Futebol / Esportes

08/03/12 - 00h01 - atualizada em 08/03/12 às 23h55

Operário é goleado em casa e dá vexame na 1ª participação na Copa do Brasil

Fantasma foi derrotado por 4 a 0 pelo Juventude. Como venceu por mais de dois gols de diferença fora de casa, o time de Caxias do Sul já eliminou a necessidade da partida de volta, conforme estipulado no regulamento da Copa do Brasil
Rodrigo Zub

2012 tinha tudo para ser um ano histórico para o Operário. No dia 1º de maio, o clube completa 100 anos de história. Porém, a realidade dentro de campo tem sido um verdadeiro “Fantasma” para os torcedores. Em 14 jogos no ano foram apenas três vitórias. Nesta noite, mais uma vez o time deu vexame e foi eliminado da Copa do Brasil depois de ser goleado em pleno Estádio Germano Kruger, pelo Juventude/RS.
        
Operário não viu a cor da bola e foi eliminado logo na estreia na competição


Pela primeira vez disputando a competição que chega a sua 23ª edição em 2012, a equipe ponta-grossense foi presa fácil para os gaúchos que construíram o placar com tranquilidade. Jonatas Belusso marcou duas vezes na etapa inicial e abriu boa vantagem para os visitantes. No segundo tempo Léo Maringa e depois Jonatas Belusso novamente definiram a vitória por 4 a 0 do Juventude.

Como venceu por mais de dois gols de diferença fora de casa, o time de Caxias do Sul já eliminou a necessidade da partida de volta, conforme estipulado no regulamento da Copa do Brasil.

Após a eliminação precoce resta ao Operário concentrar forças no Campeonato Paranaense. No próximo domingo, 12, o time volta a campo para enfrentar o Roma, em Apucarana. Já o Juventude terá pela frente na segunda fase da Copa do Brasil, o vencedor de Cuiabá/MS e Portuguesa/SP.

Comentários