Futebol / Esportes

24/01/16 - 13h55 - atualizada em 25/01/16 às 13h00

CSA vira sobre Mais Brasil e sai em vantagem na final do Varzeano

Com gol de Mohá, aos 46 minutos do segundo tempo, CSA venceu Mais Brasil por 2 a 1, na primeira partida da final
Rodrigo Zub

Ficha Técnica:
CSA 2x1 Mais Brasil
Primeira partida da final do Campeonato Varzeano
Data: 23/01/2016
Gols: Bruninho e Mohá (CSA); Marinho (Mais Brasil).
Árbitro: Everaldo José Amaral
Assistente: Adir Andrade e Jonas José dos Santos
Representante: Holair Mattos

CSA: Jay, Nathan (Junior), Sapo, Diego e Zandro; Peterson, Boca, Mohá, Zaroio (Daniel) e Bruninho; Hiorann (Side). Técnico: Tiago Vidal.

Mais Brasil: Neguinho, Marinho (Tchotcho), João Molinari, Osmar Marochi e Wágner; Alex, Erick (Spak), Gustavo (Dedé) e André (Pascoal); Fábio Bedin (Maycon) e Diego Molinari (Diogo). Técnico: Sidnei Chaves

Ex-jogador profissional com passagens pelo Iraty e futebol árabe, Mohmad Reda, mais conhecido como Mohá, foi decisivo na primeira partida da final do Campeonato Varzeano de Irati. O meio-campista marcou um gol de cabeça aos 46 minutos do segundo tempo, que decretou a vitória de virada do Conjunto Santo Antônio (CSA) sobre o Mais Brasil em confronto realizado na tarde de sábado, 23, no estádio Municipal Abrahm Nagib Nejm.

O triunfo deixou o CSA perto da conquista do título inédito. Para levantar a taça, o time comandado por Tiago Vidal precisa apenas de um empate no jogo de volta, que acontecerá no próximo domingo, 31, no estádio Municipal. Já o Mais Brasil precisa de uma vitória por qualquer placar para levar a decisão para a prorrogação. O saldo de gols não é critério de desempate no Campeonato Varzeano. Se houver empate na prorrogação, que será disputada em dois tempos de 15 minutos, o campeão será conhecido nos pênaltis.

Jogo

Antes do jogo, foi respeitado um minuto de silêncio em homenagem ao desportista Alexandre de Godoy Rocha, que morreu na sexta-feira, 22, aos 45 anos. Quando a bola rolou, o CSA priorizou o setor ofensivo e pouco atacou nos primeiros minutos. Já o Mais Brasil também teve dificuldades para armar jogadas e praticou não levou perigo ao time adversário. A falta de inspiração dos dois times deixou a partida sonolenta.

O jogo esquentou a partir da metade do primeiro tempo. O CSA quase chegou ao primeiro gol em duas oportunidades. Em um dos lances, Bruninho cruzou para a área e quase enganou Neguinho. O goleiro do Mais Brasil fez boa defesa em outra jogada de Bruninho, que foi a linha de fundo e tentou servir o atacante Hiorann.

Depois de quase sofrer o gol, o Mais Brasil despertou e finalmente conseguiu encontrar espaço na defesa do CSA. Diego Molinari recebeu de Fábio Bedin e chutou próximo da meta de Jay. Logo depois, Jay evitou o gol de André. Em cobrança de escanteio, o atleta do Mais Brasil desviou de cabeça, mas parou no camisa 1 do CSA. A “blitz” do Mais Brasil deu resultado. Aos 34 minutos, Marinho recebeu de Erick e bateu forte sem chances para o goleiro Jay. Assim o primeiro tempo terminou com a vitória do Mais Brasil por 1 a 0.

Após o intervalo, o CSA deixou de lado a postura defensiva, que adotou durante boa parte no primeiro tempo. A estratégia deu resultado e o time chegou ao empate. Em uma cobrança de falta de Mohá, Bruninho aproveitou a saída errada de Neguinho para tocar para o gol vazio e igualar o duelo.

Com o jogo empatado, os dois treinadores mexeram em suas equipes com o objetivo de aumentar a velocidade no setor ofensivo e melhorar a troca de passes. Porém, os jogadores não mostraram muita criatividade e poucas jogadas de perigo foram criadas.

Mesmo com o elenco reduzido, já que estava com seis desfalques, o CSA encontrou forças e chegou ao triunfo no fim da partida. Daniel, que havia entrado na partida pouco antes, fez cruzamento para a área e encontrou Mohá, que desviou de cabeça sem chances para Neguinho. O gol aos 46 minutos do segundo tempo coroou a dedicação dos atletas do CSA, que contava apenas com 14 atletas a disposição para o jogo.

CSA teve seis desfalques

Para a segunda partida da final do Campeonato Varzeano, o CSA deverá ter o retorno de seis atletas. Edson Junior, Mailson e Rosinha não entraram em campo no primeiro jogo da final, pois estavam suspensos, enquanto que Juan, Rafa e Luiz Matheus tiveram outros compromissos e também não atuaram.

Fotos: Tadeu Stefaniak

{album}

Comentários

Enquete

Você acha que existe um grande número de pessoas que recebem aposentadoria sem ter contribuído o suficiente?

  • Não
  • Sim
Resultados