Futebol / Esportes

21/01/12 - 10h15 - atualizada em 22/01/12 às 08h51

Em jogo de oito gols, Independente e Vila Maria inauguram iluminação de estádio de Rio Azul

O resultado de 4 a 4, foi o que menos importou para a população rio-azulense, que pode comemorar a inauguração da iluminação do Estádio Orestes Pallú

Rodrigo Zub

A secretaria de Esportes de Rio Azul organizou a festa e os jogadores proporcionaram um grande espetáculo dentro de campo. Foi assim, que Independente de Rio Azul e Vila Maria de Rebouças agraciaram o torcedor com um jogo emocionante. Oito gols, belas jogadas e grandes defesas dos goleiros. O resultado de 4 a 4, no amistoso festivo que aconteceu na noite de ontem, no estádio Orestes Pallú, foi o que menos importou para a população rio-azulense.  A inauguração da iluminação do estádio, sem dúvida, será motivo de festa desde o menino até o desportiva dedicado, que terão mais uma opção de lazer em sua cidade.

{album}

Jogo

Enquanto o bonequinho da Najuá fazia a alegria das crianças fora de campo, Edimar entrava para história do estádio Orestes Pallú. Aos 3 minutos do primeiro tempo, ele recebeu na entrada da grande área e soltou a bomba de fora da área sem chances para o goleiro Hamilton. Porém, os visitantes não tiveram pouco tempo para comemorar. Dois minutos depois, Elói recebeu na pequena área e foi derrubado na área. Black bateu forte no canto direito de Neguinho e deixou tudo igual no placar.

Depois disso, o Vila Maria comandou as ações do jogo, principalmente com jogadas pelo esquerdo do campo, com Orlando e Genilson. Aos 12, Chacal recuperou a bola no lado esquerdo, passou pela marcação e chutou para grande defesa de Hamilton.
Pouco depois, o Vila Maria teve outra oportunidade com Edimar, mas ele desperdiçou a cobrança de falta arrematando sobre o gol rio-azulense.

Os donos da casa apostavam nos contra golpes e foi assim que conseguiram a virada aos 19 minutos. Putty fez belo lançamento para a área e Reinaldo subiu entre os zagueiros para desviar levemente para o fundo das redes. O torcedor ainda comemorava o segundo gol quando mais um pênalti foi marcado pelo árbitro Elcio de Jesus Fernandes. Desta vez, Crentinho foi derrubado por Chupin. Novamente Black partiu para a cobrança e mandou para o fundo do gol.

Porém, o grande lance do jogo foi proporcionado pelo meio-campista Crentinho, do Independente. Ele recebeu no lado direito, passou por dois marcadores, aplicou um chapéu em um deles, invadiu a área e chutou forte sem chances para o goleiro Neguinho.

Após o quarto gol, o Independente continuou comandando as ações do jogo. Crentinho quase fez o quinto aos 39 minutos, mas parou em Neguinho, que fez bela defesa.

No último lance de perigo do primeiro tempo, aos 43 minutos, Blacke chutou a direita de Neguinho.

Na raça, Vila Maria busca empate

Com três gols de vantagem, o Independente iniciou o segundo tempo recuado aguardando por uma chance de definir o jogo em um contra-ataque. Já o Vila Maria, partiu para o ataque em busca do prejuízo. Foram várias chances de gol desperdiçadas. Hamilton apareceu como grande herói do Independente. Ele apareceu pelo menos em três oportunidades para salvar os donos de casa de sofrer o segundo gol.

No entanto, aos 12 minutos não teve jeito. Everton cobrou falta com categoria e descontou para o Vila Maria. O gol despertou o Independente, que voltou a assustar o goleiro Neguinho. Primeiro com Fabinho que chutou de fora da área próxima à meta do arqueiro reboucense. Instantes depois, Miguel fez boa jogada pela direita e cruzou para Black que chutou sobre o gol.

Justamente no momento que estava melhor na partida, o Independente foi surpreendido pelos visitantes. Aos 34 minutos, Edimar chutou de fora da área, Hamilton rebateu e a bola sobrou limpa nos pés do capitão Dener, que só teve o trabalho de empurrar para as redes.

O gol colocou fogo no jogo. As entradas de Alisson e Juninho deram novo animo ao Vila Maria, que partiu pra cima em busca do empate. Aos 42 minutos, o esforço foi recompensado. Edimar foi ao fundo e cruzou para o zagueiro Coelho, que chutou no ângulo sem chances para Hamilton, que apenas observou a bola no fundo das redes.

No final, o empate ficou de bom tamanho para as duas equipes que fizeram um grande espetáculo digno da grande festa organizada pela Prefeitura de Rio Azul.

Ficha Técnica:
Independente 4x4 Vila Maria
Estádio: Orestes Pallú, em Rio Azul
Cartão amarelo: Orlando (Vila Maria)

Independente: Hamilton; Huk (Celson), Vilson, Reinaldo (Angelo) e Biro (Miguel); Bigode, Serginho (Denilson), Putti (Fabinho) e Crentinho (Eani); Blacke (Misael) e Elói (Wemerson); Técnico: Tiope

Vila Maria: Neguinho; Ricardo (Alisson), Coelho, Chupin e Orlando; Dener, Juninho, Chacal e Genilson (Emerson); Edimar e Elcio (Dan). Técnico: Tilápia

Comentários