Futebol / Esportes

02/05/19 - 02h16 - atualizada em 02/05/19 às 12h07

Iraty perde oitavo jogo na segundona

Azulão foi derrotado pelo Paranavaí, por 4 a 2, na região Noroeste do Estado. Já rebaixado, Iraty ainda não venceu na competição

Rodrigo Zub, com fotos de Adronio Miguel e ACP/Facebook


O Iraty segue sem vencer na 2ª divisão do Campeonato Paranaense. O Azulão sofreu a oitava derrota na competição diante do Atlético Clube Paranavaí, o ACP, por 4 a 2, no estádio Waldemiro Wagner, em Paranavaí, na tarde de quarta-feira, 1º, feriado do Dia do Trabalhador.

Da mesma forma que aconteceu em jogos anteriores atuando fora de casa, o Iraty viajou no dia da partida para a região Noroeste do Estado. Dessa vez, 13 atletas foram relacionados. As novidades foram as estreias do goleiro Clebio e do meio-campista Vinicius.

O Paranavaí definiu a vitória no primeiro tempo. Pará abriu o placar aos 26 minutos cobrando pênalti. O camisa 10 do “Vermelhinho” bateu no meio do gol e tirou do arqueiro do Azulão que pulou para o seu lado direito. Léo Assis ampliou três minutos depois. O terceiro foi marcado por Alan, aos 42 minutos, novamente em cobrança de pênalti. No lance, o lateral do ACP bateu no lado esquerdo de Clebio, que adivinhou o canto, mas não conseguiu defender. No segundo tempo, o lateral-esquerdo Niedson descontou aos 10 minutos e encerrou o jejum do Azulão, que não marcava um gol há cinco partidas. Michael fez o quarto do Paranavaí, aos 29 minutos. Romário fez o segundo do Iraty, aos 42 minutos, definindo o placar final de 4 a 2 a favor do Paranavaí.

PUBLICIDADE

O treinador do Azulão, Wagner Oliveira, começou a partida com: Clebio, Willian, Charles, Wellington e Niedson; Mauricio, Lucas, Vagner Quati e Matheus; Breno e Romário. No segundo tempo, o estreante Vinicius entrou no lugar de Lucas. Jeverson ficou no banco de reservas, mas não foi utilizado.

Já o Paranavaí jogou com Leonardo, Alan, Fabrício, Hiago e Leonardo; Cleverson, Lucas dos Santos (Bruno), Pará e Léo Assis (Paulo Barbosa); Lucas Pesce e Alex (Michael). O técnico do ACP é Reinaldo Adriano Rodrigues.

O árbitro Jeferson Fernando Ribeiro, de Rolândia, aplicou dois cartões amarelos para Leonardo do ACP e Breno do Iraty. A equipe de arbitragem ainda teve os assistentes Fábio Ferreira Santiago, de Querência do Norte, e Vinicius Martinelli Gomes, de São Pedro do Paraná. O quarto-árbitro foi Rayder Rodrigo Nogueira Basso, de Nova Esperança. O avaliador foi Ronaldo Parpinelli, de Marialva, e o delegado Otávio Cesar Landim, de Nova Esperança.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Texto continua após a publicidade

PUBLICIDADE

Incidente envolvendo ambulância atrasou início do jogo

Conforme relato na súmula do árbitro, a partida começou com dez minutos de atraso em função de um incidente envolvendo a ambulância que ficou no estádio Waldemiro Wagner para atender os atletas das duas equipes em caso de necessidade. O veículo colidiu na parede do estádio e só entrou no campo de jogo às 15h40.

Com a derrota, o Iraty segue em último lugar da segundona com pontuação negativa, pois foi punido pela escalação irregular de jogadores na primeira rodada contra o União. O Azulão tem menos três pontos e já está matematicamente rebaixado para a terceira divisão. Já o ACP é o penúltimo colocado com sete pontos. O “Vermelhinho” também perdeu pontos em julgamento realizado na terça-feira, 30, no Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD/PR), pelo mesmo motivo do Iraty. Outro time punido foi o PSTC, que também jogou com atletas irregulares na estreia da segunda divisão. Iraty e PSTC perderam três pontos, pois foram derrotados nos jogos contra União e Apucarana Sports, por 4 a 3 e 5 a 1, respectivamente. Já o ACP perdeu quatro pontos (três em função da punição e um relativo ao empate sem gols diante do Batel na primeira rodada).

PUBLICIDADE

Outros jogos da rodada

Mais quatro jogos movimentaram a penúltima rodada da primeira fase da segundona. O Prudentópolis, outro representante da região na competição, empatou em 0 a 0 contra o Batel, no estádio Waldomiro Gelinski, em Guarapuava. Após a partida, o técnico do “Prude", Wagner Andrade, pediu demissão. O time da região Sudeste chegou ao terceiro jogo sem vitória e ainda está ameaçado de rebaixamento. Com dez pontos, o “Tigre” é o sétimo colocado. Já o Batel ocupa o quarto lugar com 12 pontos e já está garantido na próxima fase. Nas outras partidas, o PSTC venceu o Rolândia, por 2 a 0, no estádio Municipal Ubirajara Medeiros, em Cornélio Procópio, o Apucarana Sports derrotou o Independente São-Joseense, pelo placar de 2 a 1, no estádio Municipal Olímpio Barreto, em Apucarana, e União e Nacional empataram em 2 a 2, no estádio Anilado em Francisco Beltrão.

Classificação

Na classificação da segunda divisão, o Independente está na liderança com 17 pontos. O União é o segundo com 15 pontos. O PSTC é o terceiro colocado com 13 pontos. O Batel possui 12 pontos. Nacional e Rolândia somam 11 pontos. O Prudentópolis está em sétimo lugar com dez pontos. O Apucarana Sports fecha o G-8 com 9 pontos. Paranavaí com sete pontos e Iraty com menos três pontos estão na zona de rebaixamento.

PUBLICIDADE

Próximos jogos

Na última rodada da primeira fase, o Iraty recebe o Apucarana, no estádio Municipal Abrahm Nagib Nejm, no domingo, 5, às 15h30. No mesmo dia e horário acontecem os outros jogos da rodada. No estádio Newton Agibert, o Prudentópolis encara o Nacional. Independente e União jogam no estádio do Pinhão, em São José dos Pinhais. No estádio Erich Georg, em Rolândia, o Rolândia enfrenta o Paranavaí. Já em Cornélio Procópio, o PSTC joga contra o Batel.


Comentários