Futebol / Esportes

11/11/19 - 21h32 - atualizada em 11/11/19 às 22h01

Jogo das Estrelas termina com goleada em Irati

Confronto entre Amigos do Velloso e Viola contra o Baixa Renda, de Rebouças, terminou com goleada do time dos ex-profissionais por 5 a 2.

Paulo Henrique Sava

Fotos: Juarez Oliveira


Os ex-jogadores Viola e Velloso, que fizeram história no futebol na década de 90, reuniram um grupo de amigos, formado por ex-atletas profissionais e esportistas de Irati e região para um jogo amistoso. O evento, denominado “Jogo das Estrelas”, foi realizado na tarde de sábado, 09, no Estádio Municipal Abrahm Nagib Nejm.

O confronto entre Amigos do Velloso e Viola contra o Baixa Renda, de Rebouças, terminou com goleada do time dos ex-profissionais por 5 a 2. A partida teve transmissão exclusiva da Super Najuá, em parceria com o Jornal Irati In.

No primeiro tempo, a equipe dos ex-jogadores impôs seu ritmo de jogo. Logo aos 7 minutos, Edson Gaedicke abriu o placar. Na sequência, Juarez Miguel ampliou aos 10 minutos e 30 segundos. Ademir descontou para a equipe reboucense, fazendo 2 a 1 aos 20 minutos. Um minuto depois, Viola invadiu a área e foi derrubado. O árbitro Vilson Batista marcou pênalti. O próprio Viola chutou para fora.

Na segunda etapa, Sandro aumentou a vantagem dos Amigos do Velloso e Viola, fazendo 3 a 1 aos 5 minutos. Pouco depois, Quarentinha foi derrubado dentro da área. Viola bateu e converteu, fazendo 4 a 1. Três minutos depois, o atacante Lucas diminuiu a vantagem, fazendo o segundo gol dos reboucenses.

No final da partida, após cruzamento da direita, o ex-jogador Alex Dias bateu de primeira, a bola tocou na trave e entrou, fazendo 5 a 2 para os Amigos do Velloso e Viola.

PUBLICIDADE

CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS PELO WHATSAPP

Conversa com ex-jogadores

Após a partida, nossa reportagem conversou com o ex-goleiro Velloso, que iniciou sua carreira como profissional no Palmeiras em 1989. Em 92, ele chegou a defender as cores do Santos, mas voltou ao Palmeiras no ano seguinte. Em 1994, participou da conquista do bicampeonato brasileiro pelo alviverde. Ele também ajudou o time nas conquistas da Copa do Brasil e da Copa Mercosul (atual Copa Sul-Americana) de 1998. O jogador deixou o clube no início de 1999. Depois, ele jogou até 2005 no Atlético Mineiro. Na sequência, o ex-goleiro tentou a carreira como técnico em alguns times de menor expressão, até ser contratado como comentarista do Grupo Bandeirantes de Comunicação.

Durante a entrevista, Velloso enalteceu a movimentação das duas equipes durante a partida. “Eu achei um jogo divertido, foi bom, movimentado, conseguimos fazer muitos gols, com o Viola e o Alex [Dias] ainda com muita qualidade técnica. É claro que a parte física está comprometida porque ninguém aqui tem 20 anos, mas mesmo assim eles conseguiram se movimentar bem. Quem apareceu aqui gostou do que viu e pode ver um pessoal que fez história no futebol brasileiro. Conseguimos realizar aquilo que propusemos: proporcionar um bom jogo para quem veio nos prestigiar”, comentou.

PUBLICIDADE

Viola, que iniciou sua carreira como profissional no Corinthians em 1988, teve passagens pelo Palmeiras, Santos, Vasco, Guarani, Juventus e Valencia, da Espanha, para onde se transferiu em 1995. Porém, como não conseguiu se adaptar à nova rotina, voltou ao futebol brasileiro em 1996. Antes disso, em 1994, ele fez parte da equipe que conquistou o tetracampeonato mundial de futebol pela Seleção Brasileira nos Estados Unidos.

À nossa reportagem, Viola comentou que fazer uma festa como a de sábado é um orgulho muito grande. “Agora que deixamos o profissionalismo de lado, é sempre um orgulho para nós estarmos em uma cidade que não é tão grande, mas encontramos pessoas de coração maior ainda e ficamos extremamente felizes. Meus agradecimentos a todos, estou muito contente e feliz por poder te feito esta partida e um gol. O resultado é independente porque a outra equipe foi à frente, teve as suas oportunidades, fez gols, mas quando se fala que tem Viola, Neto Careca, Alex Dias e Velloso do outro lado, isto assusta qualquer adversário”, pontuou.

Além de Velloso e Viola, outros ex-atletas que atuaram foram: Valdeci (ex-jogador do Iraty Sport Club), Embu (que jogou pelo Corinthians, Coritiba e Santa Cruz) e Alex Dias (com passagens pelo Cruzeiro, Vasco, São Paulo, Fluminense, Goiás, Paris Saint-Germain e Saint Étienne, ambos da França). Neto Careca, que é amigo de Alex Dias e continua atuando no futebol profissional, também participou do jogo amistoso.

Ficha técnica 

Amigos do Velloso e Viola 5x2 Baixa Renda 

Gols: Edson Gaedicke, Juarez Miguel, Sandro, Viola e Alex Dias (Amigos); Ademir e Lucas (Baixa Renda)

Cartões Amarelos: Marquinhos e Laércio (Baixa Renda)

Amigos do Velloso e Viola: Velloso; Edson Gaedicke, Vanderlei Kawa, Edson Ledesma e Valdeci; Quarentinha, Josemar, Juarez Miguel e Alex Dias; Viola e Embú. Entraram durante a partida Neto Careca, Coutinho, Dimas, Sandro e Rodrigo Zub.

Baixa Renda: Risco; Rafael Ruteski, Ademir, Jader e Anderson; Giovani, Rêgi, Laércio e Fernando; Bê e Marquinhos. Entraram durante o jogo Natanael, Jé Macedo, Plínio, Lucas, Fábio, Márcio e Norlei.

Árbitro: Vilson Batista

Assistentes: Marcelo Konopka e Guilherme Ribeiro

Representante: Yasmin Batista


Comentários