Futebol / Esportes

01/08/12 - 21h46 - atualizada em 01/08/12 às 22h08

Atlético passa como um "furacão" pelo Serrano na estreia da Copa Sub-18

Rubro-negros golearam os prudentopolitanos por 5 a 0, em jogo realizado na tarde desta quarta-feira, 1, no estádio Newton Agibert
Rodrigo Zub


Atual campeão da Copa do Brasil Sub-17, o Atlético/PR passou como um furacão por cima do Serrano na estreia da Copa Sub-18. Mesmo atuando fora de casa no estádio Newton Agibert, o time rubro-negro não tomou conhecimento do adversário e goleou os prudentopolitanos por 5 a 0. Dominic (2), Natan (2) e Léo Pereira foram os autores dos gols da partida.

Com o resultado, o “Furacão” larga na frente na disputa do Grupo A da Copa Sub-18 com três pontos. Do outro lado, o Serrano segura a lanterna da chave, que ainda possui o Operário que folgou na primeira rodada. Lembrando que se classificam para a próxima fase os dois melhores times de cada grupo.

O Serrano terá apenas uma semana para juntar os cacos e buscar a recuperação na competição. Na próxima quarta-feira, 8, o time de Prudentópolis encara o Operário, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa. Já o Atlético/PR só volta a campo na semana seguinte para enfrentar o Operário, no CT do Caju, em Curitiba.

Atlético/PR
Serrano













Domínio rubro-negro

Com a base do time que se sagrou campeão da Copa do Brasil Sub-17, o Furacão não demorou a tomar conta do jogo em Prudentópolis. A primeira chance de gol surgiu logo aos cinco minutos com Paulo Otávio. O meio-campista finalizou a esquerda do goleiro Guilherme.

O mesmo Paulo Otávio perdeu uma boa chance de tirar o zero do placar, aos 11 minutos. Nathan foi ao fundo e cruzou para o camisa 11 rubro-negro que cabeceou sobre a meta do “Tigre”.

A blitz atleticana continuou forte depois dos 20 minutos do 1º tempo. Nathan teve duas oportunidades, mas em ambas parou nas boas defesas do goleiro Guilherme, do Serrano.

De tanto tentar o Furacão finalmente chegou ao gol, aos 38 minutos. Nathan cobrou falta para a área e Dominic desviou de cabeça sem chances para Guilherme.
Com o placar de 1 a 0, o Atlético controlou as ações nos minutos finais e apenas administrou a vantagem parcial.

Furacão mostra força

O segundo tempo nem bem começou e o Atlético já ampliou o marcador. Paulo Otávio chutou e Dominic empurrou para as redes no primeiro minuto de bola rolando.

Daí em diante o ataque rubro-negro passou como um Furacão pela frágil defesa do Serrano. Aos 11, Nathan recebeu de Dominic e chutou para marcar o terceiro dos visitantes. O detalhe do gol foi que a bola ainda desviou em um zagueiro prudentopolitano traindo o goleiro Guilherme.

Grande destaque do Atlético na partida, Nathan voltou a balançar as redes do Serrano, aos 23 minutos. Em bela jogada individual, o meio-campista rubro-negrou passou por dois marcadores, deixando um deles no chão, antes de chutar na saída do goleiro.

Dominado pelos visitantes, o Serrano praticamente não chegou à meta de Lucas Macanhan, que foi um mero expectador da partida durante os 90 minutos. Do outro lado, o Atlético mostrou que é um dos favoritos a conquistar a competição. No fim da partida, Léo Pereira ainda fez o quinto gol dos visitantes após cobrança de escanteio.

FICHA TÉCNICA:
Serrano 0×5 Atlético Paranaense
Campeonato Paranaense Sub-20: Primeira rodada
Data: 01/08/2012 (quarta-feira)
Local: Estádio Newton Agibert (Prudentópolis)
Gols: Dominic (Atlético/38 min do 1º tempo e 1 min do 2º tempo), Nathan (Atlético/11 min do 2º tempo e 23 min do 2º tempo) e Léo Pereira (Atlético/40 min do 2º tempo).
Cartões amarelos: William e Hernande (Serrano).

Serrano: Guilherme; Lucas, Hernande, Saulo e Josian; Marcos, William, Elivelton e Felipe (Eduardo); Edson e Eder. Técnico: Nilvaldo

Atlético/PR: Lucas Macanhan; Douglas Brenner, Léo Pereira e Bianor (Jackson); Ruhan; Matheus Moreira, Matheus Rossetto (Nairo), Jonathan (Victor), Nathan (Gabriel Marques) e Paulo Otávio; Dominic (Leonardo dos Santos). Técnico: Marcos Mathias Lamers


Comentários

Enquete

O Imposto sobre Valor Agregado (IVA) deve ser a base da Reforma Tributária?

  • Não
  • Sim
Resultados