Futebol / Esportes

14/12/14 - 22h35 - atualizada em 15/12/14 às 11h00

Mais Brasil conquista penta do Varzeano

Título deste ano foi conquistado nos pênaltis contra o Monterrey. Segunda partida da final terminou empatada no tempo normal e na prorrogação
Rodrigo Zub

A equipe do Mais Brasil conquistou pela quinta vez o Campeonato Varzeano de Irati. O título deste ano foi alcançado após decisão nos pênaltis contra o Monterrey. Na segunda partida da final realizada na tarde de sábado, 13, no estádio Emílio Gomes, que teve transmissão da Rádio Najuá AM 990, as duas equipes empataram por 1 a 1 no tempo normal. Como a prorrogação terminou sem gols, a disputa foi para as penalidades.

No jogo de ida da decisão disputado na quarta-feira, 10, Monterrey e Mais Brasil empataram por 2 a 2 no estádio Municipal.

No jogo de sábado, 13, Fábio Bedin colocou o Mais Brasil em vantagem aos 9 minutos do primeiro tempo. O Monterrey só conseguiu o empate no segundo tempo com um gol contra de Osmar.

Na prorrogação, Alex foi expulso logo aos 2 minutos do primeiro tempo. Mesmo com um jogador a mais durante 28 minutos, o Monterrey não conseguiu marcar o gol que daria o título inédito para a equipe formada neste ano. O herói do Mais Brasil no tempo-extra foi o goleiro Neguinho, que defendeu um pênalti cobrado por Douglas, aos 8 minutos do primeiro tempo da prorrogação.

Na disputa de pênaltis, Elison abriu a série para o Monterrey. O zagueiro não conseguiu converter a cobrança defendida pelo goleiro Neguinho. Guga poderia colocar o Mais Brasil em vantagem, mas também desperdiçou. Ele chutou para fora. Na segunda cobrança, Padrinho fez para o Monterrey e Bisqui empatou para o Mais Brasil. Marcelinho chutou para fora a terceira cobrança do Monterrey. Na sequência, Erick fez o segundo do Mais Brasil, que ficou pela primeira vez na frente do marcador. Na quarta cobrança, Gil ainda deu esperanças para o Monterrey ao empatar em 2 a 2. Porém, Tchotcho marcou para o Mais Brasil e deixou o time próximo do título. Com a responsabilidade de marcar para evitar que o adversário levantasse a taça, Douglas não decepcionou e fez o terceiro do Monterrey. Com isso, a decisão ficou nos pés de Ricardinho. Último cobrador do Mais Brasil, ele não desperdiçou a oportunidade e definiu a partida com o placar de 4 a 3 nos pênaltis.

Confira as imagens da decisão na lente de Claudinei Peppe

{album}

Ficha Técnica:
Mais Brasil 1 x 1 Monterrey (4 a 3 nos pênaltis)

Árbitro: Vilson Batista
Auxiliares: José Zavoiski e Cleverson Heimovski
Representante: Sonia Mitz
Cartões amarelos: Marinho, Osmar, André, Spak e Alex (Mais Brasil); Menon, Gil, Danilo e Andriel (Monterrey).
Cartão vermelho: Alex (Mais Brasil).

Monterrey: Paulinho, Ico, Marcelinho, Elison e Itio; Lamerson (Menon), Gil (Heitor), Douglas e Danilo (Padrinho); Duda (Parazinho) e Andriel (Cid). Técnico: Zezão.

Mais Brasil: Neguinho, Marinho, Tchotcho, Osmar e Spak (Gerva), Alex, Erick, André (Bisqui) e Maicon (Diogo); Fábio Bedin (Guga) e Pascoal (Ricardinho). Técnico: Sidnei Chaves.

Saiba Mais

Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados