Futebol / Esportes

12/03/12 - 02h02 - atualizada em 12/03/12 às 22h23

Coritiba goleia Iraty pela 4ª vez em 2 anos e deixa Azulão com um pé na 2ª divisão

Lincoln foi o grande destaque da goleada alviverde no estádio Emílio Gomes. Meio-campista marcou três vezes na vitória de 5 a 1 do Coxa-Branca
Rodrigo Zub


Lincoln marcou três vezes e comandou goleada dos visitantes
A porta da 2ª divisão parece cada vez mais aberta para o Iraty, assim como sua defesa que foi uma verdadeira avenida para os atacantes do Coritiba. Lincoln marcou três, Emerson fez o seu de cabeça e Junior Urso fechou o massacre alviverde no Estádio Emílio Gomes. Paraíba fez o gol iratiense, mas não evitou a derrota por 5 a 1 em jogo válido pela 3ª rodada do returno do Paranaense 2012.

Dezenove a quatro este é o saldo do confronto entre Iraty e Coritiba nos dois últimos anos. Somente neste ano foram duas goleadas alviverdes por 5 a 1. No ano passado, o Coritiba venceu o Azulão por 5 a 0 (1º turno) e 4 a 2 (no jogo de volta, em Irati).

A goleada desta tarde levou o time coxa-branca a vice-liderança do 2º turno com nove pontos, mesma pontuação do Londrina que leva vantagem no segundo critério de desempate. O Tubarão soma sete gols de saldo contra seis do Coritiba. Já o Iraty é o penúltimo colocado com um ponto. A situação do Azulão é ainda pior na classificação geral. Com apenas cinco pontos, o time de Edson Paulista é o lanterna da competição.

No próximo domingo, 18, o Iraty volta a campo tentando sua primeira vitória no campeonato e a fim de quebrar um incômodo jejum. A equipe viaja até a capital do Estado para enfrentar o Corinthians/PR. Se não vencer o Timãozinho, o Azulão irá completar um ano sem um único triunfo. Enquanto isso, o Coritiba irá receber no Couto Pereira a visita do Paranavaí.

{album}

O jogo

Time de Edson Paulista continua sem vencer após 14 rodadas
Sem nenhum desfalque, Edson Paulista pode enfim repetir a escalação de sua equipe depois de nove jogos no comando do Azulão. Por isso, a expectativa era de que o Iraty pudesse enfim dar uma alegria ao seu torcedor.  No entanto, não foi o que aconteceu dentro de campo. Mesmo desfalcado dos meias Tcheco e Rafinha, o Coritiba mostrou mais personalidade e foi para o ataque no início do jogo. Emerson deu trabalho aos defensores iratienses. Em dois lances parecidos o zagueiro teve boas chances de abrir o placar. Aos 3, Lincoln cruzou e o camisa 3 cabeceou sobre o gol de Doni. Dois minutos depois, Renan Oliveira cobrou falta para a área e o zagueiro desviou sem perigo para o goleiro do Azulão.

Recuado o Iraty não chegou nenhuma vez com perigo a meta de Vanderlei, durante os primeiros minutos de bola rolando. Com mais posse de bola, o Coritiba trocava passes no meio campo sem muita objetividade irritando o seu torcedor. Porém, aos 17 minutos, Lincoln fez a diferença. Ele recebeu de Renan Oliveira cortou o marcador e bateu firme no canto esquerdo de Doni.

O gol foi apenas um lampejo de bom futebol no sonolento primeiro tempo entre Iraty e Coritiba.

Com pouca criatividade os dois times passaram a apostar nas finalizações de fora da área. Clayton arriscou da intermediária e mandou a direita de Vanderlei, aos 26 minutos. O Coritiba respondeu com Jackson que deixou preso o grito de gol do torcedor coxa-branca. O lateral recebeu na direita e emendou forte de perna direita rente a trave de Doni.

A partir dos 30 minutos, o Iraty avançou sua marcação e passou a levar mais perigo ao gol alviverde. Aos 38, Clayton recebeu livre na área e chutou para boa defesa de Vanderlei. Pouco depois, o goleiro do Coritiba não pode fazer nada para evitar o empate do Azulão. Paraíba - também sem marcação – driblou o camisa 1 alviverde antes de apenas rolar para o fundo das redes.

