Futebol / Esportes

22/07/11 - 01h26 - atualizada em 22/07/11 às 08h43

Mesmo sem confirmação oficial, Ge Castilho entende que Iraty terá time profissional em 2012 e que atual presidente irá continuar investindo no clube

“Ouve-se muito comentar, que o Iraty vai fazer uma equipe profissional para cair. Não existe isso, se fosse para cair seria a mesma coisa que a gente tivesse pegando o dinheiro do Sérgio e jogando no lixo. Se ele tivesse intenção de cair não ia jogar o dinheiro dele fora, gastar R$ 100, 200 mil, 250 mil mensal pro time cair”, disse Castilho durante entrevista no Programa Show de Bola.
Rodrigo Zub

Durante participação no Programa Show de Bola, o preparador físico do Iraty, Ge Castilho comentou sobre a atual situação do futebol profissional do Azulão.

Malucelli deverá concorrer novamente ao cargo de presidente do Iraty na próxima eleição do clube que aconte em novembro
Castilho revela que na verdade não existe nenhuma informação concreta se o Iraty irá ou não disputar a edição do Paranaense de 2012. O único fato já consumado até o momento é que haverá eleição em novembro para escolha do novo presidente do clube para o biênio 2012-2013. De acordo com informações de bastidores, o atual presidente Sérgio Malucelli deverá se candidatar ao pleito, o que mostra que ele não irá deixar de investir no Iraty, mesmo que o Londrina consiga uma vaga na elite do futebol paranaense. “A informação que a gente tem através do diretor o Sr. Geraldo [Campagnoli], é que ele seria candidato novamente há mais dois anos, na gestão do Iraty, montaria uma equipe lá e uma equipe aqui”, informou Castilho.

Atualmente o Londrina disputa a 2ª Divisão do Campeonato Paranaense e já está garantido no quadrangular final em função de ter sido o campeão do 1º turno da competição. Por esse motivo, existe uma grande possibilidade das duas equipes administradas pelo atual presidente do Iraty, disputarem a divisão de elite em 2012. Perguntado sobre qual dos dois clubes pode ter prioridades em relação à contratação de reforços e investimentos, caso este fato se concretize, o preparador físico do Azulão afirmou que isto é muito relativo dependendo de questões, como por exemplo, o valor que será disponibilizado aos times através de patrocinadores ou contratos com a rede de televisão detentora dos direitos de transmissão da competição. Mesmo assim, Castilho entende que podem ser formadas duas grandes equipes com condições de disputar as primeiras posições na disputa do Estadual do ano que vem.

“Em nível de investimento não poderia dizer qual seria melhor, com certeza seriam investimentos diferentes porque cada os times não tem recursos iguais. Também temos que mencionar que em momento algum, se fosse montar uma equipe profissional aqui, montaria-se uma equipe fraca pra cair. Ouve-se muito comentar, que o Iraty vai fazer uma equipe profissional para cair.  Não existe isso, se fosse para cair seria a mesma coisa que a gente tivesse pegando o dinheiro dele e jogando no lixo, porque ele vai investir quanto para jogar uma primeira divisão para cair”, questiona Castilho.

O desejo de manter os investimentos no clube fica claro, na opinião de Castilho com a participação da equipe na Copa Tribuna Sub-18 (competição que o Iraty irá disputar a partir do mês de agosto), pois de acordo com o Estatuto da Federação Paranaense de Futebol (FPF), órgão máximo do futebol no Estado, todos os clubes filiados necessitam disputar pelo menos uma competição de base durante o ano.

Para Castilho, atual presidente não iria gastar um valor elevado para disputar uma competição para simplesmente ser rebaixado para a 2ª divisão
“Se ele tivesse intenção de cair não ia jogar o dinheiro dele fora, gastar R$ 100, 200 mil, 250 mil mensal pro time cair, é muito mais fácil ele não disputar, por isso eu acredito que se uma equipe for montada mesmo, não vai ter nada disto, vai ser equipe para disputar pra valer a competição”, conclui.


Comentários