Futebol / Esportes

21/10/19 - 16h47 - atualizada em 22/10/19 às 11h35

Rio Preto/Canarinho conquista título do Campeonato Rural nos pênaltis

Equipe venceu o Central de Gonçalves Júnior nos pênaltis por 5 a 3. Esta foi a primeira decisão realizada em Gonçalves Júnior

Paulo Henrique Sava, com informações da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação de Irati

Fotos: Élcio de Jesus Fernandes


A equipe do Rio Preto/Canarinho conquistou o título da 2ª edição do Campeonato Rural de Futebol Suíço ao derrotar nos pênaltis o Central por 5 a 3 na tarde deste domingo, 20, em Gonçalves Júnior. Esta foi a 1ª decisão de futebol realizada na comunidade em 118 anos.

No primeiro jogo, realizado no dia 05 de outubro no campo do Adão Cordeiro, em Arroio Grande, o Rio Preto/Canarinho havia vencido por 2 a 0 e tinha a vantagem do empate na volta. 

Neste ano, a organização da competição homenageou Edgar Specht, que atuou desde 1983 no futebol amador da região, tendo sido campeão amador e disputado a Taça Paraná pelo time da Associação Atlética J.J, da comunidade de Bracatinga, município de Prudentópolis, onde atuou entre os anos 1990 e 2000. Em Irati, ele e o professor Hélio de Mello foram os responsáveis pela montagem do time do Rio do Couro, que atualmente disputa apenas amistosos. 

A partida foi disputada em dois tempos de 30 minutos cada. No primeiro tempo, Jociel abriu o placar de cabeça para o Central logo a 01 minuto e 40 segundos, após cruzamento na área. Em seguida, Neguinho empatou para o Rio Preto a 06 minutos e 40 segundos. Aos 14 minutos, Aroldo recebeu cruzamento na área e chutou forte no canto esquerdo do goleiro Igor, fazendo 2 a 1 para o Central.

Na segunda etapa, Eleandro marcou duas vezes e fechou o placar em 4 a 1 para o Central, o que levou a disputa para os pênaltis, convertidos para o Rio Preto por Jackson, Betinho, Douglas, Nei e Nego. O goleiro Igor defendeu a cobrança de Fernando, do Central, e fechou o placar em 5 a 3, garantindo o título da competição.

Após a partida, Edgar Specht agradeceu por ter sido homenageado. “Agradeço a Deus por ter a oportunidade de vir e participar de uma homenagem desta. Graças a Deus existem pessoas que lutam pelo futebol. Tomara que todas as decisões sejam como esta de hoje, disputada sem brigas, que o nosso futebol não se tornasse uma guerra. Parabéns ao campeão”, declarou.

PUBLICIDADE

César, técnico do Rio Preto/Canarinho, enalteceu a conquista, mas lamentou a derrota da equipe no tempo normal. “Fizemos a nossa parte em casa e aqui o time deixou a desejar, mas nos pênaltis nós conquistamos (o título)", frisou.

Depois da cerimônia de premiação, os dois times finalistas se uniram e deram a volta olímpica com as taças de campeão e vice. Edílson Santos, dirigente do time do Arroio Grande, eliminado nas quartas de final, elogiou a atitude e ressaltou a importância da retomada do Campeonato Rural em Irati. “Esta é a importância do meio rural, e acho que temos que continuar porque temos atletas como o Fernando e a criançada jogando bola. O meio rural tem que ser respeitado. Temos gente para jogar bola”, frisou.

Fernando, jogador do Central, destacou a disciplina das duas equipes nas partidas decisivas. “É isto o que importa. No 1º jogo da final, disputado no Arroio Grande, não teve cartões amarelos. Este é um exemplo de que o que importa é o futebol bem jogado, com vontade, sem intrigas. Todos querem ganhar na raça, mas sem transformar o jogo em uma guerra”, pontuou.

PUBLICIDADE

CLIQUE AQUI E RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS PELO WHATSAPP

Ficha técnica

Central 4x1 Rio Preto/Canarinho

Pênaltis: 5 a 3 para o Rio Preto/Canarinho

Gols: Jociel, Aroldo e Eleandro (2) (Central); Neguinho (Rio Preto/Canarinho)

Pênaltis: Jackson, Betinho, Douglas, Nei e Nego (Rio Preto/Canarinho); Jociel, Eleandro e Carijó (Central). Fernando desperdiçou a cobrança

Cartões amarelos: Jociel (Central); Felipe Machinski e Nei (Rio Preto/Canarinho)

Central: Deco; Carijó, Lucão, Aroldo, Jociel, Fernando e Eleandro. Entraram durante a partida Sérgio Maneira, Felipe e Élcio. Técnico: Eliseu Pereira

Rio Preto/Canarinho: Igor; Nego, Jackson, Nei, Neguinho, Laércio e Douglas. Entraram durante a partida Felipe Machinski, Cleisson e Betinho. Técnico: César

Árbitros: Fábio Luiz Baitala e Valdecir Ferreira, de Inácio Martins.

Representante: Regineia de Assis.

PUBLICIDADE

Resumo do Campeonato Rural De Futebol Suiço “Edgar Specht”

Classificação final: 1º lugar:- Rio Preto/Canarinho; 2º Lugar:- Central De Gonçalves Júnior ; 3º Lugar: - Faxinal Dos Neves 4º Lugar:- Kanarski E Amigos

Equipes participantes: Rio Preto/Canarinho, Central De Gonçalves Júnior, Faxinal Dos Neves, Pinheiro Machado, Kanarski E.A., Kanarski Veteranos, Arroio Grande, Pinho De Cima, A.A. Pinho De Baixo, Linha Pinho, Colonia Central, Entre Amigos Alvorada, Araras Do Pirapó, Juventude Rio Dos Cochos e Cruzeiro Da Coloninha.

Total de equipes: 15

Total de atletas inscritos: 218

Total de dirigentes inscritos: 24

Jogos realizados: 61

Gols assinalados: 304

Média de gols por partida: 4,9 gols

Ataque mais positivo: Rio Preto/Canarinho, com 38 Gols Assinalados

Principais artilheiros: Willian F.V. De França (Arroio Grande) com 13 Gols Marcados.

Defesa menos vazada: Rio Preto/Canarinho, com 12 Gols Sofridos

Goleiro menos vazado: Igor Andrade (Canarinho/Rio Preto), com 12 Gols Sofridos

Cartões amarelos apresentados: 144

Cartões vermelhos apresentados: 20

Equipe mais disciplinada: Central De Gonçalves Júnior, com 9 cartões amarelos e nenhum vermelho

Locais utilizados para a competição: Estádio Elvino Laroca (Pinho De Baixo), Campo Do Central (Gonçalves Júnior), Campo Do Sergio Chicaski (Pinheiro Machado), Campo Do Olaria Faxinal, Campo Suiço Do Edgar Specht Faxinal Do Rio Do Couro, Campo Do Rio Dos Cochos, Campo Do Adão Cordeiro Ecampo Do Adão Barbosa (Arroio Grande), Campo Do Mero (Linha Pinho), Estádio Edgard De Andrade Gomes (Guamirim).


Comentários