O torcedor iratiense ainda comemorava o empate quando o Coritiba voltou a marcar, aos 41 minutos. Lincoln desta vez fez o papel de garçom e serviu Emerson que de cabeça marcou o segundo gol dos visitantes.

Em seis minutos, Coritiba define goleada

O segundo tempo começou em ritmo lento. Com a forte marcação e o elevado número de passes errados os dois times sequer ameaçavam os goleiros Doni e Vanderlei.

O primeiro lance de perigo ocorreu somente, aos 20 minutos. Denis disputou a bola com Pereira dentro da área e caiu pedindo pênalti, ignorado pelo árbitro Antonio Valdir dos Santos, que mandou o lance seguir e aplicou cartão amarelo para o volante iratiense.

Melhor no jogo, o Iraty teve mais posse de bola durante grande parte do 2º tempo. Mesmo assim, a pressão era falsa, pois o time não conseguia penetrar na defesa alviverde.

Vendo que seu time não correspondia dentro de campo, Marcelo Oliveira resolveu dar sangue novo ao ataque do Coritiba. Anderson Aquino entrou no lugar de Marcel. A mudança foi decisiva para definir o triunfo alviverde. Com mais um jogador de velocidade o time coxa-branca encontrou o caminho do gol e, em apenas seis minutos, garantiu a vitória. Aos 24, Renan Oliveira puxou o contra-ataque e deu bela assistência para Lincoln, que tirou do alcance de Doni e fez o terceiro do Coritiba.

O gol despertou os visitantes que sem dificuldades chegaram ao quarto gol, aos 27 minutos.  Anderson Aquino fez o passe para Lincoln, que mostrou muita tranquilidade para ajeitar e chutar de perna direita sem chances para Doni. Festa alviverde e do meio-campista que pode comemorar em grande estilo sua melhor apresentação com a camisa do Coritiba.

Torcedores protestam com faixa pedindo raça, respeito e dedicação aos jogadores do Iraty
Frustrados com mais uma derrota do Azulão alguns torcedores iratienses já se encaminhavam para casa quando ainda puderam observar Júnior Urso marcar o seu. Geraldo recebeu na área e apenas rolou para o volante que de primeira bateu colocado sem chances para Doni.

Insatisfeito com sua defesa, Edson Paulista ainda trocou João Renato e Denis por Jessé e Marcondes, tentando evitar um vexame ainda maior. Porém, o Coritiba diminuiu o ritmo e apenas cadenciou a partida até o apito final do árbitro. 

Com o resultado a equipe alviverde ampliou ainda mais sua invencibilidade na competição, agora são 47 partidas sem derrota. O último revés aconteceu em 2009 diante do Paraná Clube. Do lado oposto está o Azulão. Com a derrota, o Iraty chegou ao 20º jogo sem vitória, somando as duas últimas edições do Campeonato Paranaense.

IRATY 1 X 5 CORITIBA
Local: Estádio Emílio Gomes, em Irati
árbitro:  Antonio Valdir dos Santos
Auxiliares: Bruno Boschilia e Ricardo Vilar Neves
Cartões amarelos: Marcondes, Denis e Gizo (Iraty); Pereira, Júnior (Coritiba);
Gols: Lincoln, aos 17 min; Paraíba, aos 39min e Emerson, aos 41min do primeiro tempo. Lincoln, aos 24 e 27; Júnior Urso, aos 31min do segundo tempo.
Público: 1.564 pagantes/ Total: 1.753
Renda: R$ 26.800

Iraty: Doni; Caio, João Renato (Jessé), Luiz Henrique e Anderson;  Denis (Marcondes), Fumaça (Gizo), Rafael Grando, Cleyton, Paraíba e Marcelo. Técnico: Edson Paulista

Coritiba: Vanderlei; Jackson, Pereira, Emerson e Lucas Mendes; Junior Urso, Djair, Gil, Lincoln (Everton Ribeiro) e Renan Oliveira (Geraldo); Marcel (Anderson Aquino)
Técnico: Marcelo Oliveira


Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados