Futebol / Esportes

03/05/19 - 20h03 - atualizada em 04/05/19 às 11h56

Campeonato das Escolinhas começa neste sábado

Campeonato terá participação de 11 equipes, três a mais que na edição anterior. Time do Vaivem/Escola Furacão de Irati estreia na competição

Rodrigo Zub

Campeonato das Escolinhas terá participação de 11 equipes

A 13ª edição do Campeonato Integração de Futebol, conhecido como Campeonato das Escolinhas, organizado pela Liga Sul, terá início no fim de semana com quatro confrontos. A novidade neste ano é que a categoria Sub-9 saiu da disputa regular.

A abertura da competição será neste sábado, 4, no estádio Municipal Julio Afonso Vieira Lopes, em Rebouças. A equipe local da Escola Furacão recebe o Batel. O primeiro jogo será do Sub-15, às 9h30. Em seguida, entram em campo os meninos do Sub-13, às 10h30. A última partida será entre os garotos do Sub-11, às 11h30. No domingo, 5, a competição prossegue com mais três confrontos. Iraty e Clube Atlético União Olímpico (CAUO) revivem a velha rivalidade no estádio Municipal Abrahm Nagib, em Irati. O Sub-15 joga às 8h30, o Sub-11, às 9h30, e o Sub-13, às 10h30. Em Imbituva, no estádio Eleonora Brenner, o Clube Atlético Imbituvense enfrenta o Vaivem/Escola Furacão de Irati, que estreia na competição. A sequência de jogos começa às 8h30 com o Sub-15. As partidas seguintes serão do Sub-13, às 9h30, e do Sub11, às 10h30. Já em Rio Azul, o time local da Escola Furacão encara o Primavera de Inácio Martins. Os meninos do Sub-11 jogam às 9 h. As equipes Sub-13 se enfrentam às 10 h. O último confronto do Sub-15 tem início previsto para 11 h.

A primeira rodada será complementada com o duelo entre Associação Desportiva Independente e RB/Guairacá, que está pré-agendado para o dia 19 de maio, ainda com local a ser definido. O time do Pinheiros folga na primeira rodada.

PUBLICIDADE

Regulamento

O arbitral que definiu o regulamento foi realizado no dia 11 de abril. O coordenador do Campeonato das Escolinhas, Elcio de Jesus Fernandes, o “Menonzinho”, ressalta que a competição é um “celeiro” para revelação de novos jogadores. “Tem função de formação física, disciplinar e um trabalho social de inclusão importante que propicia a todos os participantes, bem como familiares e torcedores que acompanham a competição”, avalia Elcio.

Neste ano, o Campeonato das Escolinhas terá a participação de 11 equipes, três a mais do que a edição de 2018. Dois times retornaram a disputa: Clube Atlético Imbituvense e Centro de Formação Pinheiros de Guarapuava. Já o Vaivem/Escola Furacão de Irati participa da competição pela primeira vez.

Conforme definido no congresso técnico, a disputa será em turno único, assim como ocorreu no ano passado. Em virtude do aumento do número de participantes foi acrescida uma fase na competição. Agora, oito equipes se classificam para a segunda fase (quartas de final). Na edição anterior, os quatro melhores colocados passavam direto para a semifinal. Outra novidade foi a exclusão do Sub-9 da disputa regular, que será em forma de festival, em data distinta das demais categorias. Essa disputa será em quatro etapas.

PUBLICIDADE

O homenageado deste ano será o desportista de Guarapuava, Alfredo Gelinski, que tem ligação familiar com o Batel. De acordo com a organização, os jogos das quartas de final e semifinal serão disputados em Irati. Já as finais ocorrerão no estádio Waldomiro Gelinski, em Guarapuava.

Em 2018, a classificação final do Campeonato das Escolinhas ficou da seguinte forma:

Sub-9: Campeão: RB/Guairacá; 2º lugar: Escola Furacão de Rio Azul; 3º colocado Independente;

Sub-11: Campeão: RB/Guairacá; 2º colocado: Independente; 3º lugar Iraty.

Sub-13: Campeão: Batel; vice-campeão Independente; 3º lugar: Escola Furacão de Rio Azul.

Sub-15: Campeão: Clube Atlético União Olímpico; 2º colocado: Escola Furacão de Rio Azul; 3º colocado: RB/Guairacá

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Jogos da primeira rodada do Campeonato das Escolinhas

Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados