colocou-lhe o apelido de “Rodriguinho Sangue Bom”. Com o passar do tempo, outros colegas de trabalho aderiram ao termo e o apelido pegou.

Passado um ano, o Rodrigo foi fazer uma reportagem no Dia Nacional do Doador de Sangue e, para reproduzir o assunto de maneira convincente, resolveu ele mesmo doar.

A surpresa veio no momento em que a enfermeira colheu uma amostra para exames e identificou o tipo como  O+, considerado doador universal. Aí ela foi logo dizendo: “Rodrigo, você é sangue bom!”.

Moral da história: A Rose tem sempre razão. E depois disso, ninguém mais duvida da idoneidade do Rodrigo, agora comprovada cientificamente.

Parabéns Rodrigo e felicidades. São os votos de seus colegas da Najuá.

{album}

 

Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados